Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Prefeitura de Alto Paraíso e Polícia Militar lançam Programa Patrulha Rural




Roberto Naborfazan, Especial para o Jornal O VETOR

Em evento bastante concorrido, o comandante da 14ª CIPM, Capitão Josué Cardoso, em parceria com a prefeitura de Alto Paraíso, lançou oficialmente o Programa Patrulha Rural da Polícia Militar, que atuará na zona rural dos municípios de São João D’Aliança e Alto Paraíso.

O lançamento do Programa aconteceu na sexta-feira, 21, na fazenda Brejão, região do Sertão, de propriedade do senhor Giovanni Ricardi, que, ao lado da esposa, Magda, recepcionou autoridades e convidados.

Com o programa a Polícia Militar fará da tecnologia forte aliada no combate aos crimes praticados nas propriedades rurais, a exemplo de furtos e roubos, conferindo mais agilidade nos atendimentos às ocorrências e intensificando a eficiência na segurança rural.

O prefeito de Alto Paraíso, Martinho Mendes, afirmou que, logo no início de seu mandato, em janeiro deste ano, se reuniu com Comandante-Geral da Polícia Militar de Goiás, Coronel Divino Alves, e solicitou um maior efetivo policial na região para atender as demandas tanto na área urbana, quanto na área rural. 

Os trinta Policiais Militares em treinamento na sede do município e a chegada do Programa Patrulha Rural são reflexos do atendimento dessa solicitação. 

Destacou a parceria que a prefeitura desenvolve tanto com a Polícia Militar, quanto com a Polícia Civil, oferecendo, entre outras coisas, alimentação, hospedagem e funcionários para serviços burocráticos.Martinho Mendes enalteceu ainda a forma dinâmica, discreta e de resultados que o Comandante da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar, Capitão Josué Cardoso, vem atuando na região. 

“Na inauguração da abertura do desvio da Serra da Laranjeira, um marco para a região do Sertão, trouxemos pela primeira vez um deputado estadual, Iso Moreira, e um  representante de uma deputada federal, Magda Mofatto, nesta parte do município. 

Aqui eles assumiram o compromisso de nos ajudar a trazer melhorias. Isso se confirma agora, quando o governador Marconi Perillo autoriza a recuperação da GO – 239, no sentido Alto Paraíso, Flores de Goiás e Nova Roma, com levantamento do greid e encascalhamento, em toda a extensão da rodovia. 

A chegada da Patrulha Rural, que atenderá as demandas dos produtores e moradores das áreas rurais de nosso município, também são efeitos desses compromissos”, destacou o prefeito.

O Comandante da 14ª CIPM, Capitão Josué Cardoso, agradeceu o apoio e parceria que o prefeito Martinho Mendes tem desenvolvido com a Polícia Militar, agradeceu também ao senhor Giovanni e sua esposa Magda, pela acolhida do evento em sua fazenda. 

“Quero reafirmar aqui que a Polícia Militar estará sempre presente junto aos fazendeiros, aos produtores e moradores das áreas urbanas e rurais dos municípios de São João D´Aliança e Alto Paraíso, buscando assegurar, mesmo com todas as dificuldades, a segurança e a ordem. São dois municípios extensos, cada um com suas peculiaridades. 

Solicitei aos meus superiores, assim que assumi a 14ª CIPM, que me liberasse o Tenente P. Júnior, meu subcomandante, que estava no Policiamento Rodoviário, para nos auxiliar, por ser um grande conhecedor da região e tem contato com as pessoas de bem. 

E é isso que nos queremos, ter contato com as pessoas de bem e expulsar as pessoas que praticam o mal, porque onde a polícia não está, bandido faz a sua casa, e aqui nos os tiraremos de circulação, de uma forma ou de outra. 

A Patrulha Rural atuará com força e tecnologia na proteção do homem do campo. 

Precisamos que o cidadão seja nosso parceiro na ação preventiva. Se notar veículos com indivíduos em atitudes suspeitas, indivíduos, sendo ou não da região, agindo de forma suspeita, acione a Polícia Militar que logo as viaturas da Patrulha Rural se farão presentes. 

Não podemos deixar arrombar porteiras, invadir fazendas e praticar crimes para depois avisar a polícia. Agindo preventivamente somos mais forte. 

Precisamos estar sempre nos comunicando, é com a comunicação que vamos identificando as pessoas que trabalham na região e as pessoas que aparecem com a intenção de praticar o mal. 

Sempre digo em minhas palestras; ladrão, traficante, estuprador, bandidos, só tem dois lugares para eles: a cadeia ou o cemitério.”enfatizou o comandante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário