Banner 1

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Entidades repudiam assédios sexual e moral praticado pelo deputado Wladimir Costa contra jornalista



Nós, jornalistas do Distrito Federal, viemos a público rechaçar a conduta antiética, misógina, machista e racista do deputado Wladimir Costa (SD-PA) contra a jornalista Basília Rodrigues, da CBN. 

Na noite do dia 1º de agosto, durante o exercício da profissão, Basília foi assediada sexual e moralmente pelo parlamentar.

A jornalista expôs o fato em sua página no facebook. O relato foi intitulando como “Um ensaio sobre a idiotice”. 

A repórter afirma que questionou se a tatuagem em homenagem ao presidente Michel Temer era de verdade e se o deputado poderia mostrar a imagem. Em resposta, Wladimir disse: “Pra você, só se for o corpo inteiro”.    

Basília também relata que o deputado em questão, ao ser indagado novamente, fez outras colocações e até mesmo gestos, ambos muito desrespeitosos. 

Para além disso, os atos foram presenciados pelos jornalistas e deputados que estavam no local, colocando a profissional em uma situação bem delicada e vexatória (Confira o relato completo aqui).         
        
Mesmo diante de um período questionável, do ponto de vista dos direitos e representações, faz-se necessário que situações como esta sejam expostas e veementemente combatidas. 

O teatro criado tendo personagens políticos bizarros como protagonistas não podem ultrapassar os limites mínimos para uma relação respeitosa, entre políticos e profissionais da imprensa.

As mulheres jornalistas, em especial as negras, já estão submetidas a uma série de desigualdade e violências, dentro e fora das redações, que demandam de toda a sociedade atenção redobrada, ainda mais quando se trata de uma cobertura política de interesse público. 

Solidarizamo-nos à jornalista, que tem uma atuação destacada na cobertura política em Brasília, e nos colocamos à disposição para dar suporte jurídico, caso ela assim o queira.

Fonte: Sindicato dos Jornalista do DF 

Um comentário:

Carlos Mackalister disse...

Péssimo exemplo de um ser que se acha acima de tudo até mesmo, da insanidade.
Carlos Mackalister
Blog Sim Nós Podemos!!!!