sábado, 30 de setembro de 2017

Crônica: que babado! Campos Belos apaga velinhas. Arraias sempre presente


Por Andra Ribeiro,

O 63° aniversário de emancipação de Campos Belos merece 10 fatos(opiniões):

1- A cidade já foi "colônia" de Arraias. Sim! 

Era uma fazendinha no meio do nada. Era chamada de Almas, coitadinha! 

Em 1893, duas almas legais, Círiaco Antônio Cardoso e Maria Prima Gasparino Pinheiro, doaram para Nossa Senhora da Conceição uma parte de suas terras. 

Ali, juntou-se outra galerinha mais legal ainda e construi uma capela dedicada à Nossa Senhora. Vários rolês aconteceram, viu? Depois, Campos Belos , ainda uma alma boa, tornou-se uma vila, Distrito. 

E tem mais: Após vários paranauês, o distritinho foi integrado ao Município de Monte Alegre, que na época era conhecido como Chapéu. 

Diz a lenda que muita gente sem amor no coração comemorou a independência em relação à cidade de Arraias, fato que se comemora até hoje.

2- Águas rolaram nesta cidade. Diz-se que o seu nome foi sugerido por um Frei dominicano. Chique, né? Ele achou a região tão bonitinha que não resistiu:

- Um lugar tão lindo desse só pode se chamar Campos Belos, pensou o frei.

3- Religiosamente, Campos Belos sempre foi bem representada. 

A igreja católica foi a primeira semente plantada em suas terras. 

Mas, em 1930, chegou na região o senhor Agripino e, com sua família, o povoado pode conhecer a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

3.1- Conta-se, ainda, que na década de 1950 o pastor norte-americano B. H. Foreman construiu, aqui, uma instituição de ensino privada, a Escola Batista. 

Minha gente, deve ter sido uma revolução e tanto.

Fato é que dizem que o cara, que hoje é nome de uma das ruas importantes da cidade,"foi enterrado do lado de fora do cemitério, que na época situava-se onde hoje se localiza a Rua do Comércio, por não ser batizado na religião Católica." 

Que babado foi esse, heim?

3.2- Dois padres marcaram a história de Campos Belos: Dom Alano com sua humildade e, Padre Magalhães com sua sabedoria. 

Os dois contribuíram "significamente", não somente com as questões religiosas mas também políticas e educacionais. Um salve aos dois!

4- Padre Moreira, hoje Dom Moreira, também é uma lenda na cidade. 

As velhinhas até hoje são apaixonadas pelo seu carisma. Eu, por exemplo, quando criança, achava que ele era Deus vestido de palhaço.

5- Aqui também morou um Anjo. Ele não tinha asas , mas sabia consertar carros e o coração de um bocado de gente. 

Foi prefeito, artista e eu também achava que ele era Jesus. Chorava quando o via morrer nas procissões. 

Chorei quando o vi morrer em um dos dias mais tristes que já vivi aqui.

6- A cultura da cidade é bem diversificada. Aqui não se tem uma personalidade endeusada como em outras cidades. 

Porém, temos poetas, cantores , prosadores conhecidos e desconhecidos. Quem não se lembra dos festivais de música? Um abraço a todos que escreveram essa nossa história...

7- E o futebol? Dos campinhos até ao estádio Xeco muitos gols foram marcados. Verona? Misto? Juventude? Tantos times, tantas alegrias...

8- Os radialistas também foram revolucionários. Quantos desbravadores! Eu não perdia um programa de JL de Queiroz. 

A comunicação sempre foi uma luta por aqui, há quem confirme isso, o nosso jornalista mais lido nos dias atuais, o polêmico Dinomar Miranda.

9- A educação da cidade, apesar do descaso, também tem uma narrativa bonita. E continua produzindo bons frutos...

10- A maior festa é a Pecuária. A segunda é o Carnaval de Arraias. Sim, aquela cidade do início da história.

Emprego: Atento contrata 50 novos operadores de atendimento em Goiânia


A Atento abriu nesta semana 50 novas vagas de emprego para operadores de atendimento em Goiânia, sem necessidade de experiência anterior.

Para se candidatar, é necessário ter concluído o ensino médio, ter bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos de informática e habilidade em digitação.

Além de salário compatível com o mercado, a empresa oferece como benefícios, vale-alimentação, vale-refeição, auxílio creche, auxílio criança especial e todas as especificações da CLT. 

A Atento conta também com parcerias de instituições de ensino em todo País, com descontos em cursos superiores, pós-graduação, MBA, escolas de idiomas e informática.

Para se candidatar, os interessados devem enviar, até 03 de outubro, um e-mail com o currículo, nome, cidade, telefone e DDD, para recrutamento@atento.com.br. Também é possível realizar a candidatura por meio das redes sociais, Facebook (www.fb.com/AtentoRecrutamento) e Telegram (@AtentoRecrutamento). 

Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone 0800 771 4014.

Com informações de o Popular

Jalapão volta a ser destaque no cenário internacional com gravação de reality show americano


A região do Jalapão está novamente sendo cenário de um grande reality show internacional. Desta vez, foram gravadas, na região, duas temporadas do programa Largados e Pelados, da emissora norte-americana Discovery Channel. Uma equipe com cerca de 25 profissionais esteve no local entre julho e agosto.

O reality é de sobrevivência, no qual duas pessoas - um homem e uma mulher – que somente se conhecem no primeiro dia, têm que cumprir tarefas para sobreviver durante 21 dias pelados em um ambiente selvagem, sem roupas e sem utensílios. “Conhecemos o Jalapão desde a gravação do reality Desafio em Dose Dupla [maio de 2016] que produzimos aqui. 

Na época, a Discovery estava buscando locais em áreas altas no Brasil. A gente começou as primeiras pistas com a Chapada dos Veadeiros [GO] e depois de uma pesquisa intensa, verificamos quantas coisas tinham aqui no Jalapão”, contou o produtor executivo da Camelô Produções, empresa de audiovisual responsável pelo reality no Brasil, Igor Olszowski.

Segundo Igor, o apoio recebido do Governo foi fundamental para que o martelo fosse batido e a região escolhida. “Depois de analisar e constatar que o Jalapão preenchia os requisitos que buscávamos, entramos em contato com o Naturatins [Instituto Natureza do Tocantins], explicamos o nosso projeto e eles foram bastante receptivos e solícitos”, elogiou.

Igor Olszowski também avaliou as gravações na área de audiovisual como um importante fator que está fazendo com que a região do Jalapão cresça e se desenvolva. “Na época em que a gente fez o Desafio em Dose Duplaaqui, quase ninguém sabia falar nos Estados Unidos o que era Jalapão. 

A estreia desse programa teve bastante êxito lá e no Brasil, e hoje serve de case para a minha produtora Camelô. Enxergamos o Jalapão com muitas potencialidades e, por isso, tratamos ele como uma espécie de produto para as nossas produções”, assegurou.

O produtor Igor Olszowski contou que, desta vez, a previsão era de gravar apenas uma temporada do reality de sobrevivência no Tocantins, mas que diante da diversidade dos atrativos que a região oferece, a Discovery solicitou a produção de duas temporadas. 

“Aqui, você encontra cenários ótimos e uma equipe muito boa para poder trabalhar. O pessoal tem conhecimento da área e conhecimento técnico para poder auxiliar todo trabalho, que depende não só da captação, mas também da execução”, destacou.

“Vou falar para você sobre um feedback preciso que eu recebi da Discovery Channel Brasil quando estava em São Paulo. 

Fui conversar com a diretora de programação sobre o Desafio em Dose Duplae ela estava bastante feliz com os resultados. Gravamos no Brasil dois episódios do programa, um na região Sul do país e outro no Jalapão. 

O do Jalapão foi escolhido logo como o episódio de estreia. O resultado foi ótimo, tivemos uma das maiores audiências do programa, grande repercussão e impacto”, complementou Igor Olszowski.

Locação

Cineasta há mais de 35 anos, Rob Darwin, produtor de locação da Camelô Produções e sócio de Igor Olszowski, tem ampla experiência quando o assunto são lugares para gravação de programas de aventura. 

Ele já visitou vários lugares do país e do mundo, com participação inclusive do épico filme Anaconda (1997), gravado na Amazônia e no Peru. Rob Darwin conta quais foram os motivos que despertaram o seu interesse para incluir o Jalapão no roteiro do reality.

“Dentro de roteiros específicos, eu analiso, pesquiso, visito o local e levanto as informações necessárias para avaliar a viabilidade de gravação. Estive aqui no ano passado fazendo o Desafio em Dose Duplae, naquele momento, vi a possibilidade de atrair outros programas para cá e, em especial, fiquei com uma vontade de trazer o Largados e Pelados. 

Neste ano, nós fomos consultados sobre essa questão de locações para o reality no Brasil e já tínhamos um dossiê do Jalapão pronto. Enviamos o material que a gente tinha para a Discovery, com todas as informações, e demorou cerca de três meses de consultas até que conseguimos trazer o trabalho”, finalizou.

Vitrine

O Jalapão também está servindo de cenário para a próxima novela das 21 horas da Rede Globo, O Outro Lado do Paraíso. 

As belezas do Jalapão já serviram de paisagem também para outras produções nacionais e internacionais a exemplo dos filmes Deus é Brasileiro (2003) e Xingu (2011); do reality show americano Survivor (2009); da novela das 18 horas, da Globo, Araguaia (2010); da série do canal a cabo Discovery Channel, Desafio em Dose Dupla(2016); além de documentários e edições especiais de programas jornalísticos como o Globo Repórter.

Os episódios do último reality show, gravados no Jalapão, ainda não têm previsão de estreia no Brasil.

Fonte: CT

BR-060, em Abadiânia, fica coberta de gelo após chuva de granizo; veja imagens




Uma forte chuva de granizo assustou motoristas que passavam pela BR-060, em Abadiânia, na tarde deste sábado (30). Muitos motoristas estacionaram os seus carros para esperar a chuva passar.

Após a chuva, uma camada espessas de gelo cobriu a rodovia. O vento forte derrubou algumas árvores às margens da BR. Ninguém ficou ferido.

Por causa do gelo na pista, a rodovia foi parcialmente interditada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

PM apreende 300 kg de maconha em Formosa (GO)


A Polícia Militar apreendeu aproximadamente 300 kg de maconha nesta sexta-feira (29) em uma residência no Setor Parque do Lago, na cidade de Formosa, cidade distante 282 quilômetros de Goiânia.

Segundo a PM, os policiais encontraram o local após uma pessoa informar, por denúncia anônima, movimentação estranha na casa.

Dentro de um dos quartos foi encontrada a droga e diversos materiais utilizados para comercialização do entorpecente – embalagens, fitas, facas, balança de precisão e caderno de controle do tráfico.

Até o momento ninguém foi detido, mas as equipes continuam diligenciando para prender os traficantes.

Fonte: Mais Goiás

Em Dianópolis, liminar obriga empresa a cobrar proporcional ao consumo e fixa prazo para oferta adequada de internet


Liminar concedida pelo juiz Jossanner Nery Nogueira Luna, da Comarca de Dianópolis fixa o prazo de 15 dias para que a operadora de telefonia Brasil Telecom/OI providenciar a cobrança proporcional ao que é ofertado aos consumidores de Dianópolis, sob pena de incorrer no crime de desobediência.

Na decisão, o juiz exemplifica: se o plano contratado é de 10 MB, mas a empresa entrega efetivamente apenas 1 MB ao cliente, está obrigada a emitir a fatura proporcional ao consumido, ou seja, 10% do valor contratado.

Além disso, o juiz também fixou o prazo de 120 dias para que a empresa providencie a instalação adequada para fornecer a mesma velocidade de internet contratada aos consumidores. 

Nesse trecho, o juiz destaca que a empresa deve disponibilizar portas de internet suficientes para o atendimento em Dianópolis. 

Esse prazo será contado a partir da citação da empresa, que deve ainda reservar 60% dessas portas para a internet com velocidade de 1 a 5 megabytes. Se não cumprir, a multa diária será de R$ 5 mil por cada dia de atraso até o limite de R$ 1 milhão de reais.

Problemas

De acordo com a decisão, órgãos de defesa do cidadão apontaram 78 queixas de clientes da empresa durante testes de velocidades feitos em residências.  

Os testes buscaram levantar eventual lesão a grupo hipossuficiente e quantificar informações sobre reclamações de lentidão, indisponibilidade de aquisição, interrupção da internet e divergência entre a quantidade de megabytes estipulada em contrato comparada à efetiva disponibilidade.  

Os resultados evidenciaram que nenhuma das 16 casas testadas recebia sequer metade do plano contratado e, em algumas, não havia portas de acesso disponíveis.

Baseado na Resolução nº 614/2013 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) o juiz afirma que se o serviço de banda larga for interrompido ou diminuído em sua qualidade de serviço, a prestadora deve descontar da assinatura o valor proporcional.

Para o juiz, o serviço prestado pela empresa “revela-se impróprio ao consumo” e afronta “os direitos básicos do consumidor”. 

De acordo com a sentença o serviço de internet banda larga usufruído pelos usuários não alcança 40% da taxa nominal contratada, o que caracteriza “descumprimento contratual pela operadora de telefonia” e “desrespeito às diretrizes normativas expedidas pela agência reguladora”. 

Fonte: TJTO

Uma tarde e um por do sol no Tocantins




Imagens: Ismael Carlos

Foco na segurança pública da região nordeste de Goiás




O Tenente Coronel Luzo, comandante do 13º CRPM  (Comando Regional da Polícia Militar - nordeste de Goiás) se reuniu, na semana passada, com a seção técnica de ensino e os instrutores do Curso de Formação de Praças, em Posse (GO).

O evento ocorreu  no último dia 23.  O coronel agradeceu a importante contribuição do vice- governador José Eliton, que viabilizou a realização do curso na área do 13º Comando Regional da Polícia Militar, que foi contemplada com 88 alunos soldados.

Isso representa, segundo ele, um incremento de segurança na região e dá um viés de importância à região nordeste de Goiás. 

Mostra de Cinema Político, em Goiânia, começa no dia 17


De 17 a 21 de outubro, a Vietnam Filmes e a Balaio Produções realizam o Manifesto - Mostra de Cinema Político com foco em Cuba, no Cine Cultura.

O projeto também promove o encontro de realizadores audiovisuais e dirigentes de instituições de cinema, da TV comunitária e Web TV universitária para difundir a produção regional e discutir parcerias que fortaleçam a diversidade e criem redes de exibição alternativa para dar visibilidade aos realizadores audiovisuais independentes e comunitários de outros territórios criativos da América Latina.

"Tudo começou quando fomos a Cuba em 2015 para gravar o programa piloto da série de TV Mostra seu Mundo, projeto inspirado nas videocartas produzidas pela emissora camponesa TV Serrana, em Serra Maestra. 

Pensamos ser importante dar visibilidade a uma iniciativa dessa natureza, já reconhecida pela UNESCO, assim como multiplicá-la regionalmente", contam os cineastas e coordenadores do Manifesto, Claudia Nunes e Erico Rassi.

A proposta interessou a Magnífica Mundi e a web TV da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), da Universidade Federal de Goiás (UFG), e foram iniciados os diálogos entre as duas emissoras para elaboração de uma parceria. 

Dessa forma, o evento foi pensado também para que dirigentes de instituições de ensino e do audiovisual goianos e cubanos se encontrassem para pensar formas de promover a troca de experiências, o intercâmbio de conteúdo e a criação de redes alternativas de pensamento, pesquisa e criação de novas linguagens e estéticas.

A ideia cresceu e, hoje, a diretora da FIC, Angelita Pereira de Lima, quer ampliar a futura parceria entre as emissoras de televisão, TV Serrana e Magnífica Mundi, para um acordo internacional entre a Universidade Federal de Goiás e a Universidade de Havana, que englobaria não apenas a troca de conteúdos, mas permitiria o desenvolvimento de pesquisas acadêmicas, idas e vindas de professores para andamento de projetos conjuntos e cursos na área de jornalismo e cinema.

Santiago Alvarez

A programação das mostras, com um forte foco político, traz para Goiânia um conjunto de produções inéditas na cidade e em boa parte do país. 

A principal delas é dedicada à obra do cineasta cubano Santiago Alvarez, considerado o cinecronista da Revolução Cubana. 

Sua vastíssima produção é inventiva e experimental, combinando diferentes elementos para construir uma narrativa revolucionária e extrapolar os limites na área.

Segundo o cineasta, a realidade no cinema não se capta, mas se constrói: "Gosto mais do filme documentário, pois, para mim, a realidade é uma ficção constante. Gosto de filmar e elaborar, a mim me interessa registrar e participar dessa realidade".

Além de seus filmes, ainda será apresentada uma conferência a respeito de sua obra ministrada por Lazara Herrera, viúva do cineasta e diretora da Oficina Santiago Alvarez, do Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográficos (ICAIC).

As outras três mostras exibirão documentários produzidos pela TV Serrana, como a produção mais recente da Escola Internacional de Cine e TV de Cuba (EICTV), e filmes goianos, pouco vistos, de linguagem e temática mais inconformista, em sintonia com a obra do cineasta.

Para tornar possível esse panorama, o Manifesto conta com parceiros de peso no universo audiovisual latino-americano como o Instituto Cubano de Rádio e TV (ICRT) e a TV Serrana, uma emissora comunitária que tem a participação dos camponeses de Serra Maestra em sua produção; o Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográficos (ICAIC); e a Escola Internacional de Cine e TV de Cuba (EICTV), dos quais estarão presentes representantes durante todo o evento.

Filmes goianos em Cuba

Outro parceiro é o Festival Internacional de Novo Cine Latinoamericano de Havana, que irá incluir em sua programação uma mostra de filmes goianos e abrirá espaço para a divulgação das parcerias construídas pelo Projeto Manifesto.

Nessa segunda etapa, de 9 a 19 de dezembro, uma comitiva de Goiás – formada pela diretora da FIC-UFG, Angelita Pereira de Lima, Milena Nominato, representante da Magnífica Mundi, e Sandro di Lima, Pró Reitor de Extensão do Instituto Federal de Goiás (IFG) e diretor do Campus Cidade de Goiás, onde funciona o Curso de Cinema e Audiovisual – estará em Havana (Cuba) para reunir-se com os dirigentes do ICAIC, ICRT, EICTV e Universidade de Havana para concluir as negociações iniciadas em Goiás e formular novos acordos de cooperação com a participação do IFG.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Campos Belos completa 63 anos, com show, desafio ciclístico e futebol



Os 63 anos do município de Campos Belos, nordeste de Goias, serão comemorados pela comunidade neste fim de semana.

As comemorações começam com o show da dupla Mário Cezar e Filipe, evento que ocorre neste sábado (30), no Centro Olímpico Padre Magalhães. 

A festa continua com o segundo desafio ciclístico de 50km, que tem largada amanhã (1), às 9h, também do Centro Olímpico Padre Magalhães. 

Ainda neste domingo, ocorrem as finais do torneio de futebol, a partir de 14h, no Estádio Xeco. 

A organização é da prefeitura de Campos Belos.   

Tributo a Campos Belos



João Beltrão Filho

(Letra e Música: João Beltrão Filho)


Campos Belos, terra querida

Abençoada por Cristo Senhor

Terra adorada, plaga sagrada

Lar onipotente, onde reina o amor...


Suas terras de fertilidade

De gado bom e rica em minerais

Sua brava gente, feliz peleja

Pra que tu sejas orgulho de Goiás...



Deus lhe proteja terra bendita

Quem ti habitas, trabalha por mil

Com paz e garra, feliz peleja

Pra que tu sejas orgulho do Brasil...



Que belas serras, que Belos Campos

Que povo ordeiro, que céu, que porvir

Abro meu peito e forte grito

Que infinito é meu amor por ti...



Que verdes matas, berço da vida

Que puras águas, que lindo brasão

Sua bandeira tremula ao vento

Pulsando dentro do meu coração.


Campos Belos/GO, 05/07/2011


Glossário

Plaga: Região, lugar

Sagrada: Respeitada, venerada

Lar: Onde as pessoas vivem em harmonia

Onipotente: Que tem poder ilimitado

Reina: Domina, prevalece

Fertilidade: Que produz muito

Minerais: Substâncias inorgânicas existentes na terra, minério

Brava: Corajosa, valente, destemida

Proteja: Resguarda, defenda

Peleja: Luta

Garra: Esforço

Bendita: Glorificada, abençoada

Habitas: Moram, residem

Ordeiro: Disciplinado, bem comportado

Porvir: Futuro

Infinito: Muito grande, sem fim

Grito: Som de voz elevado

Berço: Lugar onde uma pessoa nasceu

Brasão: Escudo de uma cidade

Bandeira: Símbolo representativo de um município, estado ou país

Tremula: Move, agita, vibra

Pulsando: latejando, palpitando


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

PM localiza 910 dinamites junto a outros materiais explosivos próximo a Arraias (TO)


Durante a Operação Expediente Operacional, realizada na Rodovia TO-050 entre as cidades de Arraias e Campos Belos, na tarde desta quinta-feira, 28, a Polícia Militar, ao vistoriar um veículo, apreendeu uma grande quantidade de explosivos. 

O condutor é residente de Pirenópolis, Goiás, e foi preso em flagrante pelos policiais militares.

De acordo com a equipe da PM, o veículo, uma camionete S-10, estava sendo conduzida pelo empresário de 37 anos quando foi abordado. 

Ao vistoriar o interior do veiculo, foi encontrada uma mala de viagem que, além de roupas e outros pertences pessoais, continha 700 espoletas, quantidade informada pelo autor.

Em ato contínuo, vistoriou-se a carroceria da caminhonete, sendo encontrados: 910 unidades de dinamite 1/24 polegadas, 100 quilos de explosivos granulados e 250 metros de estopim.

Todo o material estava acondicionado em sacos para ração animal, que, segundo o autor, seriam levados para um garimpo na cidade de Conceição do Tocantins.

Os policiais deram voz de prisão ao autor por Transporte/Posse Ilegal de Material Explosivo. 

Posteriormente ele foi conduzido à Delegacia local e o material apresentado a Delegada, que ratificou a prisão.

Com informações da PM




quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Vítima de acidente em bueiro será indenizada em R$ 200 mil pelo município de Arraias (TO)


O município de Arraias, sudeste do Tocantins, terá que pagar R$ 200 mil, a título de indenização por dano moral, a uma mulher que caiu em um bueiro aberto próximo à residência dela. 

A vítima, de 53 anos, também deverá receber uma pensão mensal de um salário mínimo, fixada a título de indenização material, até que ela complete 75 anos de idade.

A sentença condenatória é do juiz Rodrigo Perez Araújo, em Auxílio ao Núcleo de Apoio às Comarcas (NACOM). Ele determinou que a pensão mensal será retroativa à data do acidente, ocorrido em setembro de 2014. O saldo deve ser quitado em parcela única.

Segundo o processo, a vítima D.L. dos S. caminhava pela rua quando foi surpreendida com um bueiro, a céu aberto, nas proximidades de sua residência, sem que houvesse placas de sinalização. 

Ela caiu dentro do bueiro ao tentar ultrapassá-lo para entrar em casa, lesionou a coluna e, após internações em Arraias e em Palmas, ficou tetraplégica.

No julgamento do caso, o juiz ponderou que a vítima contribuiu, de forma culposa, para o acidente que gerou sua lesão, e reconheceu a responsabilidade do município. Para o juiz, a ausência ou o mau funcionamento do serviço público provoca indenizações aos prejudicados. 

O magistrado ressaltou que o município negligenciou ao não colocar qualquer proteção capaz de vedar o bueiro ou sinalização adequada para a advertência de pedestres.

Com base nas lesões sofridas, que deixaram a vítima tetraplégica, nos ensinamentos da doutrina e da jurisprudência e na situação socioeconômica das partes, o juiz considerou que indenização moral de R$ 200 mil “se mostra justa, adequada e razoável”.

Além disso, ressaltou: a vítima “que sofre redução parcial e permanente da capacidade laborativa tem direito ao pensionamento”, não apenas “por ressarcimento de ordem econômica, mas, igualmente, o de compensação pela lesão física causada pelo ato ilícito” do município, que a impossibilitou de exercer qualquer trabalho.

Fonte: TJTO

Campos Belos: criança de sete anos, vítima de capotamento, tem morte cerebral detectada. Família vai doar os órgãos



Por Jefferson Victor, 

O pequeno Daniel Miranda, de apenas sete aninhos, filho de Danilo Farjado e Rosimary Rodrigues Miranda, sofreu um grave acidente quando se dirigia à Brasília, na última sexta-feira (22).

Mas apesar de todo esforço da família para salvar sua vida, infelizmente veio a triste notícia que ele teve morte cerebral.

O acidente ocorreu por volta das 9h da manhã, próximo à entrada da Prata, no município de Monte Alegre de Goiás.

A caminhonete Triton, era dirigida pelo pai do Daniel, que perdeu a direção do veículo e capotou violentamente.

Apesar de estar com o cinto de segurança, a criança foi arremessada e sofreu sérios ferimentos na cabeça e ombro.

No momento do acidente, passava uma ambulância pelo local, que imediatamente socorreram a criança levando para o Hospital de Monte Alegre devido à proximidade da localidade.

Os primeiros socorros foram realizados e em seguida o pequeno Daniel foi encaminhado para Campos Belos.  Na cidade vizinha, os médicos detectaram a gravidade dos ferimentos e sugeriram a transferência dele em Avião UTI, como meio de minimizar o tempo do socorro.

Por volta das 15h30, a aeronave decolou do aeroporto de Campos Belos e o Daniel foi encaminhado para o Hospital Santa Luzia na Asa Sul, no Distrito Federal.

Daniel passou por cirurgia, já que sofreu traumatismo craniano e consequentemente um forte sangramento no cérebro, sendo posteriormente internado na UTI onde permaneceu até ontem (27), quando as equipes médicas detectaram a morte cerebral.

Diante do quadro irreversível, os país de Daniel, em ato de extrema coragem e humanidade, decidiram fazer a doação dos órgãos, e para isso, o menino foi transferido para o Hospital do Coração, em Brasília, para realização do procedimento de retirada.

O acidente de Daniel causou comoção na comunidade de Campos Belos. País de alunos, professores, coleguinhas e comunidade em geral, todos ficaram consternados com a situação.

A escola Janelinhas do Saber, onde Daniel estudava, fez vários pedidos de oração nas redes sociais e após a constatação da morte, postaram um vídeo mostrando os momentos de convivência dele com os coleguinhas, inclusive a festinha de aniversário realizada no início do mês de agosto.

Os vídeos já tiveram mais de 15 mil visualizações, uma prova evidente da solidariedade da comunidade com os familiares.

Nesta sexta-feira (29), a escola onde Daniel estudava disponibilizará uma van para conduzir professores e funcionários para darem o último adeus a Daniel.

Muitos pais de alunos também já programaram estar em Brasília amanhã para compartilharem com os pais de Daniel esse momento tão difícil em suas vidas.

O corpo será velado no Cemitério Jardim de Esperança, e o sepultamento está previsto para o período da tarde em horário ainda indefinido.

Aos familiares e amigos do pequeno Daniel e fica aqui os nossos sentimentos de pesar pela sua passagem, pedindo a Deus que conforte cada um nessa hora de muita dor e sofrimento.



quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A irresponsabilidade continua à solta


Recomendo: Filme “Polícia Federal – A lei é para todos” ultrapassa 1 milhão de ingressos



O filme “Polícia Federal – A lei é para todos”, thriller que revela os bastidores da Operação Lava Jato, rompeu a barreira de 1 milhão de ingressos vendidos no fim de semana estendido de 21 a 24 de setembro. 

A produção, que estreou no dia 7 de setembro, já acumula uma bilheteria de R$16.979.086. Segundo o portal especializado Filme B, “Polícia Federal – A lei é para todos” se prepara para liderar o ranking dos filmes brasileiros lançados em 2017, ultrapassando  “Detetives do Prédio Azul”, que vendeu 1.192.368 ingressos.

“Os resultados comerciais confirmam o que sempre pensamos: os brasileiros queriam ver na tela grande um thriller policial com a história do mais importante acontecimento no país nos últimos anos,” destaca o produtor Tomislav Blazic, da New Cine & TV e Raconto Produções. 

“Acredito que inauguramos uma nova tendência no cinema nacional, a de filmes baseados em fatos reais, sobre os grandes temas do país, feitos no calor dos acontecimentos, algo que já é uma tradição em várias cinematografias, em particular em Hollywood.”

Mais do que o sucesso de bilheteria, “Polícia Federal – A lei é para todos” tem gerado mobilizações espontâneas em todo país. São muitos os relatos de sessões em que o público aplaude de pé no fim da projeção. 

Em Curitiba, os 180 funcionários do restaurante Coco Bambu assistiram ao filme juntos, convidados pelo proprietário do estabelecimento, Ranieri Saraiva. 

A intenção, segundo a coordenadora de eventos da casa, Suzana Laporte, foi proporcionar um programa de lazer e de cidadania ao grupo de colaboradores do restaurante.

“Polícia Federal – A lei é para todos” tem recebido prêmios que ultrapassam o universo do cinema. 

O produtor Tomi Blazic e o diretor Marcelo Antunez foram homenageados em 2 de setembro na II Jornada Internacional de Investigação Criminal, realizada na cidade de Gramado, no Estado do Rio Grande do Sul. Os organizadores reconheceram a contribuição do filme por apresentar ao público a história do maior esquema de corrupção do mundo. 

A Jornada contou com mais de 1.500 participantes – advogados, secretários de segurança, delegados, autoridades governamentais etc. – e com palestrantes do FBI e dos serviços de segurança anticorrupção da Itália e Suíça, além do juiz Sérgio Moro.

O filme também foi homenageado na V Conferência Internacional de Prevenção e Combate à Corrupção, realizada no Rio de Janeiro nos dias 20 e 21 de setembro, que foi organizada pelo Instituto Brasileiro de Direito e Criminologia – IBDC, Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal – ADPF e Comissão Especial Anticorrupção, Compliance e de Controle Social dos Gastos Públicos (CSGP) da OAB/RJ.

Além das homenagens, “Polícia Federal – A lei é para todos” foi convidado a participar do maior festival de filmes anticorrupção do mundo, o Fraud Film Festival, em Amsterdã, na Holanda, que será realizado nos dias 5 e 6 de outubro.

O produtor Tomi Blazic anunciou que já está trabalhando no filme de continuação. A equipe da produtora iniciou o processo de pesquisa de informações que vai embasar a redação do roteiro do segundo filme.

“O que não faltam são acontecimentos cinematográficos. O segundo filme vai ter Eduardo Cunha, Aécio Neves, Michel e Temer e mais sobre o Lula,” adianta Tomi Blazic.

Com informações da Assessoria 

Brasil: porta de micro-ônibus fecha e mata motorista; As imagens são fortes



Um motorista foi encontrado morto em um micro-ônibus na manhã da última terça-feira (19) em Volta Redonda, RJ. 

Segundo testemunhas, Carlos Henrique Alves da Cunha, de 47 anos, teria sido imprensado na porta do veículo, que abre e fecha através de sistema eletrônico. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o micro-ônibus da empresa Tursan estava estacionado na Rua 719, no bairro Casa de Pedra, na Rodovia dos Metalúrgicos.

Por volta de 11h, a perícia tinha sido realizada e policiais aguardavam o rabecão para remoção do corpo. Funcionários da empresa também estavam no local acompanhando o caso.

O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Poços, onde peritos farão a necrópsia para identificar a causa da morte. O provável é que a pressão da porta no corpo dele tenha o asfixiado.

O caso foi registrado na 93ª Delegacia de Polícia (Volta Redonda). A imprensa entrou em contato com a Tursan, mas até a publicação desta reportagem, a empresa não havia emitido uma nota oficial.

Com informações do G1

Policiais de Alto Paraíso/GO desarticulam “boca-de-fumo” e prendem traficantes


A Polícia Civil de Alto Paraíso de Goiás desarticulou no último dia 14 de setembro um conhecido ponto de venda de drogas no Bairro Novo Horizonte e deu cumprimento a dois mandados de prisão no mesmo local.

O delegado José Antônio Machado Sena informou que os investigadores levantaram informações de que o local era utilizado para o comércio de drogas e de que lá estava escondido um foragido da Justiça, condenado por tráfico de drogas pelo TJDFT, com dois mandados de prisão em seu desfavor.

Diante dos fatos, a equipe da PCGO monitorou o local e conseguiu realizar as prisões. Na residência foram encontradas 16 porções de crack, aproximadamente 50 gramas de maconha, material para o corte e embalagem das substâncias, além de R$ 45,00 em espécie.

Os flagrados foram presos pelo crime de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

Sena explicou que os flagrados são os principais suspeitos de roubos cometidos na região de Alto Paraíso.

O delegado elogiou o empenho dos policiais envolvidos nas diligências: Christiano Dumas Gomes, Jânides Miranda da Silva, Divino Neviton Nazaro Couto e Jorge Luiz, os quais não mediram esforços para o êxito da operação. “Pouco antes da prisão, a mesma equipe já havia apreendido uma plantação de maconha no centro de São João D’Aliança, com aproximadamente 16 pés”, revelou.

Fonte: PCGO

Alvorada do Norte, Iaciara, Posse e Teresina de Goiás recebem parcela do Goiás na frente


O governador Marconi Perillo formalizou nesta segunda-feira, dia 25, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, o repasse das primeiras e segundas parcelas dos convênios do Programa Goiás na Frente, firmados entre o Governo de Goiás com 56 prefeituras.

Com os cheques entregues, já são mais de 100 municípios contemplados com recursos do Goiás na Frente. Outros 177 processos estão em fase de análise, segundo informações da Secretaria de Governo.

O Auditório Mauro Borges ficou completamente lotado de prefeitos e lideranças do interior do Estado. De acordo com Marconi, o Goiás na Frente está aquecendo a economia e gerando empregos, gerados a partir das obras. 

“Criamos este programa para tirar o Brasil do atoleiro em que ele se encontra. Só com obras e com investimentos, que nós vamos retomar os empregos. Observe que nestes últimos sete meses, Goiás teve saldo positivo mês a mês. 

Ficamos agora no acumulado do ano no terceiro lugar em geração de empregos no Brasil, perdendo apenas para São Paulo e Minas Gerais. Esse último mês, São Paulo, Santa Catarina e Goiás. Quarenta e sete mil empregos líquidos gerados, de saldo positivo”, observou.

Para o governador, o ranking teve “impacto direto” pelos postos de trabalhos gerados pelas obras. “Qual foi a primeira área geradora de empregos? Construção. É claro que o Goiás na Frente impactou este ranking, afinal de contas se você anda para qualquer lugar tem obras de reconstrução, de construção, de manutenção, e também obras nas cidades, frutos dos convênios”, frisou Marconi.

Presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), Paulo Sérgio Rezende, o “Paulinho”, que é prefeito de Hidrolândia, afirmou na solenidade que os prefeitos estão “muito agradecidos” com a mão estendida do governo estadual. 

“Agradecidos com a sensibilidade do governador Marconi Perillo. E se eles estão agradecidos, o povo que os elegeu também está. 

É um recurso muito importante para os prefeitos que estão começando agora, que estão com muita dificuldade, e talvez não conseguiriam reunir um recurso como esse”, declarou.

Prefeita Iolanda Holiceni Moreira dos Santos, de Alvorada do Norte – 2ª Parcela R$ 300.000,00

Prefeito Célio Fleury, de Corumbá de Goiás – 2ª Parcela R$ 180.000,00

Prefeito Haicer Sebastião Pereira Lima, de Iaciara – 2ª Parcela R$ 180.000,00

Prefeito Genivaldo Gonçalves dos Reis, de Mimoso de Goiás – 1ª Parcela R$ 166.666,00

Prefeito Wilton Barbosa de Andrade, de Posse – 2ª Parcela R$ 499.192,00

Prefeito Josaquim Miranda, de Teresina de Goiás – 1ª Parcela R$ 120.000,00

Total de recursos entregues nesta segunda: R$ 11.079.894,00

Futebol: Copa Verde Ambiental movimenta o sudeste do Tocantins. Final ocorre no sábado



Uma receita interessante, entre preservação ambiental e a paixão nacional, o futebol, tem movimentado as cidades do sudeste do Tocantins neste segundo semestre, especialmente as comunidades do Vale do Rio Palmas. 

A Copa Verde de Futebol Ambiental foi disputada por oito equipes, representando os quatro municípios as cidades de Combinado, Aurora do Tocantins, Lavandeira e Novo Alegre (TO). 

O evento esportivo, iniciado em 5 de agosto, tem o incentivo e apoio dos prefeitos das cidades e está sendo realizado em parcerias com as secretarias de meio ambiente e de esportes dos quatro ente municipais.

O objetivo é disseminar a política e a educação ambiental através do esporte paixão do povo. 

O tema da competição é "O Meio Ambiente e o Esportes Juntos Batem um Bolão".

Estão na grande final, que ocorre no próximo sábado (30), os representantes de Novo Alegre, o NAEC, e de Aurora do Tocantins, o "YURI 7".

No último final de semana, dias 23 e 24, a rodada da semifinal contou com vitória apertada por 1x0 para o NAEC sobre o Combinado e um empate de 0x0 entre as equipes do Força Jovem x Yuri 7. 

Nas penalidades, o Yuri venceu e foi para a final. 

Assim, o time de Aurora conquistou a segunda vaga da finalíssima e disputará o título do Troféu Verde contra o NAEC (Novo Alegre).

A final ocorre às 14h do próximo sábado, com breve solenidade antes do grande jogo.

O campeão e vice-campeão receberão troféus e prêmios em dinheiro no valor de R$ 3 mil e R$ 1 mil reais respectivamente. 

A disputa do terceiro lugar será no dia  1º de outubro, domingo, com as equipes do do Força Jovem x Combinado, que se enfrentam às 15h. Agende aí. 







Polícia Militar realiza palestras preventivas no combate ao bullying e ao uso de drogas nas escolas de Posse (GO)


Nesta semana, de 25 a 29 de Setembro, e na primeira semana de Outubro, entre os dias 02 a 05, o Projeto ‘#Tamojunto, sozinho é impossível’, está sendo desenvolvido, pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura com a parceria da Polícia Militar, em Posse, no nordeste goiano.

O projeto será realizado nas seguintes escolas: Escola Municipal Profª. Maria Leite de Almeida Nascimento, Escola Municipal Eva Rosa da Silva, Escola Avani Pereira R. e Silva, Escola Municipal Dr. Joaquim Pereira Costa Sobrinho e Colégio Municipal Castro Alves.

O projeto destina-se à prevenção, ao respeito e conscientização quanto ao uso das drogas, bullying e alerta quanto ao uso de armas brancas no ambiente escolar.

Nesta terça-feira (25), a equipe da Patrulha Escolar, representada pela Soldado Juliana, esteve presente na Escola Municipal Maria Leite. 

Durante a palestra, foi enfatizada a importância da conscientização quanto aos malefícios causados pelo abuso de drogas, estimulando a busca por qualidade de vida, pautada por boas escolhas, de forma a preservar o nosso bem maior: a saúde.

Fonte: PMGO

Convite: Oficina de rede de cooperação do Sebrae em Alto Paraíso (GO)


A comunidade do nordeste de Goiás está convidada para participar do evento Oficina de rede de cooperação do Sebrae em Alto Paraíso (GO).

Que promovo o evento é a Regional Nordeste do Sebrae Goiás, que ocorre no próximo dia 28 de setembro (quinta-feira), das 9:30 às 16 horas, no Espaço Ipeartes (antiga Casa da Bona Espero).

Estão convidados especialmente os membros dos Núcleos Técnicos e Diretivos dos município de Campos Belos, Monte Alegre de Goiás, Nova Roma, Teresina de Goiás, Cavalcante, Colinas do Sul, Alto Paraíso e São João D'Aliança para participarem do evento onde teremos a oportunidade de apresentar sugestões em defesa das águas e fortalecimento das organizações da sociedade civil.

O espaço está situado a Av. Esperanto, esquina com a Rua Domingas Ferreira, no setor Novo Horizonte, Alto Paraíso de Goiás/GO. 

O evento abordará o Desenvolvimento Econômico do Território Nordeste Goiano e o trabalho cooperado para a concretização desse propósito.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Advogado de Joesley faz festa na Europa e diz que não havia clima no Brasil


Antes de você começar a ler este texto, vou fazer apenas uma perguntinha. 

Se o nobre advogado defende os mais notáveis acusados de corrupção da operação lava jato, por tabela, quem paga seus honorários advocatícios?

Já era meia-noite e meia quando os versos de "Falador Passa Mal", na versão cantada por Jorge Ben Jor escolhida pelo DJ, ecoaram pelos salões do Palácio Xabregas, em Lisboa, espaço suntuoso alugado pelo criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, para celebrar seus 60 anos em terras portuguesas, na noite de sexta-feira (22).

"Que malandro é você?/ Que não sabe o que diz/ Cuidado que muita mentira, você pode perder o nariz!"

"É o melô do delator", definiu um jovem advogado, enquanto repetia o refrão: "Falador passa mal, rapaz", uma ode que cabe bem na boca de críticos da delação premiada.

O benefício, previsto na legislação brasileira desde 2013 e combustível para a cruzada anticorrupção no país, passa por uma prova de fogo após ter sido concedido a Joesley e Wesley Batista, donos da JBS e clientes do aniversariante.

Os irmãos delatores que haviam saído ilesos após a espetacular "delação do fim do mundo", com direito até a grampear o presidente Michel Temer, agora "passam mal" desde a prisão ordenada pelo STF.

Na tentativa de desfazer a reviravolta entrou em cena Kakay, um dos personagens mais famosos da crônica jurídico-policial-política do país ao longo das últimas décadas.

Um dia antes de comemorar a chegada dos 60 em Lisboa, o advogado subiu à tribuna do STJ (Superior Tribunal de Justiça) para sustentação oral do pedido de liberdade dos Batista.
A audiência às vésperas da festança custou ao defensor um bate e volta Lisboa-Brasília-Lisboa em jatinho particular. Ossos de um ofício mais do que bem remunerado. 

A viagem de última hora interrompeu por 24 horas a intensa programação dos festejos ao longo da semana passada na terrinha.Um dos pontos altos foi o show privé de Carminho, a mais famosa cantora de fado da nova geração, cujo cachê não sai por menos de 20 mil euros (R$ 75 mil).

A apresentação foi seguida de jantar que teve como prato principal bacalhau meia cura braseado, cebola caramelizada com balsâmico, purê de batata e ervilha torta salteada.

A cantora portuguesa brindou os convidados com fados tradicionais e também com "Sabiá", de Tom Jobim. Mas o hit da noite foi mesmo "Falador Passa Mal, a canção do Originais do Samba. "É nossa homenagem ao Janot e ao Moro", divertiu-se duplamente o dono da festa, ao lado da mulher, Valéria Vieira, 56, no salão convertido em pista de dança depois da meia-noite.

Nem sequer convidados, o juiz Sergio Moro, protagonista-mor da Operação Lava Jato, e o ex-procurador-geral Rodrigo Janot, titular do posto de acusador-mor da República até 17 de setembro, eram onipresentes nas rodinhas de conversas em torno de criminalistas, grupo mais numeroso entre os 220 convidados.

"Só fiz a festa em Portugal porque não pude fazer em casa. O Brasil virou um país punitivo, esquisito", diz Kakay. "Quando fiz 50 anos, convidei todos os amigos, gente do Executivo, do Legislativo, do Judiciário. Tinha vários senadores, governadores, ministros de tribunais superiores, ex-presidente. Hoje não dá para fazer isso."

Do universo político, a ex-governadora Roseana Sarney foi estrela solitária no Palácio Xabregas, ao lado do marido, Jorge Murad. Kakay foi advogado de Roseana no episódio da apreensão de R$ 1 milhão no escritório da pré-candidata à Presidência da República em 2002. 

Outro nome conhecido que viajou a Lisboa para prestigiar Kakay foi o consultor de imagem Mario Rosa, autor de "Entre a Glória e a Vergonha", livro em que narra a experiência como investigado na Operação Acrônimo.

"Com a espetacularização das denúncias, os criminalistas viraram celebridades. E o Kakay é o mais célebre deles", define Rosa.

Além de políticos e empresários encrencados em escândalos nacionais, o aniversariante advogou para o cantor Roberto Carlos e a atriz Carolina Dieckmann.

Posteridade

Cruzaram o Atlântico para cantar parabéns a Kakay nomes que os brasileiros já se acostumaram a ver no horário nobre da TV como defensores de protagonistas de sucessivos escândalos nacionais - do mensalão à Lava Jato.

Kakay fez questão de reunir para uma foto 18 colegas, entre eles estrelas de algumas das bancas mais prestigiosas e caras do Brasil: Alberto Toron, um dos mais requisitados na área de crimes financeiros, que tem o senador Aécio Neves na Lava Jato; Marcelo Leonardo, defensor do publicitário Marcos Valério no mensalão; e Roberto Podval, um dos advogados do ex-ministro José Dirceu.

Todos amigos de longa data. "Vim celebrar uma amizade de 30 anos", disse Toron. Nesta terça-feira (26), o advogado terá audiência em Brasília no caso em que Aécio, em gravação feita por Joesley, pede R$ 2 milhões ao empresário alegando necessitar de dinheiro para sua defesa.

Na festa espalhada por três ambientes do palácio do século 16 e que pertence aos herdeiros do Marquês de Olhão, o Judiciário estava representado por duas juízas federais: Fátima Costa, recém-aposentada da 10ª Vara Federal do DF, onde correm processos contra o ex-presidente Lula; e Candice Galvão Jobim, atualmente na corregedoria do Conselho Nacional de Justiça.

Filha de Ilmar Galvão, ex-ministro do STF, Candice é casada com Alexandre Jobim, herdeiro de Nelson Jobim, ex-ministro do Justiça. O casal dividiu mesa com Monica Oliveira, mulher do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Ex-colega de faculdade de Kakay, ela viajou sem o marido e já estava em Lisboa para comemorar os 80 anos da mãe, que foi embaixatriz brasileira em Portugal.

"Nosso país hoje não permite comemorações. Muitos clientes estão presos, é difícil separar o pessoal do profissional", lamentava Podval.

Para ele, seria natural ter colegas de outras áreas do direito em eventos sociais como o de Kakay, assim como no seu casamento, realizado na ilha de Capri, na Itália, quando a presença do ministro do STF Dias Toffoli foi considerada escandalosa.

"Nossos amigos são promotores, juízes, ministros, pessoas com as quais temos relações de vida. Mas essa convivência passou a ser mal vista. Parte-se da premissa de que tudo é mal intencionado."
"Seria um escândalo ter um ministro de tribunal superior aqui nesta festa hoje", concorda Marcelo Leonardo, avaliação repetida por outros convidados de Kakay.

Pelo menos dois deles esbarraram naquela tarde com Janot, que chegara a Lisboa no dia anterior no mesmo voo em que viajava o ministro Gilmar Mendes, seu desafeto.

No dia seguinte, a festa de Kakay continuou com um almoço na vinícola Adega Mãe, em Torre Vedras, a 60 km da capital portuguesa.

A mesa farta de frutos do mar, recheada de camarões e lagostas, ocupava o centro do salão. Pratos frios e quentes eram acompanhados de vinhos, espumantes e licores portugueses.

A degustação premiada aconteceu em um cenário deslumbrante, com vista para as videiras e uma plantação de lavanda, em um temperatura agradável de começo de outono.

No meio da tarde, os doutores da Lava Jato soltaram a voz, embalados pelos acordes de Di Brasil, músico vindo de Brasília especialmente para animar o encontro vespertino.

"Foi uma surpresa para o aniversariante. Estou em todas as festas dele em Brasília", conta Di Brasil, que fez dupla com Kakay em "Evidências", de Chitãozinho e Xororó, um clássico nas festanças do advogado em todas as latitudes.

O anfitrião ainda declamou poemas e fez um discurso emocionado na hora de apagar as velas. "Como diz Fernando Pessoa, tudo vale a pena quando a alma não é pequena. Na terra do poeta, eu pratiquei o socialismo das ideias e dos afetos. Bem-vindos ao meu delírio."

Com texto da Folhapress