Banner 1

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Lula diz que se eleito vai mandar prender jornalistas que mentiram sobre ele


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, na noite desta sexta-feira, na abertura da etapa paulista do 6º congresso do PT, que se não for preso logo pode mandar prender os responsáveis por publicar informações que ele está para ser preso. 

No discurso, o petista prometeu, se for eleito novamente presidente em 2018, regulamentar os meios de comunicação. Lula não falou diretamente das acusações feitas contra ele hoje pelo ex-diretor da Petrobras Renato Duque, mas voltou a repetir que nunca pediu dinheiro para qualquer empresário.

Depois de se recordar das análises feitas pela imprensa após a derrota petista na eleição municipal do ano passado, Lula afirmou:- Essa mesma imprensa que dizia que o PT acabou, dizia todo dia: amanhã, o Lula vai ser preso. Faz dois anos que eu ouço isso. Se eles não me prenderem logo, quem sabe um dia eu mando prendê-los por mentir.

O ex-presidente voltou a reafirmar a sua candidatura no ano que vem e disse estar hoje, aos 71 anos, com "mais tesão" para ser presidente, do que em 1989, quando tinha 43 anos e disputou pela primeira vez. Depois de criticar a imprensa, disse:

- Vamos regulamentar os meios de comunicação.

Lula também se comparou a um mandacaru, cacto do sertão nordestino, em referência ao seu crescimento nas pesquisas.

- O Lula que eles querem destruir parece um pé de mandacaru, que está crescendo na seca.

O ex-presidente chamou o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que de acordo com a pesquisa Datafolha divulgada no último domingo disputa o segundo lugar na disputa presidencial com Marina Silva (Rede), de "fascista".

No discurso, o ex-presidente também atacou o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB).

- Um almofadinha, um coxinha ganhas as eleições em São Paulo se fazendo passar junto ao povo mais humilde por João Trabalhador. Se encontrarem com ele por aí, perguntem se ele já teve uma carteira profissional assinada.

TRÍPLEX MINHA CASA, MINHA VIDA

Durante o seu discurso, Lula ainda comparou o tríplex do Guarujá, cuja propriedade é atribuída a ele, a um apartamento do Minha Casa Minha Vida. O imóvel é alvo da ação em que o ex-presidente será interrogado pelo juiz Sérgio Moro, na próxima quarta-feira em Curitiba.

- Todo santo dia, eu fico esperando alguém dizer: esse Lula deve ter roubado muito porque eles falam de um tríplex para impressionar vocês, mas na verdade é como se fosse uma casa do Minha Casa Minha Vida, uma em cima da outra. 

De acordo com o ex-presidente, os investigadores da Lava-Jato criaram uma tese sobre o esquema de corrupção na Petrobras para incriminá-lo.

- Já estão com a tese pronta: o PT é uma organização criminosa, o Lula montou um governo para o roubar até depois que ele saísse. Portanto, se o Lula é o chefe, ele tem que saber de tudo.

Ainda nas palavras do petista, há um "pacto diabólico" entre a Operação Lava-Jato e os meios de comunicação.

Fonte: Agência Globo

Um comentário:

Anônimo disse...

Vergonha de ser brasileiro. Nojo desses políticos.