Banner 1

quarta-feira, 15 de março de 2017

Deu no Diário da Manhã: Peemedebistas defendem Daniel Vilela para governo e Pedro Chaves para Senado


O nome do deputado federal e presidente estadual do PMDB, Daniel Vilela, tem despontado como favorito dentro do partido para disputa ao governo do Estado em 2018. 

Na última reunião regional da sigla, em Campos Belos, no último sábado (11), não apenas integrantes do partido defendem o nome de Daniel, mas também outros possíveis aliados. 

“O povo clama por renovação e práticas diferenciadas. Daniel Vilela é o nome certo pra representar esse novo modelo em Goiás”, afirmou a vereadora do município Ivone do Touro (PP). 

Também estavam presentes na rodada de reuniões o deputado federal Pedro Chaves e os estaduais Bruno Peixoto e José Nelto. Todos defenderam que Daniel Vilela representa a renovação da política goiana e, portanto, é o melhor nome para disputar o governo em 2018.

Além do nome de Daniel Vilela, o deputado federal Pedro Chaves (PMDB) também tem se destacado como o favorito do partido para disputar uma das vagas ao Senado. 

Representantes peemedebistas dos municípios de Campos Belos, Divinópolis, Monte Alegre e Alto Paraíso, nas reuniões regionais, referendaram os nomes dos deputados como pré-candidatos. 

Na reunião, Daniel assumiu o compromisso de utilizar a força do PMDB  e aliados para instalar um novo ciclo de avanço político e administrativo em Goiás.

Para o deputado, o desafio para escolha de nomes para a disputa eleitoral começa já em 2017, quando se pretende elaborar um plano de governo arrojado e moderno, que irá ao encontro das necessidades e anseios da população de Goiás. 

Conforme o presidente estadual do PMDB, uma das propostas da sigla é apresentar um projeto de governo digital para Goiás, com prestação de serviços de qualidade. “O PMDB está se preparando para ocupar esse espaço”, ressaltou.

Conforme o partido, as reuniões regionais que têm sido realizadas nos municípios goianos pretendem, além de discutir o projeto do PMDB para 2018, ouvir as bases do partido no interior do Estado. 

Para os dirigentes, os encontros regionais têm servido para o diretório conhecer de perto as demandas mais urgentes das regiões e desta forma facilitar a elaboração de um projeto político e administrativo factível para Goiás. (Com informações da assessoria)

Um comentário:

Anônimo disse...

Ivone do Touro é uma sem noção, esse deputado faz lobe a favor da proposta do governo para a reforma da Previdência. Para, supostamente, receber a aposentadoria integral, pela PEC 287 o trabalhador, além de ter 65 anos de idade, terá que ter contribuído para o INSS durante 49 anos! Ou seja, seria necessário começar a trabalhar aos 16 anos e jamais ter sido demitido para trabalhar (com carteira assinada) por 49 anos seguidos até os 65 anos e poder, então, pedir a aposentadoria integra. Porque o deputado Daniel Vilela aprovaram um projeto que prejudica o Erário e beneficia as teles no valor superior a 100 bilhões. Ivone do Touro,Juranda etc.. pense bem antes de fazer uma cagada em apoia esse pilantra pois estamos de olho em políticos enganadores.