Banner 1

quarta-feira, 1 de março de 2017

Respeito e diversidade: Daniela Mercury para de tocar ao passar por camarote da PM e xinga foliões


A cantora Daniela Mercury chegou ao Circuito Osmar com o discurso da defesa da diversidade, mas não quis continuar a tocar quando passou pela frente do Camarote da Polícia Militar, montado próximo à Casa D´Itália, nos Aflitos.

A cantora chegou a xingar as pessoas que estavam no camarote e levantou o dedo médio e apontou para os militares e convidados. 

Segundo folião ouvido por Toda Bahia, ela mandou as pessoas “tomarem no c*”. 

Quem estava no camarote também vaiou a cantora; foliões que acompanhavam Daniela também vaiavam quem estava no Camarote da PM e também levantavam o dedo médio contra as pessoas.

Daniela só voltou a tocar quando passou pelo camarote. E disse que o fazia em respeito aos foliões que a seguiam.

Fonte: Toda Bahia 



3 comentários:

Anônimo disse...

hipocrisia, hipocrisia.... defesa da diversidade, hahahahaha... cantora enm decadencia.
http://www.oreacionario.blog.br/2017/03/daniela-mercury-resolveu-insultar-pm.html

VÁRLLEI MAXIMUS DE OLIVEIRA disse...

Ainda não entendi a razão de tanto desrespeito, indignação e descontrole em face dos populares naquele local. Nefasta atitude! "Ela estava descontrolada"! Por entender... Alguém sabe se houve "motivação"???

Renato Costa disse...

A justificativa oficial da produção da cantora é que a secretaria de turismo de salvador (que controla os trios e o evento em sí) pediu o encerramento naquele ponto do trajeto ( onde costumeiramente era encerado). Depois alguém percebeu o erro (esse ano o trajeto seria maior) e solicitaram à artista que voltasse a cantar e finalizasse no novo ponto. Como a interrupção foi na frente do camarote da PM acharam que foi de propósito e começaram a xingar e ofender a artista, que perdeu a compostura e revidou.
Dito cada versão a verdade ainda é uma incógnita.