Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Homem é assassinado em Combinado (TO). Violência assusta a pequena cidade do Tocantins



Um jovem foi brutalmente executado na manhã desta quinta-feira santa (13), na cidade de Combinado, região sudeste do Tocantins.

O homicídio ocorreu por por volta das 6h da manhã, quando o rapaz, morador da cidade vizinha de Lavandeira (TO) e conhecido como "índio", levou um tiro de espingarda no pescoço. 

A vítima nem teve a chance de ser socorrida e morreu ali mesmo, caída numa das principias vias da cidade, no centro, próximo ao posto de combustível.

Por volta da 7h da manhã, momentos depois do assassinato, a movimentação era grande e intensa na cena do crime. 

Um vídeo, que ganhou as redes sociais, mostra o momento em que policiais militares fazem o recolhimento do corpo, que foi enviado ao Instituto de Medicina Legal, por ser uma morte violenta, para as perícias de praxes. 

O assassinato deixou a cidade em estado de choque, pela violência gratuita.

Este Blog procurou a Polícia Civil e também a Polícia Militar do Tocantins para obter mais detalhes da execução, das possíveis motivações e principalmente das diligências para a prisão do autor do homicídio. 

Mas a Polícia Civil não atendeu às ligações e a Companhia da Polícia Militar de Arraias, órgão responsável pela notificação da ocorrência policial, não estava autorizada a passar qualquer informação. 

No início de março passado, um outro morador da cidade também foi vítima da brutal violência, que tem mexido com a vida e o sossego a pacata cidade. 

A vítima do assassinato foi um conhecido e respeitado trabalhador da comunidade, que foi atraído para uma emboscada, por pessoas ligadas ao tráfico de drogas na região, com o intuito de roubar a sua caminhoneta. 

Bené foi fretado para ir à cidade de Campos Belos, nordeste de Goiás, mas no caminho foi agredido e assassinado covardemente pelos algozes, que roubaram seu veículo e abandonaram seu corpo próximo a um córrego da rodovia GO-118, na rota que se destina a Brasília. 

Os homens foram presos, mas Bené perdeu a vida e seus filhos o bem mais precioso. 

Agora, outro dantesco assassinato volta a assustar a cidade de Combinado.

Ainda não se tem informações do suspeito e nem as motivações do homicídio. 

A pergunta é: até quando o nordeste de Goiás e o sudeste do Tocantins vão continuar reféns dessa violência desenfreada e brutal, que tem acabado com a vida de tantas famílias? 

Um comentário: