Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 13 de abril de 2017

IBGE abre inscrições para contratar 37 profissionais temporários. Há vagas em Campos Belos/GO e mais 13 cidades


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com as inscrições abertas para o processo seletivo que contratará 37 profissionais temporários em Goiás para o Censo Agropecuário 2017. 

As vagas são para os níveis médio e superior.

Os salários variam de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil.

As inscrições podem ser feitas até 9 de maio, no site da Fundação Getúlio Vargas, a organizadora da seleção. A taxa varia de R$ 27 a R$ 78.

Ao todo, o IBGE vai contratar 1.038 profissionais temporários no país. As oportunidades estão distribuídas nos 26 estados e no Distrito Federal. 

O instituto oferece para Goiás as seguintes vagas:

Analista Censitário – 3 vagas em Goiânia
Agente Censitário Administrativo – 16 vagas em Goiânia

Agente Censitário Regional- 12 vagas distribuídas em Campos Belos, Itaberaí, Mineiros, Mozarlândia, Niquelândia, Padre Bernardo, Palmeiras de Goiás, Pontalina, São João d’Aliança, São Luís de Montes Belos, São Miguel do Araguaia e Silvânia.

Agente Censitário de Informática – 6 vagas em Goiânia.

O cargo de analista censitário, que exige nível superior, tem salário de R$ 4 mil. As demais funções são de nível médio, sendo que as remunerações são de R$ 1,5 mil para agente censitário administrativo; R$ 2,5 mil para agente censitário regional; e R$ 1,7 mil para agente censitário de informática.

Além do salário, o contratado terá direito a auxílio alimentação, férias e 13º salário. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

De acordo com o IBGE, a seleção dos candidatos será por meio de uma prova objetiva, com caráter eliminatório e classificatório. O exame está previsto para ser aplicado no dia 2 de julho.

Censo Agropecuário 2017

As operações devem começar em 1º de outubro deste ano. A previsão do instituto é que os recenseadores visitem 5 milhões de propriedades rurais no período de cinco meses.

O Censo Agropecuário 2017 vai subsidiar a implantação do cadastro de estabelecimentos agropecuários e do Sistema Nacional de Pesquisas Agropecuárias. De acordo com o IBGE, serão levantadas informações como a área da propriedade, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação e o uso de agrotóxicos.

O resultado da pesquisa deve começar a ser divulgado pelo instituto em meados de 2018.

Veja o edital 

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário