Banner 1

Banner 1

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Artigo: 1º de Setembro - dia do professor de educação física



O dia do professor de Educação Física, originalmente, era celebrado no dia 15 de Junho. Porém, com a regulamentação da profissão, através da Lei Federal 9.696/98 e a criação dos Conselhos Estaduais e Federal, no dia 1º de Setembro, a comemoração foi transferida para esta data. 

A essência da Educação Física (EF) é o movimento, talvez por essa razão ela sempre esteve presente nas nossas vidas, desde os tempos das cavernas. Até mesmo por questão de sobrevivência: nadar, correr, saltar, lutar.

O meio escolar, tem sido o local mais fértil, para os avanços e retrocessos, o professor assumiu o papel de educador físico, deixando de atender as necessidades da formação geral do ser humano, passando a procurar talentos esportivos. 

Educamos com o corpo e não educamos o corpo, a uma diferença.
A ciência que trata do movimento incluiu o esporte dentre suas responsabilidades. 

Podemos trabalhar a inclusão social focando as pessoas portadoras de necessidades especiais. 

O esporte, de uma forma geral foi dignificado pelos gregos, deformado pelos romanos, esquecido na época medieval e alavancado por COUBERTIN, porém atualmente está sendo transformado em objeto de propaganda política, e aí a utopia humanista, que considera o esporte capaz de colaborar com uma sociedade mais digna, fraterna e o homem, mais humano, aos poucos vai se perdendo.

O profissional de Educação Física estuda várias disciplinas relacionadas à sua área, como sociologia, biologia, anatomia, direito esportivo, educação física adaptada, entre outras, mas no âmbito escolar, vê impedido de ministrar outras atividades que não sejam o futebol, o voleibol, handebol, basquetebol. 

Na escola, trabalhamos com a formação do cidadão, atleta é consequência. 

O campo de atuação dos profissionais de Educação Física cresceu bastante nos últimos anos. 

A gestão esportiva, ganha espaço a cada dia, trabalhos com programa de combate a obesidade para crianças e adultos estão sendo desenvolvidos, a Ginástica Laboral, Pilates, a preparação física de atletas , tornou-se mais específica.

Mesmo com muitas dificuldades, os portadores de necessidades especiais já ocupam espaço. 

O trabalho de prevenção aos males da sociedade moderna é papel do profissional em Educação Física. 

No Brasil, através da elaboração de políticas publicas e vontade  política, o profissional de Educação Física terá um papel de suma importância para a resolução da questão social, na prevenção ao uso de drogas, na diminuição de atos infracionais, teremos uma Educação Física Escolar voltada para proposta pedagógica das escolas e nas series iniciais, entre outros benefícios. 

No Tocantins, um estado jovem, além dos já citados, pode contribuir na construção da nossa identidade, nos municípios em sua grande maioria são leigos que atuam e ai as gerações futuras e a sociedade estão em constantes riscos.

Oscar de Souza Alves Neto
Professor de Educação Física
Delegado Regional do SINPEF(Sindicato dos Professores de Educação Física do Estado do Tocantins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário