Banner 1

terça-feira, 2 de maio de 2017

Motoristas da Real Maia estão sendo descorteses, afirma leitor


Olá boa tarde! Meu nome é Arilthon Romulo Cavalcante Casimiro e gostaria de compartilhar minha indignação com algo ocorrido nessa madrugada do dia 02/05 em relação à empresa Real Maia. 

Sou servidor público da Universidade de Brasília e casado com uma moradora de Arraias, portanto, costumo realizar o trajeto entre as duas cidades aos fins de semana. 

Normalmente utilizo os serviços de três empresas, REAL EXPRESSO, REAL SUL E REAL MAIA. 

Ultimamente, devido a uma promoção, passei a realizar o trajeto com mais frequência pela Empresa Real Maia. 

Ao realizar as viagens percebi que os motoristas da empresa mencionada não ficam muito satisfeitos em parar na rodoviária de Arraias, pois por uma vez quase perdi o ônibus que só foi até o quebra-mola da entrada da cidade. 

Ao perguntar ao motorista, o mesmo informou que havia um problema no ônibus e por isso não tinha como entrar. Até aí tudo bem, houve outra oportunidade e a mesma situação se repetiu. 

Porém, o estopim veio nessa madrugada, quando após ter comprado a passagem com antecedência no guichê de Campos Belos, uma vez que em Arraias não possui guichê da Real Maia, me preparei para embarcar. 

A previsão de passagem do ônibus no "terminal rodoviário" de Arraias era a partir de 01:32 da manhã, conforme bilhete. Fui para a Rodoviária a 01:00 da manhã. 

Como é de costume, minha esposa me acompanhou e lá ficamos até às 06:00 da manhã e nada de ônibus. Vi todas as outras empresas passarem, inclusive o Real Maia que vinha de Brasília, mas não me foi dado a oportunidade nem de perguntar ao motorista se o mesmo havia encontrado o outro ônibus de destino contrário pelo qual estava esperando, pois o motorista não desembarcou e nem embarcou ninguém, apenas fez a manobra e saiu. 

Desta forma, permaneci ali junto com minha esposa durante a madrugada na esperança que o ônibus estivesse apenas atrasado. De tanto esperar, desisti e voltamos pra casa. 

Hoje pela manhã fui até o guichê da empresa em Campos Belos, onde ao questionar a funcionária, a mesma me informou que o ônibus havia passado em Campos Belos por volta das 2:00 da manhã. 

Eu perguntei à funcionária o porquê do ônibus não ter passado em Arraias e não souberam informar. 

Eu falei que havia comprado a passagem com antecedência, ainda no dia 31 de abril e foi-me garantido que o ônibus pararia lá, pois o trecho era Arraias-Brasília.  

Peço desculpas pela quantidade de detalhes, mas foi a for ma que encontrei para conseguir explicar tal indignação, pois não quero que nenhum outro morador da nossa região passe por tal situação, pois achei uma falta de responsabilidade e profissionalismo dessa empresa. 

A opção que me ofereceram foi a troca da passagem, porém informei que como a empresa não era de confiança, gostaria de reembolsar meu dinheiro de volta. 

A funcionária me informou que nem adiantava reclamar, pois a Empresa não devolve o dinheiro. Utilizando o bom-senso aceitei trocar a passagem por outra. 

Porém, o meu registro se faz, para que dada a publicidade do fato e o prestígio desse blog, talvez sejam tomadas providências por parte da Empresa a orientar que seus motoristas parem no terminal rodoviário de Arraias, uma vez que faz parte da rota da empresa. 

E que a empresa passe a ter um controle maior de quais cidades há pessoas c om passagem comprada esperando para embarcar. 

Não perdi apenas uma noite de sono, mas um dia de serviço também devido a irresponsabilidade da Empresa, ainda que o causador tenha sido algum funcionário da mesma.


Respeitosamente,

Arilthon Romulo Cavalcante Casimiro
Assistente em Administração/UnB

9 comentários:

Hailton Juscelino disse...

MEU NOBRE VC ESTA DENTRO DO SEU DIREITO DIREITO A EMPRESA E OBRIGADA A FAZER O REEMBOLSO E ATE MESMO LHE INDENIZAR PELO SEU PREJUIZO
FAÇA ESSA RECLAMAÇÃO NA ANTT QUE VC VAI VER COMO MUDA O TRATAMENTO DELES COM O CLIENTE É PERIGOSO ELES IREM LHE BUSCAR NA SUA CASA POIS ISSO AI DA PERDA DE ROTA E A REAL MAIA NAO VAI QUERER FICAR PREJUDICADA POR CAUSA DE UM FUNCIONARIO

Arilthon Romulo disse...

Gostaria de agradecer a oportunidade de externar a minha indignação e faço isso para que outros usuários não passem pela mesma situação! Só para acrescentar, agora pouco retornei pela segunda vez a Campos Belos e fui informado que terei o valor da passagem ressarcido em vez da troca, porém, será necessário esperar 30 dias.

Anônimo disse...

Amigão, o errado se paga com o certo, faça uma ocorrência na ANTT, e mande um email para a empresa pedindo explicações. De posse desses documentos, entre com uma ação em Arraias,la da á a justiça é rápida e funciona. Ganhe ai uns tres mil reais, contrate um advogado com percentual da indenização. Vá publicando nas redes sociais o andamento, acredito que a empresa nao vai querer desgastar, vão pagar mesmo. Não perca oportunidade.

Anônimo disse...

Ha uma outra reclamação que se fazer tambem.. pra muitos não sabedores aquela rodoviaria e o calçamento dificulta muito a manobra e o estacionar da rodoviária de arraias.. esses modelos adquiridos novos pelas empresas estão com chassi baixo e sempre raspa o fundo.. logo logo a empresa vai parar de atender arraias ou deverá propor outro local de embarque.. não estou justificando a falha com o cliente mas ta dificil parar naquela rodoviária pois tem que melhorar, foi feita pra onibus tocos mais antigos sem falar que esses mesmos modelos nem entram pela altura do detalhado..

Hailton Juscelino disse...

ESSA AI É MAMÃO COM AÇUCAR IMAGINO QUE TENHA CONCENTIMENTO DA EMPRESA POIS TODA EMPRESA HOJE TEM SEUS ONIBUS MONITORADO POR CAMERA E TAMBEM EXISTE OS RELATORIOS DIÁRIOS ENTÃO NÃO PERCA TEMPO

Luiz Fernando disse...

no meu face relato indignado o ki me ocorreu! nunca mais viajo nessa empresa, foi à segunda vez e nas duas tive problemas, na primeira viajei com o ar-condicionado pingando em mim a viagem toda. fiquei indignado fui falar com o motorista ele meio ki mandou um, não posso fazer nada, problema é seu! dessa vez me fizeram pagar 50,00 reais de excesso de bagagem, no olhômetro (ja havia pagado 134,00 no leito, o fiz pq estava cansado depois de 15 dias de trabalho intensivo no tocantins!) humilhado pelo motorista e ameaçado de ser deixado pra trás se não pagasse! estou indignado e dessa vez vou processá-los por danos morais! meu instagram tem as fotos e vídeo do ocorrido *Jimme Gyn Tatts* ....

Luiz Fernando disse...

VerGonhAaaaa!!!! meus amigos.... Advogados e especialistas em direito do consumidor, uma orientação por favor, como funciona esse "excesso" de bagagem?! Estou saindo do Tocantins agora sentido Goiânia, venho a trabalho pra ca, fotos em anexo da minha bagagem. além do constrangimento de ficar 30minutos "atrasando a viagem"... sendo ameaçado de ser "deixado para trás" com um e ai vai embarcar ou não vai?! fui obrigado a pagar R$ 50,00 1/3 do preço da passagem?! por que desse valor?! no aeroporto você pesa e medem sua bagagem, qual foi o parâmetro pra isso e por que não fui avisado? (valor em dinheiro e como comprovante recebi um recibo de controle interno) ..., to me sentindo humilhado e com cara de "arruaceiro" talvez aos demais passageiros! (aconteceu comigo essa noite, no Real Maia... de Taguatinga To pra Goiânia... fotos estão no meu facebook *jimme gyn tatts* (vou processá-los dessa vez, pq é a segunda vez ki viajo com eles, e tenho problemas, na primeira vim com o ar condicionado pingando em mim a viagem toda, fui falar com o motorista nem foi averiguar o problema e me fez fazer papel de otario, sendo molhado de lá até aqui)....

Anônimo disse...

Em caso de atraso na partida ou em um das paradas, que ultrapasse o limite de 1 hora, a empresa deve alocar os passageiros em outra empresa que forneça serviços equivalentes ou, caso seja vontade do passageiro restituir imediatamente o valor pago pela passagem.

Caso algum defeito ou falha de responsabilidade da empresa interrompa a viagem, ela tem até 3 horas para providenciar a continuidade do trajeto ou precisará devolver o dinheiro aos passageiros.

Anônimo disse...

Já passei por momentos de constrangimento durante viagem em ônibus da empresa Real Maia, ao invés de desembarcar na Rodoviária de Goiânia os passageiros desembarcaram em outra rodoviária tive que pagar oitenta reais de taxi ate em casa, normalmente eu pago 10 reais.

Isso é motivo de vergonha.... Ser tratados com ironia e descaso sendo que pagamos pelo serviços