Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Professores da Escola Estadual Agrícola de Arraias (TO) e extensionistas do Ruraltins visitam Embrapa Aquicultura e firmam parcerias




Professores da Escola Estadual Agrícola David Aires França de Arraias e Extensionistas Rurais do RURALTINS visitaram em 17/08, a EMBRAPA Aquicultura e Pesca em Palmas. 

O objetivo da visita foi estabelecer parcerias com a instituição de pesquisa visando a implantação de Unidades Demonstrativas na Unidade Escolar. 

A equipe foi recebida pelos Pesquisadores Carlos Magno (chefe da unidade) e Gustavo Campos, que demonstraram a importância do interesse da Unidade Escolar (UE) nas pesquisas realizadas pela EMBRAPA Aquicultura e Pesca.

A equipe discutiu dentre outros assuntos a participação da (UE) na Rede RENIVA, que concentra as pesquisas realizadas pela EMBRAPA com a cultura da mandioca no país. 

O interesse pela mandioca vem da importância socioeconômica que ela tem nas inúmeras Comunidades Rurais (quilombolas e Assentamentos), locais de origem dos alunos da UE. 

Na visita foi acordada a implantação na Escola Agrícola de Arraias de uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) de mandioca, visando experimentar e distribuir materiais de propagação (manivas) para a região. A URT será conduzida em parceria com o RURALTINS Arraias.

Além das orientações técnicas prestadas pelo pesquisador Gustavo Campos a EMBRAPA disponibilizou algumas variedades de mandioca para fazer parte do experimento que será implantada ainda esse mês.

Para o Professor e Engenheiro Agrônomo Armado Fernandes essas variedades tem o potencial de aumentar a produtividade da mandioca na região, considerando que a mandiocultura é uma das principais fontes de renda das Comunidades Rurais do Sudeste do Tocantins e Nordeste de Goiás. A URT agregará também algumas variedades cultivadas pelos Quilombolas de Arraias e Monte Alegre de Goiás.

Segundo a Diretora Veronice Costa, as parcerias com instituições como a EMBRAPA e RURALTINS facilita a diversificação das Unidades Demonstrativas implantadas na UE, e consequentemente promove avanços significativos no aprendizado dos Estudantes do Curso Técnico em Agropecuária. 

Dentre as mudanças planejadas para 2018 consta o aumento das Unidades Demonstrativas com vistas na melhoria da formação profissional dos alunos, explicou a Diretora.

Participaram da visita a Diretora Veronice Costa e os Professores Armando Fernandes, Lucivânio Borges e Valmir Crispim, além dos Extensionistas Rurais José Marco Dinalo, Juvenil Nascimento e o Agricultor Edivânio Ramalho.

Com informações da Escola Estadual Agrícola David Aires França

Nenhum comentário:

Postar um comentário