Banner 1

terça-feira, 2 de maio de 2017

Campos Belos: morre "Liozinho" do Ginásio



Por Jefferson Victor, 

Morreu nesta segunda-feira (01), aos 86 anos e de causas naturais, Eleutério Avelino Costa, mais conhecido em Campos Belos como "Liozinho do colégio".

Liozinho nasceu em Taguatinga (TO) e em sua juventude mudou-se para Porto Nacional onde trabalhou no Convento local.

Posteriormente transferiu-se para Natividade no mesmo estado.

De volta a Taguatinga, conheceu Maria Xavier Bonfim com que se casou e tiveram juntos cinco filhos, treze netos e três bisnetos.

Liozinho também prestou serviços em Posse (GO) por um período de dois anos.

Em 1957 mudou-se definitivamente para Campos Belos e trabalhou na Pecuária, uma espécie de "fazenda modelo", do Ministério da Agricultura.

Em seguida, foi contratado pelo professor Samuel para assumir o posto de zelador do Ginásio de Campos Belos, onde exercia o papel de disciplinador.

Com ele, menino era na sala de aula. 

Nada de ficar brincando e perambulando pelos corredores.

"Aluno perturbando com ele era na dureza, ou obedecia por bem ou por mal, mas o certo é que ninguém ficava sem assistir aula".

Os mais antigos contam que Dona Antusa, diretora que substituiu o professor Samuel, era uma pessoa muito pacífica e por isso os alunos faziam corpo mole, não a obedeciam, e era aí que entrava em cena a figura de Liozinho.

Corria atrás da molecada e colocava na sala de aula.

Eu mesmo saindo do banheiro e passando pelo corredor, ouvi que alguém tocou a sirene fora da hora.

Anteciparam o recreio. 

Liozinho veio correndo procurando quem fez a arte. Só que quem tocou já havia sumido, e eu, inocentemente, vinha pelo corredor e fui abordado por ele dizendo que tinha sido eu o responsável. 

Tive que esquivar-me rapidamente para não levar a pior.

Todos os alunos das décadas de 70 e 80 tiveram a oportunidade de conhecê-loe todos tinham por ele muito carinho. E não eram poucos os pedidos de desculpas.

O velório do nosso querido Liozinho foi prestigiado de muitos amigos e parentes, vindos de Ponte Alta do Tocantins, Taguatinga, Arraias Goiânia e de muitas outras localidades.

A conversa era uma só. Todos lembravam com carinho o convívio com ele e reviviam suas histórias.

O corpo foi velado em sua residência, na Rua Eleutério Avelino Costa no setor Aeroporto II em Campos Belos e o sepultamento ocorreu nesta terça-feira (2), no final da tarde.

Liozinho vai deixar saudades. Ele foi muitíssimo importante na formação de várias gerações. 

Fica aqui o nosso agradecimento e que Deus o tenha do seu lado.

Aos parentes e amigos fica os nossos sentimentos pelo seu passamento, e que Deus conforte a cada um nesta hora tão difícil.

Um comentário:

Anônimo disse...

OH GENTE MEUS PESAMES AO SENHOR LIOZINHO HOMEM BOM