Banner 1

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Cidadania e o bom serviço público de transporte de passageiro


"Ora vejamos, sempre utilizei os serviços dessa linha há anos e a maior intriga era o cartel das empresas que monopolizavam as linhas, na Região do Nordeste Goiano.

Em 2005, a empresa com concessão exclusiva da linha até Goiânia (GO), NÃO disponibilizava o horário diurno para viagens, apesar de todas as reclamações junto a ouvidoria da empresa, reivindicações e assaltos, principalmente nos feriados. 

Cidadãos comuns eram executados, coagidos e humilhados durantes esses assaltos, ninguém conseguia viajar sossegado. 

Os mais disponíveis, iam para Brasília (DF) de dia, com outra empresa e na Rodoferroviária (DF), seguiam com outra empresa para Goiânia. Nessa época, o medo assombrava a todos. 

Portanto a empresa era irredutível a disponibilizar o horário diurno. 

Só ocorreu a disponibilização desse horário diurno, quando um Juiz, que respondia pela Comarca de Campos Belos, estava entre os passageiros e sofreu um assalto na madrugada, bem como no mesmo período, em outro assalto, os criminosos identificaram um policial civil, lotado no município de Cavalcante, e o executaram friamente na frente dos demais passageiros.

Quem já não ficou na estrada por falhas mecânicas desses ônibus sucateados, dessas empresas únicas com concessão (Goiânia e Brasília)? Eu recordo de três vezes que fiquei, com os demais passageiros esperando por socorro. 

Relato que, viajo com ambas empresas e não registro reclamações em relação a cortesia, gentileza, porque para viajar a 650 km (Goiânia) e 400 km (Brasília), conforto e segurança é o que prezo.

Ficar na cabine com os motoristas, conversar durante a viagem e ou pedir para parar em locais fora dos pontos, não é sinônimo de cortesia. 

Quer reclamar do banheiro, passageiros importunos, ar-condicionado e outros itens? Faça-os nas paradas obrigatórias, diretamente com os motoristas e junto as ouvidorias da empresa e da ANTT. 

A matéria é bem clara e trata-se de transporte coletivo. Aos passageiros que querem favoritismo e exclusividade, indica-se os serviços de lotação e táxi.

Essas conquistas se dão a livre concorrência do mercado e têm muita saliva, sangue e mídia. 

Ainda deve ser comemorada e aplaudida por todos os cidadãos que lutaram individualmente e coletivamente, para melhorar a qualidade dos serviços prestados, no transporte coletivo na Região do Nordeste Goiano."

Por Nádia

Um comentário:

Anônimo disse...

Não vou negar que com a entrada da Realmaia as demais empresas que ja eram fixas nas linhas para Goiânia e Brasília melhoraram bastante no quesito de ônibus, os ônibus da linha Arraias x Goiânia 10h são feitas por carros antes fixos no horário noturno, ônibus bons, e no horário das 18h Taguatinga x Goiânia, foram trocados por carros 0km. O problema é que todos só sabem ver as falhas que um dia a São José apresentou, mas e ai? Ela co tinha falhando? A empresa em alta temporada escala os melhores ônibus no final de movimento, para melhor atender os clientes, trocou todos os ônibus que fazem e faziam linhas intermunicipais (São Domingos, Cavalcante, Paranã e Poções). Não podemos negar que ai da falta algumas coisas, como venda de passagem online e venda de passagem em cartão. Mas vamos concordar a São José de antigamente já nao é mais a mesma São José de hoje em dia, melhorou 100%.