Banner 1

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Publicamos há um ano: "Uma revolução que vem das Redes. Doa a quem doer. À FHC, Lula, Dilma, Aécio, Renan e Cunha, os rigores da Lei"


Conheça a primavera árabe, a revolução das redes sociais 


Há um ano publiquei aqui no Blog que a operação Lava-Jato tinha chegado numa fase crítica e começou a atingir poderosos políticos.

"Não sem surpresa, quando bateu à porta do ex-presidente Lula, a gritaria dos partidários e militantes soou nas ruas e nas redes sociais, como nunca antes, inclusive com ataques inaceitáveis a jornalistas e a meios de comunicação.

Se Lula não deve, qual o problema de ser investigado?  O pau que dá em Chico, dá em Francisco.

Chegou a hora de fazer uma limpeza, um pente fino,  não apenas no alto escalão do PT, assim como na vida pregressa de FHC e suas diversas privatizações na década de 90."

E como apanhei....

Vale a pena ler de novo, agora depois da mega delação da Odebrecht. 

Por isso é que comecei a ignorar principalmente as pessoas ligadas à esquerda, apesar de autorizar os comentários, pois relutam em aceitar a verdade.

A ideologia cega as pessoas.  

Falo esquerda, porque Serra, Temer, Aécio possuem pouca gente para defendê-los. 

Leia a íntegra do que falamos em março do ano passado:



Uma revolução que vem das Redes: Doa a quem doer. À FHC, Lula, Dilma, Aécio, Renan e Cunha, os rigores da Lei

Nenhum comentário: