Banner 1

quinta-feira, 30 de março de 2017

Sérgio Moro: um auxílio ao homem da Lava Jato, que deu 15 anos ao ex-deputado Eduardo Cunha



O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou nesta quinta-feira (30) o deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a 15 anos e 4 meses de reclusão. 

Esta é a primeira condenação dele na Lava Jato.

Na denúncia oferecida à Justiça Federal, o Ministério Público Federal (MPF) acusou Eduardo Cunha de receber propina em contrato da Petrobras para a exploração de petróleo no Benin, na África. 

O ex-deputado é o único réu deste processo, que estava no Supremo Tribunal Federal (STF) e foi encaminhado à 13ª Vara da Justiça Federal no Paraná após Cunha ser cassado.

Nesta mesma manhã e data histórica para a política e para o Judiciário brasileiro, tivemos a grata satisfação de auxiliar o juiz Moro no trato com a imprensa, durante a solenidade onde o magistrado foi condecorado pela Justiça Militar Federal com a Ordem do Mérito Judiciário Militar, pelos relevantes serviços prestados ao país.

Foi uma honra, meu chefe. 




2 comentários:

Anônimo disse...

Ai sim um homem sério colocando esses políticos corruptos na cadeia, Parabéns Dinomar sem o seu profissionalismo de jornalismo, estaríamos perdidos obrigado por este blog.

Anônimo disse...

Sergio moro um orgulhoso para nós brasileiros... Dinomar miranda uma piada...