Banner 1

Banner 1

sábado, 8 de abril de 2017

Morre cachorra estuprada por homem em Monte Alegre de Goiás





Não resistiu aos graves ferimentos e morreu na sexta-feira (7) uma cadela de rua, que foi estuprada por um homem no distrito de Riacho dos Cavalos,  em Monte Alegre de Goiás, nordeste do estado. 

O caso foi denunciado por uma mulher do povoado e a cadela foi socorrida e abrigada pela ONG OPA (Organização Protetora de Animais) da cidade vizinha de Campos Belos. 

A delegacia de Campos Belos fez diligências até a casa do homem, um senhor de quase 60 anos, que mora sozinho e não tem mulher e nem filhos. 

Na comunidade, ele é conhecido como “Preto das Cachorras”, o que sugere que a prática da zoofilia é antiga e de conhecimentos de todos. 

Como não houve flagrante, o acusado não foi preso, porém foi encaminhado à sede do Ministério Público de Goiás em Campos Belos, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e aplicada uma multa de um salário mínimo.  


Ao órgão ele declarou que não tinha dinheiro para pagar a multa e foi liberado. 

Uma segunda cachorra também estuprada pelo homem foi resgatada e está sob cuidados veterinários da OPA (Organização Protetora de Animais), em Campos Belos. 


De acordo com uma fonte, há muitos anos o homem já tem o costume de amarrar as cadelas de rua e estuprá-las. 


“O ruim de tudo é que todo mundo sabe que isso ocorre e ninguém faz nada. Apenas uma corajosa senhora, indignada com toda a situação teve a coração de denunciar. 


Ela fez até fotografia das agressões contra um dos animais, mas foi de longe a imagem não ficou muito nítida.  Há também um áudio gravado durante um dos flagrantes”, disse a fonte.

O pior é que depois do flagrante e da condução do homem à delegacia, ele voltou a praticar novamente as ações de estupro e maus tratos contra as cadelas de rua no povoado. 


O Poder Público, notadamente o Ministério Público e o Poder Judiciário, tem que encontrar uma solução para barrar as covardes agressões contra os animais em Monte Alegre de Goiás. 

A zoofilia - (zôon, "animal")  (filia, "amizade" ou "amor")-  é considerada um distúrbio. Ela é definida pela atração ou envolvimento sexual de humanos com animais de outras espécies. 


Tais indivíduos são chamados zoófilos. Os termos zoossexual e zoossexualidade descrevem toda a gama de orientação humana e animal. 


Um outro termo, bestialidade, se refere ao ato sexual entre um humano e um animal não-humano.


Por se tratar de um “crime de menor potencial ofensivo”, maus tratos de animais, geralmente os agressores são liberados, após assinatura de um TCO.

6 comentários:

  1. Sabemos que isso é um distúrbio, infelizmente que esta pessoa faz isso pois não tem nenhum tipo de assistência. A pessoa não nasce com transtorno sexual e sim a desenvolve. Como já é de conhecimento de todos, por que nada nunca foi feito? O ideal seria, já que não tem provas confirmatórias contra este homem para conseguir sua prisão, encaminhá-lo a um acompanhamento com a assistência social, psicológico e médico para tratamento. É triste, é..mas não será ridicularizando esta pessoa que se resolverá o problema. (Deixando claro, esta é minha opinião, respeito é bom e respeito a todos que se posicionarem aqui).

    ResponderExcluir
  2. Tem que matar um cara desse

    ResponderExcluir
  3. Na verdade tratamento e acompanhamento social e psicológico não se consegue tão fácil em nossa cidade e em nenhuma dessas cidades do nordeste goiano. Pois o descaso com essas pessoas é imenso.
    As denuncias aqui apenas quando doí no bolso de alguém,tem o tal de deixa disso, evite confusão, e as covardias continuam. Se ele não parar agressão de animais, pode agredir uma criança ou idosos amanhã. Isso é muito grave, com certeza existe um transtorno mental, mas quem vai encaminha lo para tratamento? família? Aqui uma pessoa fica mais de 2 anos aguardando por uma consulta com neurologista em Goiânia, e quando consegue, muitos não tem condições de ir, pois o transporte não tem com frequência. E assim aumenta a miséria em nossa cidade e região.
    O caso chegou a conhecimento da pm, da civil e do Ministério Publico, se sabem que ele nao pode pagar fiança, e que esta errado o que ele faz, e que não é normal, porque não encaminharam ele para um tratamento? Descaso total.
    O povo do interior, precisa aprender a conhecer seus direitos e cobra-los, denunciar, exigir trabalho de todos, principalmente da segurança, dos policiais, médicos, M.P, prefeitos, vereadores, enfermeiros, secretários, professores, diretores, etc, enfim, todos nós somos empregados do povo, e trabalhamos para o povo, é preciso agir com coerência.
    Nosso interior de Goiás, tem de tudo....

    ResponderExcluir
  4. E um cretino tem que levar uma surra.safado!

    ResponderExcluir
  5. Alguém tem que dar um tiro num canalha como esse. Moro em outro estado, mas se morasse na mesma cidade ou perto, mataria esse sujeito, esse monstro. Ñ temos lei e nem povo sério, que vergonha minha gente, onde chegamos como pais!
    Se tivéssemos já teriam dado um jeito nisso. E mais uma vez, a maldita mentalidade de esquerda sai vitoriosa, enquanto continuar a sair vitoriosa continuaremos em permanente estado de derrocada moral. Onde se penaliza a verdadeira vítima, não se fazendo nada e deixando continuar a acontecer e se vitimiza o algoz, como praticamente e infelizmente a AMANDA GOMES O FEZ !

    ResponderExcluir