Banner 1

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Arraias (TO): cerca de 14 mil famílias esperam por moradia popular no Tocantins


Cerca de 14 mil famílias estão na fila de espera por moradias em Palmas. Na capital há conjuntos habitacionais que começaram a ser construídos há dez anos, mas ainda não foram concluídos. 

O município diz que entregou 144 moradias em 2017 e até dezembro vai finalizar mais 600 unidades.

Divina Cláudia está inscrita em um programa de habitação há 10 anos. Ela conta que foi avisada pelo município de que foi contemplada, mas a moradia nunca saiu. Ela até chegou a fazer parte de um movimento de ocupação no Jardim Taquari.

"Eles dizem que eu fui contemplada só que desse tempo para cá e só enrolando. E meu cadastro ainda está como emergência", afirmou.

A falta de moradias não se resume a capital. Em 2013, o déficit habitacional em todo o estado era de 70 mil. 

O setor responsável pela habitação no Estado não tem dados atualizados. "Nós estamos trabalhando no sentido de viabilizar e amenizar a situação habitacional do estado", disse o subsecretário de habitação Jorge Mendes.

Obras de habitação estão atrasadas em pelo menos 15 municípios do Tocantins. Apesar disso, o responsável diz que as construções estão em andamento. 

"Nós vamos entregar ainda este ano, 30 unidades sem Arraias, tem outras 80 em fase de conclusão em Darcinópolis. Além de mais alguns municípios em que estamos iniciando."

Na capital, a demora para finalizar as obras em um conjunto habitacional no Taquari, na região sul da cidade, é tão grande que até a placa com informações do serviço apagou e rasgou. Essas unidades deveriam ter sido entregues ainda em 2015.

O local chegou a ser ocupado por famílias que cansaram de esperar a entrega dos imóveis. Elas foram retiradas por ordem judicial e mesmo assim não há uma data de quando as obras serão finalizadas. 

Nesta segunda-feira (7), o grupo foi encaminhado para um lote do estado também no Setor Taquari.

Outro lado

O secretário de Habitação de Palmas, Wesley Fraga, disse que a prefeitura está retomando a construção de 400 unidades. 

"As obras estão em grande volume de execução. Estamos entregando esse ano 512 unidades habitacionais na 604 Norte. 

Vamos entregar até dezembro mais 120 unidades na 1.306 Sul."

O secretário afirmou ainda que está preparando licitação para mais 400 unidades.

fonte: G1

Nenhum comentário: