Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 31 de março de 2017

Dianópolis (TO) tem maior chuva do ano e carros ficam presos em alagamentos





Os moradores de Dianópolis, no sudeste do Tocantins, tiveram um dia de problemas e prejuízos por causa da tempestade que atingiu a cidade. 

Foi o maior volume de chuva registrado desde o início de 2017 no município. 

Durante toda a tarde, motoristas ficaram presos em alagamentos e precisaram de socorro, valas se abriram em algumas ruas.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foram 88 milímetros de chuva, o normal para um período de duas semanas na região dentro da temporada de chuvas. 

A imprensa procurou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar da cidade, para saber se houve registro de feridos, mas até a publicação desta reportagem as ligações não haviam sido atendidas.

Dianópolis está na área de alerta amarelo, que entrou em vigor na tarde da quarta-feira (29). 

O Inmet havia alertado para o risco de alagamentos e quedas de árvores na região. 

A quantidade de chuvas ficou ainda acima do esperado, que era de até 50 milímetros. Moradores relataram que a chuva começou por volta das 13h e parou por volta das 18h.

Gurupi, na região sul, também registrou problemas. Um motociclista chegou e ser arrastado por uma enxurrada em uma das saídas da cidade. 

A área de abrangência do alerta do Inmet passa para todo o estado durante a madrugada.
O alerta é amarelo e significa perigo potencial. 

Existe risco de queda de árvores, alagamentos e cortes de energia na região. 

Quem mora nas cidades da lista deve evitar se abrigar debaixo de árvores, desligar os aparelhos elétricos e estacionar carros longe de placas de propaganda. 

São esperados ventos de até 60 km/h e chuvas de até 50 milímetros, o normal para uma semana neste período.

Além do Tocantins, há alertas de tempestades para outros seis estados e o Distrito Federal.

Com informações do G1 e fotos de internautas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário