Banner 1

domingo, 4 de junho de 2017

Homem é preso por bater e estuprar sua própria mãe, em Alto Paraíso de Goiás



A Polícia Civil (PC) de Goiás divulgou neste fim de semana a ocorrência de um gravíssimo crime em Alto Paraíso Goiás, nordeste do estado. 

De acordo com os agentes, nesta sexta-feira (2), após 20 horas de incansáveis perseguições, a Delegacia de Polícia Civil de Alto Paraíso de Goiás conseguiu capturar e prender um homem de 30 anos.

Ele foi acusado de agredir violentamente sua mãe, uma senhora de 68 anos, causando-lhe até um traumatismo craniano. 

De acordo com as informações da PC, o agressor é usuário de crack.

Segundo a própria vítima, o acusado também a estuprava constantemente, de maneira violenta, há aproximadamente 4 anos. 

Além dos reiterados estupros sofridos pela vítima, mãe do autor, a idosa era constantemente agredida. 

O companheiro da vítima, um idoso de 64 anos de idade, chegou a presenciar alguns dos estupros e agressões, mas nada podia fazer em defesa da vítima, por temer represálias por parte do autor, além de estar com a saúde debilitada.

Ainda de acordo com a Polícia Civil de Alto Paraíso de Goiás, o companheiro da vítima relatou também que era obrigado a dormir todos os dias no mato, após ser espancado, para que o autor pudesse agredir sua companheira no interior da residência e estuprá-la, como fazia corriqueiramente após drogar-se. 

O crime, bárbaro e repugnante, causou grande comoção e revolta na região da Chapada dos Veadeiros. 

O Delegado de Polícia responsável pelo caso, José Antônio Sena, elogiou o empenho incondicional do Agente de Polícia Jorge Luis Borges, Divino Nazaro Couto, e do Servidor Alisson Barbosa Paulino, que conseguiram localizar e prender o acusado. 

2 comentários:

Unknown disse...

Isso não é gente! Isso é um monstro maldoso e merece sentir na pele tudo que a pobre senhora sentiu..um miserável cruel.

rama mesquita disse...

Põe o nome é a cara desse monstro!!!Ele é menor???Não dá pra entender!!!