Banner 1

quarta-feira, 29 de março de 2017

Conheça mais sobre o Projeto de Cavalcante Sustentável




Por Luiz Cláudio de Oliveira, 

A história recente demonstra que desenvolvimento sustentável não deve ser uma meta, mas um processo dinâmico e de adaptação, aprendizagem e ação, além de nos indicar que é necessário reconhecer, compreender e atuar nas suas múltiplas interconexões - especialmente naquelas entre a economia, a sociedade e o ambiente natural.

Hoje a globalização e as pressões sobre nossos recursos naturais demonstram que escolhas individuais podem ter consequências globais. Para muitos de nós, no entanto, os problemas dos sistemas econômico e social não se limitam às escolhas não sustentáveis, mas, principalmente, à falta de escolhas. 

A desigualdade entre ricos e pobres é abissal, e mais de um bilhão de pessoas ainda vivem na pobreza e não têm sequer acesso à água potável. 

Todos os dias, escolhas são feitas por indivíduos, empresas, governos e instituições. 

Nosso futuro comum reside em todas essas escolhas. Hoje as condições sociais e espaciais estão sendo completamente redesenhadas, em todo o mundo. 

É preciso planejar a longo prazo e, para isso, é necessário encontrar outras abordagens, com soluções que exigem, acima de tudo, convergência e complementariedade.

Estas são reflexões que embasam e conferem significado ao conjunto de esforços e iniciativas que estão sendo organizados e implementados no município de Cavalcante, Estado de Goiás. 

Cavalcante foi escolhido por um conjunto de parceiros como território emblemático para dar gênese a um conjunto de iniciativas que buscam minimizar os efeitos das policrises que assolam comunidades outrora esquecidas, como neste Município.

Neste sentido, diante de tamanho e tão significativo conjunto de desafios, uma rede de parcerias capitaneada pelo Instituto Espinhaço, pela Prefeitura Municipal de Cavalcante, pela Associação Sol, pelo Governo do Estado de Goiás e instituições como a UNESCO, a União Internacional para a Conservação da Natureza – IUCN, o ICLEI, dentre outros, está sendo desenvolvida no sentido de implementar, no Município de Cavalcante, uma singular plataforma de desenvolvimento sustentável, com foco e centralidade nas pessoas de Cavalcante.  

A plataforma proposta para Cavalcante está ancorada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS/PNUD e nas perspectivas do programa MaB/UNESCO, tendo em vista que o Município está inserido no território da Reserva da Biosfera do Cerrado – Goiás. 

Propomos ações sinérgicas e compartilhadas, em conjunto com a comunidade local, com o objetivo de encontrar novos caminhos para o desenvolvimento integrado do território e  que coloquem as pessoas no centro das propostas e ações, dado que a pobreza é o maior problema da sustentabilidade.

O programa Cavalcante Sustentável foi pensado e é praticado, de forma voluntária, em caráter solidário, com foco no grupal e agregador, inclusivo, transformador, de cunho espiritualista e sem vínculo religioso, que busca promover e exemplificar os valores humanos, a verdade e as corretas relações com todas as redes de Vida. 

Nosso propósito é edificado em parceria com as pessoas de boa vontade, incluindo a participação do setor público, ong’s, instituições e de organizações sociais, utilizando-se da capacidade criativa e transformadora do conjunto da sociedade. Buscamos exemplificar no território de Cavalcante o propósito de uma verdadeira mudança, com foco no Bem Viver, ou seja, buscamos viabilizar qualidade de vida ancorada em valores humanos e cidadania emancipadora, disseminando e promovendo felicidade e cultura de paz. 

Dentre os projetos que estão sendo implementados e Cavalcante, destacamos:

TURISMO SUSTENTÁVEL: Construção coletiva de um projeto de turismo sustentável, com foco no turismo de imersão e envolvimento, em sinergia com as perspectivas da Organização Mundial do Turismo e com as mais atuais tendências do atividade turística no cenário internacional;

DIÁLOGOS POSSÍVEIS: Encontros comunitários com o objetivo de promover o diálogo construtivo e promover reflexões estruturantes sobre a realidade do Município, bem como, apoiar a construção de alianças e alternativas para o desenvolvimento sustentável do território;

FLOR DA VIDA: Pesquisa e Desenvolvimento, com geração de conhecimento sobre o uso da medicina associada à etnobotânica e aos saberes tradicionais do Cerrado, conectando-os às pesquisas científicas com a proposta de uma medicina integrativa e de referência nacional, com atendimento gratuito aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social;

MESTRAS DOS QUINTAIS DO CERRADO: Resgate e ressignificação da culinária e gastronomia local, promovendo economia criativa e inclusão social a partir dos ativos ambientais do Cerrado e do capital humano de Cavalcante, visando resgatar a memória e a cultura do território;  

PROJETO DESPERTAR: Ética do cuidado e Apoio Psicossocial para famílias em situação de vulnerabilidade social, agregando ferramentas de psicologia social e promoção de cidadania e valores humanos;

DE MULHER PARA MULHER: Encontros, diálogos e perspectivas sobre o feminino e o papel da mulher para transformar o mundo. Este é um projeto de empoderamento feminino e de promoção de igualdade de gênero; 

AGRICULTURA VIVA: Produção agroecológica e orgânica, integrando a valorização dos produtos locais e um olhar integrativo entre agricultura, conservação ambiental, economia criativa, geração de renda e tecnologias sociais.

Enfatizamos a implementação de ações que apoiem as comunidades no enfrentamento de dilemas e das incertezas do presente e que ajudem a minimizar os efeitos  do esvaziamento de sentido e de propósito da vida, a apatia e a desagregação social,  as economias enfraquecidas e sem perspectivas, as alterações climáticas, as migrações, as formas de violência, dentre outros.

Estamos implementando, no município de Cavalcante, um programa demonstrativo e inédito: transformar o território por meio do empoderamento da comunidade, do sentido de pertencimento e valorização das memórias e dos saberes locais, com o fortalecimento da cultura, gerando cidadania e um claro sentido de ações comunitárias. 

Um dos pilares desta iniciativa é representado pelo Instituto Espinhaço, associação civil, sem fins lucrativos, de caráter científico, educacional e cultural que atua nas pautas de biodiversidade, cultura e desenvolvimento socioambiental. O Instituto Espinhaço possui membros em seis estados brasileiros (MG, DF, RJ, SP, RS, GO) e outros nove países, além do Brasil: Suíça, Alemanha, França, Portugal, Estados Unidos, Espanha, Índia, China e Itália. 

O Instituto Espinhaço atua, dentro de seus objetivos, na promoção da compreensão da dimensão cultural dos conflitos e dos dilemas; na identificação e proposição de novas possibilidades num quadro de incertezas; em ações de afirmação territorial; no desenvolvimento de novas práticas de sustentabilidade; na conexão de conhecimentos tradicionais e científicos e a construção de pontes entre propostas globais e ações locais.

Luiz Cláudio de Oliveira
Presidente do Instituto Espinhaço - Biodiversidade, Cultura e Desenvolvimento Socioambiental 

institutoespinhaco@institutoespinhaco.com.br

Nenhum comentário: