sexta-feira, 30 de junho de 2017

Vídeo: aqui o "bebê" chora e mamãe não vê. Embarque e desembarque de viatura em movimento



Uma lenda brasileira: tetracampeão mundial individual de Pentatlo Militar, Bandeira se despede do Exército





No último dia 26, uma solenidade  marcou a despedida do capitão Ribamar Juvino Bandeira, tetracampeão mundial individual de Pentatlo Militar.

Bandeira é um velho amigo da caserna, uma  lenda viva, mas pouco reconhecido no país, a não ser dentro do Exército.

Ele deixa o serviço ativo após mais de 30 anos de carreira.

O então sargento Bandeira ganhou renome internacional como desportista militar, com inúmeras conquistas no Pentatlo Militar, desde seu primeiro título, em 1984.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante da 7ª Região Militar, em Recife, General José Luiz Jaborandy e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Bandeira conquistou 15 campeonatos brasileiros individuais e por equipe e foi 18 vezes campeão do Pentatlo Militar das Forças Armadas.

Desde seu primeiro título individual e por equipe no Sul-Americano, em 1984, até o ano de 2000, o desportista não deixou de participar de sequer um campeonato desse nível, seja individual ou por equipe.

Até hoje, já foram 19 participações em Campeonatos Mundiais do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM), e o desportista militar sagrou-se campeão individual por quatro vezes: 1985, 1987, 1988 e 1989.

Ele também participou de cinco das sete edições de Mundiais, nas quais o Brasil sagrou-se campeão mundial.

Você fez história, meu amigo. Foi uma honra ladear o cotidiano da caserna com você.  

Marcas de uma lenda 

- 5 vezes campeão mundial por equipe em 1985, 1987, 1990, 1991 e 1994
- 8 vezes campeão sul-americano individual
- 20 vezes campeão brasileiro por equipe
- atual recordista sul-americano individual com 5.498,9 pontos em 1985 e por equipe, com 21.661,7 pontos, em 1984
- atual recordista brasileiro das provas de tiro com a marca de 199 pontos, em 1991, e lançamento de granadas com a marca de 201,1 pontos, em 1991, e recordista por equipe com um total de 21.936,8 pontos, em 1991.



Mãe matou próprio filho de 2 anos em fogueira


Suspeita de matar o próprio filho de apenas dois anos, Adriana Coutrim Moreira confessou, em depoimento na manhã desta sexta-feira (30/6) à Polícia Civil do Estado de Goiás, que jogou a criança viva em uma fogueira.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Ronaldo Pinto Leite, a mulher contou que estava limpando o quintal no fundo da fazenda em que mora, em Piranhas (a 310 km da capital), quando o garoto começou a chorar e “pirraçá-la”.

Ao tentar controlar a situação, ela alega ter visto o rosto do pai biológico do menino e, por isso, ficou transtornada. 

Colocou o garoto sentado em um tronco de árvore próximo ao local onde havia juntado o monte de folhas. Jogou álcool e ateou fogo no entulho.

A criança continuou dando birra e, segundo ela, começou a lhe bater, dando tapas. Neste momento, a mulher diz ter ficado “cega de raiva” e atirou o menino na fogueira. 

Queimando, ele começou a gritar e saiu correndo. A mãe, então, o agarrou e jogou novamente no fogo; Dessa vez, para garantir que ali ficasse, pressionou um cabo de vassoura contra o pescoço da vítima, que logo veio a óbito.

Adriana Coutrim Moreira teve a prisão temporária decretada por 30 dias e será indiciada por homicídio duplamente qualificado.

Com informações do Jornal Opção 

Chapada dos Veadeiros: um paraíso também durante o inverno


Quem acha que a Chapada dos Veadeiros (GO) é destino apenas na época do calor se engana completamente. 

Programas de inverno, que podem ser curtidos principalmente a dois, estão cada vez mais fortes na programação da região nesse período das férias de julho. 

O roteiro da temporada pode ir muito além das cachoeiras e contar com opções de degustação de vinho, uma noite aquecida por uma bela lareira e receitas quentes exclusivas, tudo para tornar o seu momento inesquecível.

Numa noite com sensação térmica que beira os 5o C, quem não gostaria de estar bem agasalhado para curtir, por exemplo, uma alta gastronomia harmonizada com rótulos de alguns dos melhores vinhos do mundo? 

Essa é uma opção de Alto Paraíso (GO), o portal de entrada da Chapada dos Veadeiros. 
No restaurante L’Alcofa, pode-se dizer que a adega e o cardápio são os pontos mais fortes da casa.

Apesar de ser localizado dentro da pousada-boutique Inácia, o restaurante é aberto ao público para o café da manhã, almoço e jantar. 

O local possui opções especiais para o inverno, como os incomparáveis risotos – a exemplo do confit de pato, risoto de codorna e o arroz de cordeiro, algumas das especialidades assinadas pelo chef italiano Giacomo Campodônico. 

Como sugestão, a casa oferece uma carta com mais de 200 rótulos, das mais variadas nacionalidades.

Com cerca de 20m2 de área climatizada, a adega possui garrafas premiada garimpadas por todo mundo, que variam de 80 a 60 mil reais, tornando o espaço um dos mais completos de toda a região. 

“Este é um dos grandes diferenciais. Usamos o bom vinho como uma espécie de ritual para o início de uma boa conversa e para aproveitarmos ainda mais a nossa gastronomia”, conta Gabriela Alcoforado, proprietária do local.

Para quem preferir, há ainda opções de bruschettas, carpaccio, steak tartar, massas frescas feitas na hora, lagostas e frutos do mar, filé-mignon, ou qualquer outra opção que é servida em louças alemãs, pratarias e antiguidades do século XIX. 

“Não há regras dentro da cozinha. Aqui, você pode pedir o que quiser e será servido de maneira especial”, arranha o chef em português.

Se for o caso, o cliente pode ainda optar por esticar a noite ao solicitar que a refeição seja servida nos próprios chalés da Pousada Inácia. 

Luxuosos, os quartos possuem estrutura além do conforto do dormitório: há mesas de jantar para casal, louçaria exclusiva e um ambiente completamente aconchegante, com direito a lençol de algodão egípcio 400 fios, área isolada termicamente, aquecimento solar individualizado nos banheiros e ainda mini-lareiras na área externa, para que a imensa vista para o Morro da Baleia seja ainda mais aproveitada.

Os viajantes que forem em grupo podem curtir juntos a lareira maior instalada na área de lazer, próxima às piscinas e ao spa. “Preparamos tudo como se recebêssemos amigos em nossa própria casa”, orgulha-se Gabriela Alcoforado, proprietária do local.

A área molhada e a de lazer da propriedade é toda aquecida com tecnologia sustentável. 

Aliás, a preocupação dos proprietários é justamente oferecer conforto aos usuários, sem que prejudique de alguma forma o santuário natural da Chapada dos Veadeiros. 

Não estranhe, por exemplo, se acordar ao som das extrovertidas araras-canindé, umas das vizinhas mais presentes na região onde está localizada a pousada.


Sobre o chef

Giacomo Campodônico é formado pela Escola Internacional de Comida Italiana (Alma), em Parma. Ele carrega na bagagem a experiência vivida nos restaurantes do Hotel Splendido, de Portofino, e Zefferino, de Genova, e tornou-se chef do Ulivo, em Barassi.

SERVIÇO


Pousada boutique Inácia / Restaurante L’Alcofa

Alto Paraíso de Goiás (Chapada dos Veadeiros)

Reservas e informações: pousadainacia@pousadainacia.com.br

Telefone: +55 (62) 99908-0895

Instagram: @pousadainacia

Facebook: /PousadaInaciaa

Fonte: Assessoria

Procon fiscaliza 24 postos de combustíveis do Nordeste Goiano


O Procon Goiás executou uma operação de fiscalização em postos revendedores de combustíveis dos municípios de Água Fria de Goiás, Alto Paraíso de Goiás, Campos Belos, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Planaltina e Teresina de Goiás, municípios localizados no Nordeste do Estado de Goiás.

Durante a diligência foram fiscalizados 24 postos de combustíveis, dos quais 16 foram autuados por desrespeito ao direito de informação (Informação incorretas quanto à diferença em percentual entre etanol e gasolina, falta de informação relacionada à Lei do Troco, informação do preço dos combustíveis de forma incorreta).

Na oportunidade, foram coletadas 16 amostras de combustíveis, das quais oito foram deixadas em poder dos estabelecimentos comerciais como contraprova e as demais encaminhadas ao Laboratório Lames da Universidade Federal de Goiás, para análise da qualidade dos produtos.

Falta transparência no site da prefeitura de Monte Alegre (GO), diz leitor e cidadão


Sr Dinomar, 

Gostaria se possível, publicar sobre a falta de transparência no site da prefeitura de Monte Alegre de Goiás. 

Não conseguimos encontrar informações sobre nenhum contrato feito entre prefeitura e as empresas que prestam serviços a ela. 

Fora as diárias que são lançadas, mas também não são detalhadas. Aliás, estão fazendo uma farra com as diárias.

É impressionante como os vereadores não tomam nenhum posicionamento sobre isso. 

Os vereadores de Campos Belos encontraram irregularidades no contrato entre a prefeitura e a empresa Actio, que presta serviço de manutenção dos sistemas e computadores, estão investigando. 

Essa empresa também tem contrato com a prefeitura de Monte Alegre e já teve problemas judiciais por serviços prestados a prefeitura de Nova Roma. 

Não estou querendo fazer uma denúncia, é apenas chamar a atenção quanto a falta de transparência da prefeitura. Estão todos reclamando.

Vídeo do Dia: o pequeno Artur precisa de sua ajuda para ter uma melhor qualidade de vida



A maior fogueira da região é para queimar de verdade

 


A maior fogueira da região já está montada.

A obra de arte, conhecida carinhosamente como "fogueira do Chiquim", fica na zona rural de Combinado (TO), é tradição, e todos os anos atrai umaa multidão. 

A fogueira tem 12 metros de altura e é queimada para valer.  

A festa junina ocorre neste sábado, no povoado R2, com show e muito forró do cantor Darley Junior. 

Entrada na festa é franca.

"Chiquim da Caixa d'água" promete botar fogo na danada na noite de amanhã. 

quinta-feira, 29 de junho de 2017

De Arraias (TO): Chapa vencedora conquistou 5.762 votos. Sandramara Matias é a vice-reitora


Representantes da chapa 4, Edward Madureira e Sandramara Matias, são os novos reitor e vice-reitora da Universidade Federal de Goiás (UFG). Eles foram eleitos na manhã desta quinta-feira (29), com 5.762 votos.

Madureira, que já foi reitor da UFG entre 2006 e 2013, deve assumir o cargo em 2018, com mandato até 2022.

Madureira foi reitor da UFG entre 2006 e 2013, época da aplicação do Reuni, investimento do Governo Federal de mais de R$ 120 milhões apenas na Federal de Goiás, quando a universidade expandiu tanto fisicamente quanto no número de professores e estudantes.

Em entrevista ao O POPULAR na época da disputa,  ele ressaltou, no entanto, que mesmo com o Reuni sempre articulou parcerias para novas formas de financiamento com o Governo Estadual e a Prefeitura Municipal, por exemplo.

Além também foi diretor da Escola de Agronomia no final da década de 1990, quando as situações financeira das universidades federais eram ainda mais precárias. “O gestor não pode pensar que vai se contentar com a situação que está colocada, seja ela boa, seja ela ruim”, afirma.

O segundo lugar ficou com Luiz Mello e José Alexandre, com 2.647 votos. O terceiro foi Reginaldo Nassar e Neucírio Ricardo com 888 votos e por fim Romualdo Pessoa e Leandro Oliveira com 364 votos.

Fonte: O Popular

Corrupção no governo e o silêncio absurdo das ruas de um grande país da América Latina


O presidente da República Federativa do Brasil, um país continente da América do Sul, identificado como Michel Elias Temer Lulia, de 76 anos de idade, foi flagrado recebendo um grande empresário do país, há cerca de dois meses, às 11 horas da noite, visita sem constar da agenda oficial do órgão. 

O empresário gravou às escondidas toda a conversa entre ele e o presidente daquele país, que é um dos maiores do mundo e também um dos mais corruptos do planeta. 

Na conversa gravada pelo empresário, que depois se entregou à polícia local, dizendo que era acostumado a corromper políticos e agente públicos, Michel Temer pede para ele entregar malas de dinheiro a um deputado federal, como propina paga para uma intervenção em um órgão estatal que estava atrapalhando a vida do empresário. 

Seria entregue, de acordo com o empresário, R$ 38 milhões em propinas, em 20 anos.

O presidente do Brasil disse na gravação que o deputado era homem da sua mais inteira confiança.

Dias depois, o deputado foi filmado e depois preso pela polícia local com uma mala de dinheiro com meio milhão de reais. Seria a primeira prestação. 

A procuradoria desse país da América do Sul abriu uma investigação e depois denunciou o presidente do país junto à Suprema Corte. 

Mas para ser processado e julgado pelo roubo do dinheiro público, a Suprema Corte precisa de autorização da Câmara dos Deputados, por uma maioria de dois terços. 

Parece que o presidente tem essa maioria no Parlamento para barrar o processo, que também é cheio de autoridade acusadas de corrupção, inclusive de receber propina desse mesmo empresário.

Há grande chance do mandatário quase octogenário não ser denunciado e continuar governado o país. 

Agora Michel Temer, uma turma de políticos, de advogados e até de ministro da Suprema Corte estão fazendo de tudo para tentar melar a maior investigação já feita naquele país, conhecida como Lava-Jato, para combater a corrupção sistêmica, que já condenou dezenas de políticos, empresários e está processando até ex-presidentes da República. 

Os prejuízos dessa desenfreada corrupção nos últimos dez anos já passa dos 100 bilhões de reais. 

Dinheiro público roubado do povo através dos impostos e depois repassados aos esquemas através de várias maneiras, às custas da pobreza e miséria dessa mesma população. 

O presidente do Brasil, Michel Temer, declarou guerra a essa operação de corrupção e diz que tudo é mentira, invenção da polícia, da procuradoria e de uns juízes metidos a salvadores da pátria. 

A sociedade do país, que tem cerca de 200 milhões de pessoas, há bem pouco tempo estava indo para as ruas para apoiar a Lava-Jato. 

Hoje, não se sabe porque, está em casa, caladinha, sem nada fazer. 

Jornalistas de outros países ainda não conseguimos entender o porquê de tanto silêncio e da passividade dessas milhões de pessoas, que são as verdadeiras vítimas dessa roubalheira e continua subjugada sem qualquer escrúpulo.  

É quase inexplicável. 

Estaremos aqui de olho para saber o desenrolar dessa novela épica e trágica daquele grande país da América Latina.

País das fraudes: PF apura desvios de recursos em programas de financiamento rural em Goiás


Polícia Federal deflagrou na manhã da última quarta-feira (28), em Goiás, uma ação que visa combater desvios de dinheiro público em programas de financiamento rural. 

A operação, batizada de "Fundo Falso", foi iniciada a partir da delação de um gerente do Banco do Brasil. Os crimes teriam ainda a participação de outros servidores do banco. 

O prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 100 milhões.

Em nota enviada à imprensa, o Banco do Brasil informou que "adotou todas as providências administrativas e judiciais inerentes ao caso". Ainda conforme o comunicado, os desvios "foram detectados durante processo de investigação interna, imediatamente informado à autoridade policial".

O Banco disse ainda que, durante a apuração interna, "um funcionário respondeu a inquérito administrativo e foi demitido por justa causa em julho de 2016".

Conforme a PF, cerca de 80 policiais estão nas ruas para cumprir 70 mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva e um de busca e apreensão contra um ex-gerente do banco. Outros 68 são de condução coercitiva. Eles foram expedidos pela 11ª Vara Federal de Goiânia

A operação foi solicitada pelo próprio Banco do Brasil e é coordenada na cidade de Anápolis, a 55 km de Goiânia. Além do município e da capital, os agentes também atuam em Itaberaí, Gameleira de Goiás e Silvânia.

De acordo com as investigações, os recursos foram desviados, entre 2014 e 2015, de programas do Fundo de Apoio ao Trabalhador Rural (Funrural) e do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO).

Em nota enviada ao G1, a Superintendêcia do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), que cuida do FCO, disse que acompanha o caso com "vivo interesse" e que vai aguardar o final da apuração para "ter uma posição definitiva sobre providências a serem adotadas pela Sudeco no campo dos usuários do FCO".

Já a Previdência Social, responsável pelo Funrural, disse que o programa foi extinto pela Lei nº 8.213, de 1991.

O G1 entrou em contato com a PF novamente sobre a questão e aguarda retorno.

Fraudes

Segundo a PF, o crime consistia em fraudes na aprovação de financiamentos ilegais, nos quais áreas sobrepostas e terras em duplicidade eram dadas como garantia. 

A partir disso, eram obtidas liberações de dinheiro para fins ilegais.
Na residência do gerente do banco, foram encontrados 5 cheques no valor de R$ 35 mil, oriundos de beneficiários dos empréstimos.

A verba, que deveria ser utilizada no fomento à atividade agropecuária, segundo a PF, era desviada para a aquisição de produtos do próprio Banco do Brasil, como Seguro Ourocap, e pagamento de empréstimos.

Os envolvidos podem responder por estelionato qualificado. A pena prevista é de 5 anos em caso de condenação.

Fonte: G1

Secretaria de Saúde leva programa Ação de Saúde Bucal ao Barreirão (GO)




O governo do município de Campos Belos, através da Secretaria de Saúde, promoveu na quarta-feira, 21, mais uma ação para a melhoria da saúde na comunidade.

A ação foi realizada no Povoado do Barreirão, que recebeu importantes orientações através do programa Ação de Saúde Bucal.

Profissionais da secretaria municipal de saúde destacaram aos alunos e familiares presentes, de modo teórico e prático, a importância de se fazer uma boa escovação e ter acompanhamento de um Odóntologo (dentista) pelo menos duas vezes ao ano.

Os moradores do Povoado do Barreirão puderam também assistir  palestras ministradas pelo dr. Jobe e por agentes de saúde do município.

Isadora adormeceu


Eu estava em um policiamento do evento que aconteceu no Quilombo Kalunga localizado município de Monte Alegre – GO. Tratava-se do tradicional festejo de São João.

No momento em que o Sr Mochila, avô da Isadora, foi usar a palavra com o microfone ela chorava copiosamente talvez um pouco assustada com a grande movimentação daquele festejo.

Resolvi oferecer colo à pequena Kalunguinha para que seu avô pudesse falar ao microfone e ao mesmo tempo para acalmá-la. Neste momento o meu instinto paterno sobrepôs a missão policial.

Ela foi se acalmando imediatamente quando a coloquei no colo, deitou-se em meu ombro e em poucos segundos estava dormindo um sono tranquilo. Com as mãos nas costas da criança pude sentir seu coraçãozinho se desacelerando enquanto ela se ajeitava buscando cada vez mais conforto nos meus braços.

Este simples fato de conceder o colo para aquela criança roubou a cena, pois nos dias de hoje em meio a tanta violência, foi marcante para muitas pessoas ver um policial fardado de *PRETO* oferecendo e concedendo colo para aquela criança. Mas foi marcante pra mim também, ver que aquele bebê descansou confiando totalmente em meus braços mesmo não sendo eu o seu pai.


Este momento fortuito me trouxe uma grata reflexão:

Muitas vezes, equivocadamente a alguns da imprensa e até mesmo outros seguimentos da sociedade tentam vender a imagem de uma polícia agressiva e truculenta. 

Em muitas ocorrências é impossível sermos deleitáveis, uma vez que faz parte da nossa missão evitar que o caos se instale e para isso as vezes é necessário usarmos a força. 

Mesmo sendo enérgicos quando preciso, nosso objetivo é sermos uma polícia protetora, que o cidadão vê e sente paz em sua presença, mas infelizmente existe um ditado popular que diz “rejeitado quando vistos e aclamados quando longe”.

Mas por hoje, fico com a imagem da criança que nem sabe quem sou, mas “sentiu” a proteção e o afago de quem lhe queria fazer o bem. 

A *Polícia Militar* é assim, muitas vezes por um momento de desespero e stress da sociedade, é aquela que aparece e consegue estabilizar crises e devolver a paz utilizando -se  de seu “papel quase que paternal” para uma sociedade cada vez mais órfã de quem realmente deveria cuidar dela.

Quando a polícia aparece o cidadão de bem descansa aliviado. (*Na Polícia Militar você pode confiar*)

Sargento Leandro Menino (COD – Comando de Operações de Divisas)

De Campos Belos: Natal acerta com o Goiânia, no seu primeiro contrato profissional


Um jovem camposbelense, promessa do futebol profissional, em reconhecimento ao seu talento dentro de campo, acaba de assinar contrato com o time do Goiânia, na capital do estado. 

Natal, que tem 18 anos, é de longe a melhor revelação no time do Goiânia em 2017, e fez o contrato com o time agora no último dia 27.

O boleiro é filho de Wanderlei Natal, de Campos Belos e de Monte Alegre, outro personagem bom de bola, mas do futebol amador regional.

O garoto também é sobrinho de "Waguinho Monte Alegre" outro crack do futebol regional. Aliás, foi o tio quem descobriu o talento de Natal e o levou para os testes, ainda com dez anos de idade.

Oito anos depois, parece que o tio olheiro acertou na aposta.

Natal é atacante e vai usar a camisa 11 do Goiânia. 

Vamos ficar de olho na carreira do garoto e torcer para que um dia ele possa vestir o nosso manto canarinho. Boa sorte, Natal. 




Monte Alegre (GO): crianças são as principais protagonistas da festa religiosa "Império Mirim de São João Batista"



Por Hilda Cordeiro de Oliveira, Confreira-ALANEG

A comunidade de Monte Alegre de Goiás, nordeste do estado, recebeu no último sábado (24), o Império Mirim de São João Batista. 

O evento, que não há registro de origem na Cidade, aconteceu com cortejo imperial pelo centro da cidade, acompanhado por romeiros e devotos de São João.

O Império e toda a liturgia da solenidade foram realizados por crianças, que tiveram cardápio e brinquedos específicos para esse público.

Protagonizaram o evento deste ano (2017) o imperador Matheus Ramos Cunha e Imperatriz Lavínia Cordeiro de Oliveira Fernandes, que registraram suas marcas nos anais dessa significativa expressão de devoção a São João Batista. 





Campos Belos: enquanto o morro pega fogo e ameaça residências, bombeiros distribuem boletos



Por Jefferson Victor, 

Esta semana fomos agraciados com a visita de duas viaturas do Corpo de Bombeiros de Posse. 

Primeiro entregaram notificação com a promessa de que posteriormente trariam os boletos.

Reconhecidamente a profissão de Bombeiros é uma das mais nobres. São pessoas com excelente formação em salvar vidas, e para isto não medem esforços em operações de salvamentos.

Mas alheios a essa finalidade, os que aqui chegam não são bem vistos, pois não estão salvando ninguém, pelo contrário, estão tirando da nossa comunidade valores que não estão retornando em forma de serviço.

Já publicamos inúmeras matérias sobre o assunto. 

Muitas vezes invocamos as entidades representativas para providências com relação a esta taxa, que segundo a lei é legal, mas da forma atual é no mínimo imoral.

Recentemente o Blog do Dinomar Miranda publicou matéria sobre com a indicação da implantação de uma unidade dos Bombeiros no município de Campos Belos. 

A notícia foi recebida com muita expectativa, porém ficou mais uma vez ficou na promessa.

Na reportagem, um oficial esteve na cidade em busca de terreno para construção do batalhão. Puro engodo, uma forma de mais uma vez enganar a população. Muita gente ainda se ilude com o famoso vamos fazer.

Se realmente houvesse a intenção, poderiam usar os galpões do antigo Crisa, onde atualmente funciona a sede da Polícia Militar no setor de Indústrias, há qualidades técnicas para uma improvisação, e o mesmo lote poderia ser usado para sede definitiva.

Coincidentemente, ontem, enquanto as bombeiros utilizavam pranchetas para preencher formulários e distribuir boletos, o morro da Vila Baiana ardia em chamas.

Populares em pânico tentando salvar as residências, já que o fogo estava descontrolado e os Bombeiros nem sequer foram lá instruir os moradores de como salvar seus pertences.

O descaso é prova evidente que não estão nenhum pouco preocupados com a comunidade, estão obstinados pela cobrança das taxas, afinal aqui existe centenas de empresas, e isto rende um bom dinheiro.

Não se pode culpar servidores que aqui vieram, pela cobrança indevida, certamente cumprem ordens de oficiais superiores, os quais certamente cumprem ordens do governador, a palavra de ordem é arrecadar.

Cidadãos isolados cobrando não surte o efeito desejado, isto é tarefa para lideranças políticas, Ministério Público e entidades representativas, unidos somam forças, é preciso foco e objetivos concretos, chega de esperar as coisas acontecerem ao acaso.

Enquanto existir um povo que aplaude políticos, e  aceita falsas promessas, e nada cobra, Vapt Vupt, asfalto de Divinópolis, água Rio Mosquito, novos cursos na UEG, aparelhamento da unidade UPA, e energia de qualidade, perpetuarão como instrumentos  de fazer política, e com isso nada muda, e o termo “Corredor da Miséria” estará sempre em evidência.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Atento busca operadores para 35 novas oportunidades de carreira em Goiânia (GO)


A Atento, maior provedora de serviços de gestão de clientes e terceirização de processos e negócios (CRM/BPO) na América Latina e uma das três líderes mundiais em seu setor, anuncia nesta semana 35 novas vagas de emprego na capital do estado de Goiás, Goiânia – contemplando o cargo de operador, na área de atendimento ao cliente. 

Não é necessário ter experiência anterior.

A Atento está à procura de profissionais que tenham segundo grau completo, bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos de informática e habilidade em digitação. Não é necessário ter experiência anterior.

Como benefícios, são oferecidos salário compatível com o mercado, vale-alimentação, vale-refeição, auxílio creche, auxílio criança especial, além de todos os benefícios CLT. 

Além disso, a Atento conta com parcerias com instituições de ensino em todo País, com descontos em cursos superiores, pós-graduação, MBA, escolas de idiomas e informática.

Os candidatos devem enviar, até 02 de julho, currículo ou e-mail com nome, cidade e telefone com DDD para recrutamento@atento.com.br. Mais informações podem ser levantadas por meio do telefone 0800 771 4014.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Forrozão em Arraias (TO)


terça-feira, 27 de junho de 2017

Vem aí o 8º Arraiá da Chapada


Começa nessa sexta-feira, cumpade e cumade.

Nosso Arraiá vai ter muita pipoca, muita canjica, muito forró, muita música boa, muita quadrilha e claro que você é nosso convidado especial!!

Será nos dias 30/06 e 01/07, a partir das 19 horas na Praça da Rodoviária.

Organização: Prefeitura de Alto Paraíso.

Cachaça artesanal é objeto de pesquisa científica do curso de Matemática, em Nova Roma (GO)





No último sábado, 24, a acadêmica Yeslla Brenda Teolina dos Santos, acompanhada por seu orientador, o professor Mário Ferreira do Nascimento Filho, deram início a aplicação do projeto de pesquisa Aplicações Matemáticas Na Produção e Comercialização de Cachaça Artesanal no Povoado Chapada, no Município de Nova Roma, nordeste de Goiás. 

O projeto que integra o Trabalho de Curso de Matemática tem por objetivo investigar o conhecimento matemático aplicado na produção de cachaça artesanal dos produtores familiares desta localidade, analisando como a ciência é aplicada, confrontando sua aplicação na consolidação da economia doméstica destes grupos familiares, dando ênfase ao estudo algébrico de funções marginais com aplicação de Cálculo Diferencial e Integral - CDI.

A acadêmica observará toda a cadeia produtiva da cachaça e, ao final da pesquisa, fornecerá aos produtores planilhas com a composição de custos, receita e lucro da produção, o que futuramente servirá como subsídio para que estes produtores possam buscar registro de seus produtos no Ministério da Agricultura, otimizando assim os resultados da produção artesanal de cachaça.

Colaboram com este projeto a princípio dois agricultores familiares, César Sousa, o Curió, produtor da Aguardente Curió que segundo ele teve sua produção iniciada com o pai no ano de 1975 e que fabrica em média 130 litros de cachaça/dia, e o senhor Alencar Sousa, que iniciou a produção de cachaça em maio deste ano produzindo em média 50 litros/dia.

Novo regulamento de TC de Matemática incentiva projetos inovadores no Câmpus

O curso de Matemática ofertado pelo Câmpus Posse está há 16 anos transformando a realidade da região nordeste goiano, contudo, mesmo com sua imponente presença, é perceptível a falta de projetos com aplicações fora do contexto escolar, com ações que realmente impactem na transformação social da comunidade em geral. 

Em conformidade com a missão institucional da Universidade Estadual de Goiás (UEG) prevista no Art.4º de seu estatuto, este estudo tem a premissa de "produzir e socializar o conhecimento científico e o saber, desenvolver a cultura e a formação integral de profissionais e indivíduos capazes de se inserirem criticamente na sociedade e promoverem a transformação da realidade socioeconômica da região, do Estado de Goiás e do Brasil" (Estatuto da Universidade Estadual de Goiás, 2014).

Foi diante da importante missão da Universidade que no ano de 2017 o Colegiado do Curso de Matemática aprovou mudanças pontuais nos Trabalhos de Curso (TC) observando as diretrizes gerais que norteiam os cursos de Licenciatura da UEG.

Atualmente são desenvolvidos 19 projetos cujos temas possuem relevância ímpar para a região e seus produtos subsidiarão transformações pontuais na sociedade e na economia desta região.

Texto e Fotos: (Mário Filho / Yeslla Brenda)

Leitora na bronca com escuridão de ruas


Dinomar Miranda, bom dia 

Quero te pedir para vc fazer uma reportagem sobre as ruas aí de Campos Belos, à noite principalmente.

Aquela rua do Arrepia, que a noite faz medo. Tudo escuro.  Eu já mandei um pedido para prefeitura, mais até agora não falaram nada porque eu acho que esse prefeito o mínimo que ele pode fazer pelas pessoas que confiaram nele né.

Não foi bem meu caso porque eu nunca confiei, mas ali naquela rua tem outros que confiaram sim.

Então prefeito, levanta dessa cadeira e vai olhar ok. 

O povo tá precisando porque é para isso que o povo ti paga e muito bem pago. Vc não disse que seria uma nova era? Mas será onde ela tá, porque até agora não ouvi falar sobre essa nova era.

Obrigada, dinomar e espero que vc vai lá tire umas fotos a noite é mostra aí pra o prefeito só assim ele vê ok tá acontecendo na cidade.

Homem morre após atropelamento em Campos Belos





Um homem morreu após ser atropelado por um carro, no início da noite desta segunda-feira (26), em Campos Belos, nordeste de Goiás. 

Segundo o Boletim de Ocorrência, registrado no sistema de segurança pública do estado, José Soares da Silva, de 50 anos, foi atingido por um Corsa, de placas KCI-3661, na Rua das Laranjeiras, no setor Industrial, bem em frente à Anderson Automóveis. 

Logo após a forte batida, a Polícia Militar e o SAMU foram acionados, mas os agentes públicos já encontram a vítima sem vida. 

Após isso, peritos do Instituto de Medicina Legal foram acionados para atender à grave ocorrência. 

Ainda de acordo com o registro, o motorista do carro, que não foi identificado, fugiu do local e não prestou socorro à vítima. 

Falta de sinalização 

Este é o momento para trazer à discussão às péssimas condições de sinalização de quase todas as vias urbanas de Campos Belos. 

Faixas de pedestres estão gastas por todo lado; placas inverteram o fluxo, dando preferência a ruas sem movimentos em face de avenidas, como o cruzamento da rua 7 de setembro com a rua Mariano Barbosa Júnior, já palco de muitos acidentes. 

Não estamos dizendo, por obvio, que a culpa por esse acidente de ontem foi a falta de sinalização, até porque só a perecia irá dizer as causas. 

Mas não podemos deixar de anotar que a falta de sinalização de ruas é um grave problema a ser sanado. 

Será que foi foi preciso ocorrer um grave acidente, para se tomar as providências?

Uma fonte, integrante do Conselho de Segurança Municipal, nos informou que o órgão, na Administração Executiva passada, fez inúmeros pedidos de se colocar quebra-molas naquela rua (Laranjeiras/GO-118) e nada foi feito. 

Em março do ano passado, um agrave acidente, envolvendo uma motocicleta e um veiculo gol, vitimou o Pastor Antônio, da Igreja Deus é Amor.

Segundo testemunhas, a motocicleta seguia pela GO-118 (Ruas das Laranjeiras), zona urbana, no sentido rodoviária, e ao tentar fazer uma convergência à esquerda, em frente ao lava- jato, na baixada da rodoviária, foi atingido pelo veiculo gol, que vinha sentido contrário.

Em maio, o Rotary Club de Campos Belos, em razão de frequentemente os moradores da cidade tem se deparado com acidentes de trânsito, inclusive com mortes no perímetro urbano da GO-118, tomou a inciativa de fazer uma campanha e enviou ofício à AGETOP (Agência Goiana de Transporte e Obras) solicitando a instalação de redutores de velocidade, as conhecidas lombadas, na rodovia.

Até hoje nada foi feito. 

Já Publicamos:


Assaltante do Banco do Brasil de Gurupi (TO) morre após troca de tiros com a Polícia Civil




Na manhã do último domingo, 25, a Polícia Civil do Estado do Tocantins, por meio das equipes da DEIC SUL, DEIC NORTE e DENARC, diligenciou até a cidade de Parauapebas – PA a fim de dar cumprimento à mandados de prisão em desfavor de envolvidos no roubo ao Banco do Brasil ocorrido no dia 11 de junho, na cidade de Gurupi.

Durante a ação policial, que contou com o apoio da Polícia Civil e Militar do Estado do Pará, o criminoso Valdir Fabriciano Duque, vulgo “Tarzan”, entrou em confronto com os policiais efetuando disparos de arma de fogo, sendo necessário o uso da força para fazer cessar a agressão. 

Em seguida “Tarzan” foi socorrido ao hospital local, no entanto não resistiu aos ferimentos.

Uma mulher, identificada como Escarlet Lagares Farias, de 24 anos, e um homem, que não teve o nome divulgado, também foram presos na ação.

Foram apreendidos uma pistola Glock, calibre 9mm, com dois carregadores e vasta munição; um revólver calibre .38; R$ 5.200,00 em espécie; aparelhos celulares; roupas e calçados semelhantes aos usados pelos criminosos que cometeram o referido roubo; dois pacotes de elásticos comumente utilizados para prender grandes quantias em cédulas; vários envelopes do Banco do Brasil; ataduras e dois veículos.

Segundo a Polícia Civil, as diligências ainda não se encerraram, razão pela qual a resenha na íntegra será fornecida amanhã.

São Domingos (GO): Câmara de vereadores rejeita projeto municipal da Ficha Limpa


A Câmara Municipal de Vereadores de São Domingos, no nordeste goiano, rejeitou o projeto 003/2017, que implantaria a ficha limpa no município.

O projeto foi rejeitado pela maioria dos vereadores. 

Cinco deles votaram contra o projeto de lei e apenas três foram favoráveis à ficha limpa.

O projeto de autoria dos vereadores Jailson Gomes e Odair José, instituía a ficha limpa municipal na nomeação de servidores a cargos comissionados para a administração direta (Prefeitura e Câmara Municipal) e na administração indireta (Autarquias, empresas públicas e de economia mista e fundações públicas).

A lei previa a proibição à nomeação de pessoas que havia sido responsabilizado ou condenado pela prática de infração penal, civil ou administrativa nas situações que, descritas pela legislação eleitoral, configurem hipóteses de inelegibilidade.

O município também ficaria proibido de contratar empresas cujos proprietários, sócios e diretores tenham sidos declarados inelegíveis.

A pergunta é: em que mundo estão vivendo esses nobres parlamentares?

Não estão testemunhando a luta incansável da sociedade por mais moralidade no serviço público?  

Não estão assistindo, como todos nós, esse momento histórico que o país atravessa, inclusive com um presidente da República denunciado por corrupção?

Querem perder o bonde da história?

Com informações de Antônio Carlos 

segunda-feira, 26 de junho de 2017

UEG Campos Belos abre as portas da Universidade para curso de verão



Teve início no ultimo dia 24 de junho o Curso Básico de Espanhol e Intercâmbio Cultural Latino-americano oferecido pela UEG Câmpus Campos Belos aberto à toda a sociedade local.

Ministrado pelo professor Rafael Rojas, o curso pretende caminhar sobre duas vertentes principais. 

Na primeira delas, tratará da capacitação na própria língua espanhola, permitindo ao estudante adquirir “competência linguística razoável a lhe permitir, por exemplo, realizar uma viagem pelos países da América, em cuja oralidade apreendida aqui na universidade seja suficiente para se comunicar num restaurante, ou mesmo na simples visita a um museu”, conforme destaca Rojas.

A segunda intenção do curso é despertar a curiosidade dos 50 alunos matriculados para a arte, a cultura, o turismo, a política, a literatura dos povos latinos. 

A isso, o projeto da UEG levou o nome de “Panorama Geopolítico e Cultural Latino-americano”, onde o aluno aprende a falar espanhol e treina leituras a partir dos grandes personagens e das belezas da América Latina.

Cidadão venezuelano recém chegado ao Brasil para estabelecer residência, Rojas é casado com Simone Vieira, e escolheu morar em Campos Belos porque é a cidade natal de sua esposa. 

Para o novo concidadão brasileiro, viver no país é uma enorme satisfação, e crê que da mesma forma que o país lhe recebeu de braços abertos, também ele precisava fazer algo para retribuir o carinho recebido. 

“O povo daqui é como o meu povo: acolhedor, generoso. Estou me sentindo muito bem em construir uma nova vida no Brasil. 

E é minha obrigação promover uma ação prática que sirva de agradecimento aos brasileiros, além de ser uma forma de servir às pessoas”, ressalta. Rojas se ofereceu como professor voluntário para o curso de verão que movimentou a universidade neste sábado, dia em que normalmente a instituição não tinha atividade.

A estudante do 8ª ano do Colégio Felismina Cardoso Batista, Ana Clara Azevedo chamou a atenção, primeiro por ser a mais jovem de uma turma bastante diversificada em termos de idade e saberes (há inclusive pessoas com mestrado e outras cursando doutorado, entre outras), segundo por sua ideia sobre o curso. 

Para Ana Clara, 13 anos, aprender agora o espanhol pode ser fundamental em sua intenção de fazer viajar para fora do Brasil. “Sonho em fazer um intercâmbio, ou na Espanha, ou no México”, menciona.

Em seu primeiro contato com uma universidade, Ana Clara diz ter ficado encantada com a cultura latina e citou a forma de lecionar do professor. “É diferente. 

Ele vai dando aula em espanhol e temos que prestar muita atenção para entender. Mas ele explica tão bem que fica fácil. E eu adorei a parte das músicas e da dança, especialmente a de Cuba”, disse.

Fonte: UEG

Faltam delegados e agentes em Goiás


Estudo realizado em conjunto com as entidades de classe da PCGO, com dados oficiais de maio de 2017 demostrando o real déficit do efetivo (delegados, agentes e escrivães) em Goiás. 

Os dados trazem a situação dos 162 Municípios do estado de Goiás (dos 246) que não possuem a presença Delegados de Polícia ou até mesmo um único policial que represente a instituição (104 Municípios). 

Infelizmente tais números deficitários acabam refletindo no atendimento à população e nas investigações que poderiam ser finalizadas em menor tempo e remetidas ao Judiciário e MP, como medida de justiça criminal, diz um servidor. 

"É preciso, urgentemente, reverter esse quadro de falta de investimentos que a Polícia Civil do Estado de Goiás  passa. Afinal, não se combate a criminalidade sem investimento na polícia investigativa. 

Ajude-nos a divulgar essa informação, a fim de, que pelo menos, nossos gestores, instituições  e população tomem ciência da crise a que se chegou ao quadro de servidores da PCGO e ajudem a  cobrar do governo estadual concurso público urgente para prover os quadros de todos os cargos", pede um integrante da Polícia Civil. 

Estudos em andamento comprovam que o atual quadro de servidores é menor do que a década de 1990. 

Nesses quase 30 anos a população cresceu em mais de duas milhões de pessoas e o estado enriqueceu, sem dizer no aumento da criminalidade. Mas a Polícia Civil diminuiu.

"A quem interessa uma Polícia Civil falida? Certamente não à população",  cita um policial. 

Comissão aprova prisão federal para detento que comandar crime de dentro do presídio


A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou proposta que autoriza a Justiça a transferir, para prisões federais de segurança máxima, presos que tenham coordenado crimes cometidos fora da prisão.

Também poderão ser transferidos para esses presídios os presos que cometerem crime hediondo contra profissionais de segurança pública, como policiais; que liderarem rebeliões nas prisões; ou que cometerem atentado contra a integridade física de agentes penitenciários, de presos e seus familiares.

Nova versão

O projeto (PL 6613/16) é de autoria do deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB) e recebeu parecer favorável do relator, deputado Aluisio Mendes (Pode-MA). 

Ele apresentou um substitutivo que engloba o texto principal e o PL 7296/17, do deputado Vitor Valim (PMDB-CE), que tramita apensado e que também trata da transferência de presos para penitenciárias federais.

O texto de Rômulo Gouveia refere-se apenas à transferência de presos (provisórios ou condenados) que praticaram crime contra agente de segurança.

"Sabendo que os presos, provisórios ou condenados, continuam a comandar o crime de dentro dos estabelecimentos criminais, não pode o legislador se manter inerte, tolerando que essas condutas delituosas se perpetuem, devendo, portanto, se posicionar e adotar políticas criminais que protejam a vida dos policiais e de outros profissionais de segurança e, como consequência, a sociedade brasileira", afirmou Aluisio Mendes.

A proposta aprovada altera a Lei 11.671/08.

O projeto será analisado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovado na CCJ, seguirá para o Plenário da Câmara.

Fonte: CF