Banner 1

terça-feira, 21 de março de 2017

Corpo de mulher grávida, encontrada carbonizada dentro de carro em Alto Paraíso de Goiás, ainda não foi identificado


O corpo de uma mulher, morta a quase um mês, ainda não foi identificado e pode ser sepultada como indigente. 

Uma mulher grávida, que foi encontrada morta e queimada, dentro de um carro, na GO-118, ainda não foi identificado.  

O corpo, com aparentemente de 6 meses de gestão, foi encontrado na altura do quilômetro 185 da GO 118, no município de Alto Paraíso, região nordeste de Goiás.

As características do corpo são de uma mulher de pele morena clara, cabelos levemente ondulados, estatura mediana, 75 quilos aproximados, com idade entre 25 a 30 anos.

Segundo a Polícia Técnica Cientifica de Formosa, no entorno de Brasília, o corpo estava dentro de um veículo, que havia sido carbonizado anteriormente e abandonado na margem da rodovia, e não apresentava ferimentos. 

Exames toxicológicos estão sendo aguardados para confirmar a causa da morte.

Segundo a coordenadora do 3º NRPTC de Formosa, familiares terão até o dia 27 de março para fazer a identificação e retirada, depois desse prazo o corpo será encaminhado para sepultamento no Cemitério de Alto Paraíso, município onde o corpo foi encontrado.

A secretária da Rede de Proteção Social de Alto Paraíso, Maiuza Leite, está fazendo uma campanha de divulgação, na tentativa de encontrar possíveis parentes e amigos da vitima, e já se prepara para cumprir a determinação do sepultamento, caso seja necessário, como indigente. 

Para maiores esclarecimentos, o telefone do IML de Formosa é 61 – 3631 2034

Com informações de O Vetor

Nenhum comentário: