Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Tenente do Exército morre no hospital após ser esfaqueado por cabo, dentro de quartel



O 1º tenente do Exército Brasileiro Demétrio Gomes de Jesus morreu após ser ferido com arma branca por outro militar, no quartel da 4ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada, em Jardim, a 233 km de Campo Grande. 

A reportagem apurou que ele foi ferido com pelo menos 8 golpes de faca.

O caso ocorreu por volta de 10h30 de hoje (12) e foi comunicado no início da tarde desta quarta-feira pelo serviço de comunicação social da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, que fica em Dourados. 

Inicialmente a Brigada informou que tinha sido ontem, mas depois corrigiu a informação.

Em nota à imprensa, o Exército informou Demétrio de Jesus, que era natural da Capital, foi levado para o hospital municipal de Jardim, onde se encontrava em estado grave, mas estável, aguardando remoção aérea para Campo Grande. 

Um helicóptero foi acionado para levar o militar a Campo Grande, mas quando chegou a Jardim o tenente já tinha morrido. 

O Exército não divulgou mais detalhes sobre o caso, como o nome do outro militar, as circunstâncias em que o tenente foi ferido e qual tipo de arma branca foi usada. 

Também não informou se o outro militar foi detido. Informações não oficiais afirmam que os ferimentos ocorreram durante uma briga entre os dois militares e que Demétrio teria levado facadas inclusive na cabeça.

“A organização militar está prestando todo o apoio às famílias dos militares envolvidos e tomando todos os procedimentos cabíveis quanto à apuração dos fatos. Demais esclarecimentos serão prestados oportunamente”, diz a nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário