terça-feira, 28 de março de 2017

Desafio à Justiça: Ciro Gomes diz que vai receber Sergio Moro "na bala"



Ameaças à Chapada dos Veadeiros: avanço imobiliário e do agronegócio põem em risco a biodiversidade





Por Gabriela Lima, (O Popular)

A indefinição em torno da ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (PNCV)preocupa pesquisadores, que temem o cerco se fechando em torno do último grande remanescente de Cerrado em Goiás. 

Na última semana, o POPULAR visitou a região, no Nordeste goiano, e constatou o avanço da soja, dos parcelamentos imobiliários, além de queimadas e desmatamentos.

“Contraproposta não tem sentido ecológico”, diz coordenadora do WWF Brasil 
Secima nega impasse e fala em cronograma 
“Meu irmão foi desapropriado e morreu sem receber”, diz fazendeira

A conversão acelerada de áreas de Cerrado em campos de soja mudou completamente a paisagem às margens da GO-118, que liga o Distrito Federal à Chapada dos Veadeiros. 

Há poucos anos, os imensos tampes verdes de monocultura eram comuns apenas até o município de São João da Aliança. Agora, chama a atenção até a chegada a Alto Paraíso, o principal município da região.

Apesar do tempo chuvoso, vários focos de incêndios foram avistados. Na GO-239, rodovia que liga Alto Paraíso à Vila de São Jorge, onde fica a entrada do PNCV, o número de construções se multiplica. Novos loteamentos aparecem até bem perto da Cachoeira do Abismo.

Evitar o avanço ainda maior sobre um mosaico único de ecossistemas, riquíssimo em biodiversidade e recursos hídricos, é um dos principais objetivos da proposta de ampliação do PNCV, segundo o chefe do parque, Fernando Tatagiba.

Tatagiba critica a contraproposta apresentada pelo Secretário Estadual das Cidades e Meio Ambiente (Secima), Vilmar Rocha, que pede a retirada de várias áreas do projeto definido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

“Essa proposta baseada em critérios fundiários não atende os requisitos para a preservação. Retirou vários trechos da região do Pouso Alto, transformando o que era um contínuo de ecossistemas em uma paisagem fragmentada”, diz.

Para o chefe do parque, os recortes deixam vulneráveis locais de matas secas. Esse ecossistema está altamente ameaçado e atualmente não está representado dentro do limite atual do PNCV.

Sobre a polêmica em torno do não pagamento de terras desapropriadas há décadas, Tatagiba afirma que há um recurso de R$ 7 milhões para parte das desapropriações. 

“Também há o mecanismo de compensação de reserva legal como forma viabilizar a regularização ambiental de imóveis rurais, associada à regularização fundiária de unidades de conservação”, garante.

A decisão de ampliar o parque é do governo federal, mas é preciso um aval do governo do Estado. No dia 29 de novembro, Vilmar Rocha anunciou o aval apenas para 90 mil hectares (ha) dos quase 158 mil ha pleiteados. 

A contraproposta pegou de surpresa o ICMBio, que dava como certa a ampliação de uma área contínua em vez de uma “colcha de retalhos”.

“A gente já negociou, fizemos várias reuniões desde o ano passado com representantes do governo do Estado para compatibilizar a proposta com os diversos interesses da região, fizemos diversas concessões. 

É uma situação delicada e estamos aguardando o posicionamento do MMA”, afirmou o coordenador de Criação de Unidades de Conservação do ICMBio, Bernardo Ferreira Brito.

*A repórter viajou a convite da WWF Brasil

Fonte: O Popular

Cinco presos perigosos fogem da cadeia pública de Dianópolis (TO)


Cinco presos fugiram da Casa de Prisão Provisória de Dianópolis, no Sudeste do Tocantins, na madrugada deste domingo (26).

A fuga ocorreu por por volta das 2h, quando os detentos serraram as grades das celas e pularam o muro da unidade.

A polícia se encontra em diligência com intuito de recapturar os fugitivos, mas até esta terça-feira nenhum deles tinha sido localizado.

Os presos presos envolvidos na fuga são: Lucas Silva, Jhon Lenon dos Santos, Daniel Guedes dos Anjos, Carlos Eduardo de Lima Souza e Natan de Paula.

Qualquer informações a respeito, entrar em contato no (63) 3692-2315/2078/999210-1566,  a Secretaria de Cidadania e Justiça garantirá sigilo total das informações.

Texto: AMT Notícias

UFG abre inscrições para pós graduação gratuita


As inscrições para o curso de Especialização em Arte/Educação Intermidiática Digital ocorrem até o dia 27 de março apenas pelo site

As 240 vagas estão distribuídas nos polos Anápolis, Aparecida de Goiânia, Cavalcante, Goianésia, Posse e Uruana. 

O curso é direcionado para profissionais com licenciatura em qualquer área. No ato da inscrição o candidato deve enviar um texto com o tema: “Os desafios de ser professor na Educação Básica com a Internet”. 

As aulas começam em maio deste ano e vão até maio de 2019. A especialização possui carga horária total de 620 horas. 

Confira a grade do curso. Se interessou? Confira o edital

SERVIÇO:

Especialização em Arte/Educação

Inscrições até o dia 27 de março

Divulgação do resultado: 07 de abril

Início: 12 de maio

Fonte: Curta Mais 

Idoso morto em Brasília brigava há 25 anos na justiça por fazenda em São Domingos (GO)




A morte do idoso Jacinto Pereira de Sousa, de 81 anos, ainda é um verdadeiro mistério, ele foi morto em 20 de dezembro de 2016.

O idoso foi encontrado sem vida com carteira, dinheiro, celular e relógio. 

Segundo a reportagem da Record TV, exibida no início deste mês quem matou o idoso não queria roubar.

Seu Jacinto morava em uma casa na W3 sul na região central de Brasília, no dia 20 de dezembro ele saiu de casar para ir até a casa lotérica. 

A partir deste dia seu Jacinto não deu mais noticias para a família.

O corpo do idoso foi encontrado no dia 9 de janeiro de 2017 no setor de indústrias do Riacho Fundo II.

Segundo a reportagem, seu Jacinto brigava há 25 anos na justiça por uma fazenda no município de São Domingos, no nordeste goiano.

A fazenda fica localizada em uma região rica em minério e madeira, era um local onde políticos da região tinha interesse, segundo a reportagem da Record TV. A reportagem diz ainda que após todos esses anos seu Jacinto ganhou a causa na justiça.

A polícia civil do Distrito Federal investiga o caso. Com texto de Antônio Carlos 

segunda-feira, 27 de março de 2017

Morrem as gêmeas siamesas de Campos Belos, Sara e Sofia




Morreram, na madruga desta segunda-feira (27), Sara e Sofia, as duas bebês gêmeas siamesas de Campos Belos, nordeste de Goiás. 

Ambas as meninas estavam com cinco meses e de malas prontas para viajarem nesta semana para Goiânia, capital do estado, quando iriam iniciar os procedimentos preparatórios para a delicada cirurgia de separação, que poderia ocorrer no próximo mês de setembro. 

Prematuras, elas nasceram de 33 semanas, ligadas pelo abdômen e compartilhando o fígado. 

Ambas estiveram internadas na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de Goiânia, depois do nascimento, em 2 de setembro, mantiveram o estado de saúde regular e em recuperação, até serem liberadas. 

Na oportunidade,  o médico Zacharias Calil, especialista em casos de siameses, acompanhou o parto e monitorou o estado de saúde das siamesas. 

Ele afirmou que o quadro clínico delas estava muito melhor do que o esperado. No entanto, explicou que ainda era cedo para vislumbrar a cirurgia de separação.

O nascimento das gêmeas siamesas Sara e Sofia Alves dos Santos, no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia, repercutiu na imprensa estadual.

40 graus de febre

De acordo com a família, as gêmeas estavam bem, mas neste domingo amanheceram com febre, que chegou a 40 graus e com aspecto de uma gripe.

A família levou as gêmeas ao Hospital Municipal de Campos Belos (público) onde foram atendidas e liberadas, mesmo com febre alta. 

Ainda de acordo a família, o médico receitou medicamentos e as mandou de volta para casa. “Nem ao menos olharam a gargantinha das meninas”, disse um familiar. A febre não cessou, inclusive com os medicamentos receitados. 

À noite, a mãe colocou as crianças para dormir e hoje pela manhã, ambas amanheceram mortas.  

Obvio que ninguém quer procurar culpados pela morte das crianças. Mas há perguntas que tem que ser feitas.  

Como o hospital libera um paciente com 40 graus de febre? 

Não seria prudente colocá-las em observação, esperar a febre amainar e investigar as causas ? 

Esse teria que ser o procedimento para qualquer paciente. 

Agora imagine então, duas crianças siamesas, grudadas, pacientes de alto risco e com necessidade de acompanhamento especialíssimo?

O velório dos corpinhos das gêmeas siamesas está ocorrendo na casa da família, no Setor Bem-Bom, em Campos Belos. 

O sepultamento está previsto para ocorrer, no cemitério local, às 17h desta segunda-feira. 

sábado, 25 de março de 2017

Prefeitura de Campos belos emite Nota de Pesar pelo falecimento de "Lidinho"


A prefeitura de Campos Belos emitiu Nota de Pesar pelo falecimento do servidor aposentado Lídio José de Souza, ocorrido nesta sexta-feira (24).

Na Nota, o prefeito Eduardo Terra diz que vem "expressar o seu sentimento de pesar e prestar condolências à família". 

"Seu Lidinho" morreu aos 89 anos, ao que tudo indica, vítima de uma pneumonia. O sepultamento deve ocorrer na tarde deste sábado, no cemitério local. 

Assalto a ótica: foragido da Justiça de Campos Belos é preso pela Polícia Civil em Palmas (TO)


Policiais Civis da 2ª Delegacia de Palmas, comandados pelo Delegado Pedro Ivo Costa Miranda, com apoio de agentes da 5ª DP, coordenados pelo delegado Evaldo de Oliveira Gomes, efetuaram, na tarde desta sexta-feira, 24, a prisão de Artur da Silva Jacino, 19 anos de idade. 

Ele é suspeito de praticar um assalto a uma joalheria, em Campos Belos – GO, no dia 31 de janeiro de 2017, e foi capturado, mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado Pedro Ivo, após um intenso trabalho de monitoramento, policiais civis do Núcleo de Investigações Policiais da 2ª DP com apoio de investigadores da 5ª DP, obtiveram informações de que um foragido da Justiça da Comarca de Campos Belos – GO estaria residindo em Palmas.

Com base na informação, os agentes intensificaram as buscas e identificaram o indivíduo como sendo Artur da Silva Jacino. 

Ao realizar buscas sobre a vida pregressa do suspeito, os policiais civis descobriram que havia um mandado de prisão preventiva, em desfavor do mesmo, oriundo da Comarca de Campos Belos, pela prática do crime de roubo majorado.

Diante dos fatos, os policiais civis realizaram novas diligências e, na tarde desta sexta-feira, localizaram o paradeiro do indivíduo, o qual estava escondido na residência de sua mãe, na Quadra 806 Sul. 

Ao chegar ao local, os agentes deram voz de prisão a Artur e o conduziram a sede da 2ª DP, onde o delegado Pedro Ivo cumpriu a ordem judicial em desfavor do homem que, em seguida, foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), à disposição do Poder Judiciário de Goiás.

Fonte: Portal do Sudeste 

Paralisada desde 2010, construção de barragem no Rio Arraias será retomada


Na última sexta-feira, 24, os moradores de Arraias receberam uma boa notícia. 

O prefeito  de Arraias, Wagner Gentil pediu ao governo que resolva o problema das estradas que liga a outros municípios e da construção da barragem. ” Esperamos que isso seja resolvido na sua gestão”, afirmou.

Minutos depois chegou a informação de que acabou de ser aprovado a construção da barragem no Rio Arraias. ” Esta obra está paralisada desde 2010.

” Teremos condições de terminar agora”, afirmou o governador nesta sexta em agenda na cidade. A  bancada federal ajudou na liberação.

“Conseguimos hoje a manifestação daquele Ministério da Integração Nacional  no sentido da reabertura do convênio para conclusão da obra, aproveitando os recursos, no montante de R$ 16 milhões, que estão depositados na conta do referido convênio”, confirmou o secretário de representação do Estado em Brasília.

Fonte: Gazeta do Cerrado 

Segurança em Goiás é reforçada com mais 12 bases do Comando de Operações de Divisas, inclusive Campos Belos e Posse


O governo de Goiás determinou a implantação de mais 12 bases operacionais do Comando de Operações de Divisas (COD), da Polícia Militar, ainda este ano, completando 24 unidades em atuação no Estado. 

A força especializada de segurança é responsável pela fiscalização nas divisas do território goiano com outros estados.

Vão receber as novas bases os municípios de Águas Lindas de Goiás, Aporé, Catalão, Cidade Ocidental, Cristalina, Luziânia, Minaçu, Montividiu, Niquelândia, Porteirão, Serranópolis e Sanclerlândia. 

As 12 já existentes estão sediadas em Britânia, Cabeceiras, Campos Belos, Caçu, Chapadão do Céu, Corumbaíba, Goiânia, Itumbiara, Jataí, Uruaçu, Piranhas, Porangatu, Posse e São Miguel do Araguaia.

O trabalho intensivo do COD, de março de 2016 até março deste ano, resultou na apreensão de 14.089 ou aproximadamente 14 toneladas de drogas ilícitas. No período foram feitas vistorias em 6.939 veículos, recuperadas cargas roubadas no valor de aproximadamente R$ 1 milhão e de aproximadamente R$ 2,5 milhões em mercadorias contrabandeadas. 

Nesses doze meses também foram apreendidos mais de R$ 600 mil, procedentes de roubo em instituições financeiras, 307 pessoas presas em flagrante e recapturados 49 foragidos da Justiça.

Criado em 20 de abril de 2012, o COD completa em 2017 cinco anos de efetivo combate à criminalidade, atingindo índices nunca alcançados na apreensão de drogas e armas (tráfico doméstico e internacional), contrabando de pneus e de  cigarros, descaminhos e contrabandos diversos, combate intensivo à atuação de associações criminosas de roubo a instituições financeiras, dentre várias outras ocorrências, como recaptura de foragidos da justiça, recuperação de veículos furtados e intervenções para estabilização de crises em presídios. 

Fonte: Goiás Agora

Marcelo Miranda inaugura Colégio Militar de Arraias




A população de Arraias, na região sudeste do Estado, recebeu o governador Marcelo Miranda nesta sexta-feira, 24, e comemorou a inauguração do Colégio da Polícia Militar do município. 

A solenidade foi realizada na quadra de esportes da unidade com a presença da secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Sechim; do prefeito local, Wagner Barbosa Gentil; da deputada federal Josi Nunes; secretários de Estado e da comunidade escolar.

O governador ressaltou o empenho da equipe envolvida na implantação da unidade e fez um breve relato sobre a importância histórica de Arraias. “Essa cidade deixou um legado de pessoas no cenário nacional. 

A escola que inauguramos, hoje, vai somar com os investimentos em educação no Estado. Arraias tem tradição nessa área, daí a importância da implantação da Escola Militar. 

Assim como em Arraias, quero ver todas as escolas desse Estado em condições de oferecer uma educação de qualidade aos nossos alunos”.

Para a secretária de Estado da Educação, Wanessa Sechim, “Arraias conta com excelentes índices educacionais e a Escola Militar vai impulsionar o desempenho dos alunos locais. A disciplina apresentada nos colégios militares vai complementar o que já é ofertado pela Seduc”.

A diretora regional de Educação de Arraias, Leila Maria Florência França, disse que a cidade foi duplamente agraciada este ano, com o Colégio Militar e a Escola de Tempo Integral. 

“Essas escolas são diferenciadas não só pelo conteúdo programático, mas também pela capacidade de formação de cidadãos”.

O diretor da escola, capitão Marcos César de Almeida Pimentel, informou que a educação é o único meio para transformar a realidade de um lugar. 

A Polícia Militar está cumprindo uma atribuição constitucional e a cidade só tem a agradecer pela implantação da unidade educacional. ”A população arraiana tem que comemorar mais essa conquista, que foi iniciada ainda no mandato anterior de Marcelo Miranda”.

A Banda da Polícia Militar passou a fazer parte da escola e também vai trabalhar em parceria com a Universidade Federal do Tocantins, câmpus de Arraias, por meio do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e do programa Mais Educação. A escola também irá ofertar capoeira e aulas de reforço.

O Colégio

O Colégio Militar vai funcionar nas instalações da Escola Estadual Jacy Alves de Barros, que passou por reforma para adequações da nova instituição de ensino. 

A estrutura física é composta por sete salas de aula, laboratório de informática, uma sala para o programa Mais Educação, sala de música, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, setor administrativo e cozinha. 

A unidade conta com uma média de 350 alunos matriculados na segunda fase do ensino fundamental (6º ao 9º ano).

Gestão Inovadora

Os colégios da Polícia Militar ofertam cursos de nível médio, nas modalidades de Educação Profissional, de forma integrada, e a Educação Básica para alunos da rede estadual de ensino, por meio de estratégias inovadoras de gestão e operação de ações educativas, consorciadas entre a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes; e a Polícia Militar. 

As unidades possuem regimento interno e regulamento disciplinar próprios que atendem às propostas pedagógicas e disciplinares inerentes às unidades escolares militares.

Fonte: Governo TO

sexta-feira, 24 de março de 2017

Grande homem: Campos Belos perde "Seu Lidinho", uma memória viva da comunidade




Foi com muitíssimo pesar que hoje recebemos a notícia da morte de um dos primeiros habitantes da cidade de Campos Belos (GO).

Lídio José de Oliveira, o "Seu Lidinho", morreu aos 89 anos, ao que tudo indica, vítima de uma pneumonia. 

Ontem ele não estava se sentindo bem, pediu para ir ao médico. Passou bem a noite e a parte da manhã também.  

Comeu bem no almoço, mas no início da tarde desta sexta-feira (24), um dia muito triste para todos nós, seu coração, já fraquinho por conta da idade, não resistiu e parou de funcionar.

Lidinho nasceu em Arraias (TO),  mas desde menino morou em Campos Belos. Trabalhou por décadas na prefeitura, desde a administração de Xavier e se aposentou na gestão de Sardinha.

Amante da política e da coisa pública, sempre ia à prefeitura, sentava nos bancos próximo à banca de revista e ficava ali proseando sobre tudo. 

Adorava futebol. Flamenguista, gostava de discutir e assistir às partidas. 

Com este blogueiro, mantinha um amizade sincera, familiar, há mais de 40 anos. Nos últimos anos, bastava saber da notícia da nossa chegada à cidade ou ver o carro estacionado na porta da casa, era o primeiro a se apresentar para abraços e afagos. 

Os bate-papos eram longos e sobre tudo. Até sobre Lava-Jato e corrupção. 

Nosso último encontro foi no domingo de carnaval, quando ainda sensível em virtude da morte precoce de uma das filhas, alternava momentos de lucidez ou de lágrimas, ao contar, por quase duas horas, diversas histórias de Campos Belos das décadas de 30, 40 e 50, quando ainda era município de Arraias e depois Monte Alegre. 

Voltou às lágrimas inúmeras outras vezes quando prometi que na próxima viagem voltaria com uma câmera de filmagem de maior HD para eternizar e contar as suas histórias. Não deu tempo.

Personagem de livro   

Mas boa parte de suas histórias conseguiu ficar registrada pelas mãos de Samuel Aureliano de Silva e de Odiva Silva Xavier, quando o entrevistaram e publicaram o livro "Campos Belos, Sua história, Sua Gente". 

O livro histórico de Samuel conta que Lídio Sousa foi entrevistado em 1996. 

Nasceu em 18 de abril de 1927. Casado com Dona Iraci Rodrigues por mais de 6 décadas, teve 9 filhos: José Odemir, Josemir, Neurismar, Josemar, Josafá, Neuraci, Neurizete, Luziente e Eliete. 

Foi comerciante e funcionário da prefeitura, oficial de justiça e fiscal. Apaixonado por gado, mantinha sua fazenda, a Ingá, bem próxima à cidade. 

Ao longo de todos esses anos, tornou-se uma memória viva da cidade e da zona rual, "além da presteza constante para lembrar nomes e fatos", conta Samuel Xavier. 

Sobre as eleições da década de 50 e 60, dizia que "Quem não tinha cavalo, vinha a pé para votar. Naquele tempo o candidato usava dar ao eleitor o chapéu, a roupa, a botina, tudo. Se não desse, não votava. 

O primeiro caminhão que apareceu aqui foi de Xavier. Ele era condutor de eleitores,  porque tinha caminhão. Mas de primeiro, quando não tinha, vinha de cavalo votar. 

O primeiro adversário dele aqui foi Chiquinho Cardoso. Xavier foi eleito (prefeito) duas vezes. A primeira em 1954, quando ele disputou com Chiquinho Cardoso e depois, a segunda, foi com Ranulfo", disse Lídio ao livro de Samuel e Odiva.    

Falava dos crimes famosos, dos coronéis da cidade, das prisões históricas, das secas e cheias, das importações de sal de Barreiras, das exportações de couro para a Bahia, das várias caravanas de burros que atravessaram os sertões, ou das viagens a cavalo para Arraias, que não tinha estradas, para simplesmente levar uma abóbora para o coronel da cidade vizinha. 

Lidinho morou a vida toda na Rua Sete de Setembro, centro da cidade, onde deixou muitos e intensos amigos, por sua bondade, educação, honradez, honestidade e respeito imenso a todos. 

Só nos resta lamentar a perda de tão estimada pessoa. Desse grande homem que nos deixam órfãos de serenidade e da sabedoria dos idosos. 

A Dona Iraci, aos seus filhos, netos, bisnetos, os nossos sinceros sentimentos de pesar. Mas  saibam todos, se isso conforta, que nosso querido Lidinho construiu uma belíssima história de vida. 

Viveu quase 90 anos e compartilhou a sua felicidade. Que Deus conforte o coração de todos. 

Com o coração apertado, peço desculpas e informo que não poderei comparecer ao sepultamento, mas o meu povo em Campos Belos não medirá esforços para o apoio necessário. 

O sepultamento, segundo a família, está previsto para ocorrer nesta sábado, às 17 horas. As celebrações fúnebres e o velório estão ocorrendo na casa da família.

Com a colaboração de Jefferson Victor

Quebrando Tabus



Secretária de Ação Social participa, em Goiânia, do lançamento do projeto “Criança Feliz”.


O governador Marconi Perillo assinou, na tarde de segunda-feira, 20, em evento na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE), termo de adesão ao programa Criança Feliz, do governo federal.

Durante a solenidade, ele e o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, ressaltaram que os programas sociais existentes em Goiás auxiliarão o Criança Feliz, que consiste no acompanhamento multidisciplinar de crianças carentes cujas famílias são beneficiárias do programa Bolsa Família. 

A secretária da Assistencial Social de Campos Belos, Leuzinete Pereira, participou do evento e ressaltou que essa ação irá colaborar para a melhoria do atendimento as crianças de famílias beneficiárias dos programas Bolsa Família e do BPC (Benefício de Prestação Continuada) no município. 

O acompanhamento dos filhos dessas famílias incluem crianças de zero a três anos de idade (Bolsa Família) e de zero aos seis anos para os filhos de famílias do BPC. 

O Criança Feliz é um programa de acompanhamento semanal domiciliar das crianças, feito por profissionais qualificados, que farão avaliação médica, pedagógica e psicológica. 

Também participaram do evento a primeira-dama do estado, Valéria Perillo, que é madrinha do programa em Goiás, a secretária Cidadã, Lêda Borges e o vice-governador José Eliton, além de secretários estaduais, deputados e outras autoridades. 

Fonte e texto: Prefeitura de Campos Belos 

A visita do Governo em Arraias, o outro lado



Por Oscar Neto,

O governador Marcelo Miranda, retorna em Arraias depois de quase 11 anos( 4 anos do seu último governo + 4 anos do governo Siqueira Campos + 2 anos e 3 meses da atual gestão). 

No período eleitoral não esteve por aqui, até mesmo na época fizemos um debate promovido pelo SINTET- Regional Arraias tendo como mediador esse blogueiro Dinomar Miranda, onde o mesmo não compareceu.

Pois bem vamos pontuar:

A rodovia é uma obra antiga, desde a criação do estado não havia passado por uma recuperação de tamanha magnitudes, está em ótimas condições;

A escola a qual  recebia o nome da professora Jacy Alves de Barros teve o seu nome retirado sem nenhuma informação passada a família. 

Da mesma forma que existe um trâmite para homenagear deveria ter o mesmo gesto para tirar o nome, deveria ter dado exemplo.

Seca, barragens, cacimbas... 

O barramento do rio Arraias é uma obra que acabaria com o problema hídrico do município, ai sim uma grande obra, uma grande ação, uma obra iniciada ainda no primeiro governo do Marcelo Miranda, mas o TCU recomendou a suspensão.

Diante de tanto ostracismo, chego a pensar que Arraias não é Tocantins, pois pouco existe de ação efetiva da atual gestão por aqui, ação inclusive da ação social.

Nos resta chegar 2018 e aguardar, pois o povo continua querendo a terra prometida e não quer pagar o preço.

A Cooperativa agrícola de Campos Belos vai cadastrar os trabalhadores rurais de Teresina de Goiás




Por Evônio Madureira, 

A reunião foi convocada por meio de convite da diretoria da cooperativa com apoio do professor José Lino, que atualmente coordena um grupo informal de 28 pequenos produtores rurais de Teresina de Goiás. 

A reunião aconteceu na manhã de quarta(22) na Câmara de Vereadores de Teresina de Goiás. 

Além dos trabalhadores rurais, estiveram presentes na reunião os vereadores Ramon Diniz, Martinho Soares da comunidade Kalunga da Diadema, Gerson Justino e o presidente da casa, vereador Valdemi Pereira Lopes, o popular Binga e o secretário da Agricultura, senhor Ademir. 

Também compareceram várias lideranças comunitárias ligadas ao Território da Cidadania Chapada dos Veadeiros. A Coopercampos foi representada pelo presidente da Adolfo Siqueira, Vice-Presidente professora Francielle Oliveira Braz e do Secretário Evônio Madureira.

Adolfo disse que levou três anos para os registros da cooperativa ficarem prontos. 

A partir de janeiro deste ano a cooperativa iniciou o cadastro de inscrição de sócios para formar o quadro societário da cooperativa e identificando a produção de cada um para vender a quota de 30% da produção para as escolas do estado e do município por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar e Programa de Aquisição de Alimentos.

A cooperativa está lutando pela criação da Lei do SIM – Sistema de Inspeção Municipal em Campos Belos. 

Esta lei é indispensável para liberação de produtos de origem animal (carnes em geral, leite e derivados, ovos, enlatados e embutidos), e colocar os produtos no mercado. 

O presidente fez um resumo dos objetivos da cooperativa para buscar meios de beneficiar os cooperados com cursos que de interesse coletivo, incentivar a instalação de miniagro indústrias locais, embalagem e rótulo dos produtos. 

Adolfo disse que os futuros cooperados não precisavam se preocupar com o pagamento das quotas partes exigidos pelo estatuto. 

O presidente disse que só depois que o produtor estiver cadastrado e vendendo seus produtos é que passaria a pagar as cotas. 

Durante a fala do presidente, a professora Francielle fez questão de dizer que ela estava engajada neste projeto por acreditar na união das pessoas em produzir diversas variedades de alimento sem utilização de veneno. 

Francielle leciona para alunos do curso de agroecologia na UEG de Campos Belos e tem larga experiência nos tratos culturais e ensina aumentar a produção e como preservar o meio ambiente. 

Antes de encerrar sua fala, Francielle ofereceu um curso de graça para os trabalhadores rurais que se interessarem na melhoraria e aumento da produção e na preservação das águas. 

O presidente da Câmara Vereador Binga disse que a câmara está pronta para ajudar os produtores rurais e sugeriu uma reunião com o prefeito Josaquim Miranda para discutirem a aprovação da Lei do Sim. 

O vereador também recomendou que fosse elaborado o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável para atender melhor os produtores rurais. 

O professor José Lino ficou responsável pela articulação da reunião com precisão de acontecer até o dia 05 de abril deste ano.

Ao final da reunião os 28 trabalhadores rurais presentes ficaram sócios da cooperativa. Todos são pequenos proprietários rurais que moram próximos da sede do município de Teresina de Goiás. 

Eles ocupam uma área de mais ou menos de 120 hectares onde produzem grande variedade de produtos como a mandioca (farinha e polvilho), cana (rapadura e açúcar mascavo e pinga), milho, feijão, amendoim, gergelim, hortaliças em geral, frango, carnes bovina e suína e frutas em geral que são vendidos no comercio local. 

Com o ingresso na cooperativa, os produtores rurais de Teresina de Goiás, esperam começar a vender seus produtos para as escolas a partir do mês de abril deste ano.

Site Antagonista: Lula sacou R$ 13 milhões da conta propina


Com exclusividade, o site Antagonista informou agora pela manhã que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, em menos de dois anos, sacou 13 milhões de reais de sua conta corrente no departamento de propinas da Odebrecht.

Leia a íntegra da publicação

Brasília: mais um suicídio no shopping Pátio Brasil


No início da tarde desta quinta-feira (23/3), um homem de 46 anos se jogou do terceiro piso do Shopping Pátio Brasil, na Asa Sul. Segundo testemunhas, na escadaria do andar há um vão, de onde ele teria pulado.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados. Três viaturas e 13 militares prestaram os primeiros atendimentos. 

A vítima foi transportada para o Hospital de Base do Distrito Federal, no Setor Médico Hospitalar Sul, em estado grave. No entanto, segundo a Polícia Civil, morreu pouco depois.

Procurada pela reportagem, a assessoria do Pátio Brasil confirmou o fato, mas disse que mais detalhes sobre a ocorrência deveriam ser passados pelos bombeiros. A morte do homem é tratada como suicídio pela Polícia Civil.

A corporação vai instaurar inquérito para apurar o caso. Testemunhas serão ouvidas e as imagens do circuito interno de segurança do shopping serão examinadas. Ao final, os investigadores vão elaborar um relatório.

O Pátio Brasil já foi palco de outros suicídios. Em 2010, depois do 13ª ocorrência, a Justiça deu carta branca para a administração do shopping fechar a área externa do centro comercial. A construção havia sido embargada pelo GDF.

Antes disso, após ser procurado por um pai de um rapaz que havia se matado no shopping, o desembargador do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) Roberval Casemiro Belinati provocou o Ministério Público a intervir na situação e exigir do shopping medidas concretas para evitar novos casos de suicídio.

Busque ajude

Está passando por um período difícil? 

O Centro de Valorização da Vida (CVV) pode te ajudar. A organização realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Telefone: 141
Site: http://www.cvv.org.br

Fonte: Metrópoles 

Já Publicamos 

Carta do pai de um jovem suicida



Equipe de combate a endemias faz trabalho de prevenção no Distrito do Pouso Alto



Equipes da área de combate a endemias de Campos Belos estiveram no Distrito de Pouso Alto, realizando o trabalho de orientação e também atuando na eliminação de focos do Aedes em todos os imóveis. 
Na finalização dos trabalhos, as equipes realizaram o borrifamento de produtos que agem contra o mosquito por todo o distrito.
Segundo a prefeitura de Campos Belos, o objetivo foi manter o constante monitoramento do município quanto ao índice de infestação e, através de ações educativo e preventivas, orientar e motivar os moradores a eliminar de maneira correta os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue.

Arraias (TO): Marcelo Miranda entrega recuperação asfáltica e inaugura Colégio Militar nesta sexta-feira


O governador Marcelo Miranda (PMDB) entrega nesta sexta-feira, 24, a restauração de trechos da Rodovia TO-050, cisternas do programa Água Para Todos e inaugura a unidade IV do Colégio da Polícia Militar, na cidade de Arraias. 

A programação inicia a partir das 8 horas, em Natividade. De lá, a comitiva seguirá para o povoado Príncipe, onde percorrerá o trecho da rodovia restaurada.

Ao todo, são mais de 170 quilômetros de rodovia de boa qualidade que interligam o povoado Príncipe, Conceição do Tocantins e Arraias ao Rio Bezerra, na divisa com o Estado de Goiás.

Além dos serviços de reabilitação e reforço estrutural no pavimento asfáltico, a via também recebeu melhorias no sistema de drenagem e na sinalização. 

As obras fazem parte do convênio entre o governo do Tocantins Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) e o Banco Mundial, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), na modalidade Contratos de Reabilitação e Manutenção (Crema).

Colégio Militar

Em Arraias, o governador inaugura o Colégio da Polícia Militar Unidade IV. A solenidade está marcada para as 12 horas, com a presença da secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, autoridades regionais e a comunidade escolar.

A unidade irá funcionar nas instalações da Escola Estadual Jacy Alves de Barros, que passou por uma reforma para adequações da nova instituição de ensino. 

A estrutura física é composta por sete salas de aula, laboratório de informática, uma sala para o programa Mais Educação, sala de música, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, setor administrativo e cozinha. O Colégio conta com cerca de 340 alunos matriculados na segunda fase do ensino fundamental (6º ao 9º).

Cisternas e barragens

Na programação, também serão entregues 1054 cisternas e 10 pequenas barragens. Os reservatórios, que visam beneficiar moradores da zona rural que enfrentam problemas com a estiagem, têm capacidade para armazenar 16 mil litros de água captada das chuvas e são oriundos de parceria do Ministério da Integração Nacional com o Governo do Tocantins.

(Com informações da Secom Tocantins)

Crime Organizado: Ministério Público de Goiás oferece denúncias contra 37 envolvidos em roubos de carga. Ação também ocorreu em Campos Belos


Como desdobramento da Operação Hicsos, deflagrada em fevereiro deste ano, pelas Polícias Federal, Rodoviária Federal e Militar e com apoio do Ministério Público de Goiás, foram denunciados 37 envolvidos em roubos a cargas de alto valor no Estado de Goiás. 

O promotor de Justiça Leonardo Seixlack Silva, da 12ª Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia, ofereceu três denúncias contra 37 envolvidos em crimes de organização criminosa armada, roubo circunstanciado pelo concurso de pessoas, emprego de arma, restrição de liberdade da vítima e transporte de veículo automotor para outro ente federativo; receptação qualificada e lavagem de dinheiro. 

Dos denunciados, 36 estão presos cautelarmente por decisão da juíza Ana Cláudia Veloso Magalhães, da 2ª Vara Criminal de Aparecida de Goiânia.

A operação foi deflagrada após decisão judicial da magistrada, que expediu 82 mandados judiciais, dos quais 37 mandados de prisão preventiva, 14 de condução coercitiva e 31 de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade, Bela Vista, Leopoldo de Bulhões, Alexânia, Morrinhos e Campos Belos, além do Distrito Federal.

Foram denunciados Adalton Fernandes de Araújo, Adriano Emerenciano da Silva, Aislan Augusto Rosa Cunha, Anderson Ribeiro Venâncio, Bruno Rodrigues Pereira, Caio Cesar de Sousa Vilela, Danillo Hilário Ribeiro, Diego Richard Gonçalves Ferreira, Edilazio Targino, Esequias Gomes de Araújo, Fabrício de Freitas, Gabriel Olegário da Silva Souza, George Alberto Soares Britici, Guilherme Ferreira da Silva, Guilherme Tomaz de Almeida, Gustavo Mendes Barbosa, Ítalo Vieira Gomes e Jhonatas Kassiano Alves Rodrigues.

Denunciados 

Na relação dos denunciados constam ainda João Carlos da Silveira Dourado, João Paulo Tomaz Brasileiro, Joquian Gomes da Silva, Kaique da Silva, Kelvin Bruno Neves Alencar, Lucas Pereira, Luiz Felipe do Prado Braga, Manoel Ailton Fernandes, Manoel Aveny Pinheiro de Souza, Marcelo de Azevedo Felipe, Marineide Alves Pereira, Marlon Batista Carneiro, Michel Lourenço da Silva, Robson Vieira Rosa, Sabrina Gabrielle Lopes Alves, Sandro Mendes da Costa, Peterson Vitor Pimenta de Queiroz e Thierry Niagara Fernandes.

Fonte e texto: Diário da Manhã

Pequenos empresário: Sebrae de Posse (GO) oferece cursos para acesso a financiamento



O Sebrae Goiás informa, por meio da Regional Nordeste, que promoverá as seguintes ações:

- Oficina Orientação sobre Acesso a Financiamento, dia 29/03/2017, das 18h30 às 22h30, em Posse;

- Oficina Orientação sobre Acesso a Financiamento, dia 30/03/2017, das 18h30 às 22h30, em Alvorada do Norte; e

- Seminário de Crédito - Mais Oportunidades para a sua empresa crescer, dia 06/04/2017, das 9h00 às 12h00, em Posse.
             
Vagas são limitadas!

Para realizar a inscrição, o interessado deverá acessar http://vendas.sebraego.com.br/InscricoesOnline/Catalogo/ListaEventos.aspx ou entrar em contato com a Regional Nordeste do Sebrae Goiás, através do e-mail regionalnordeste@sebraego.com.br ou telefone (62) 3481-9300.

Durante incêndio, Idoso morre após inalar fumaça, em São João da Aliança (GO)


Um idoso de 63 anos morreu, na madrugada desta quinta-feira (23), na cidade de São joão da Aliança, nordeste de goiás, após seu quarto pegar fogo. 

De acordo com o sargento Elias Alves, da Polícia Militar, era por volta das cinco horas da manhã, na quadra 115, lote 11, Boa Esperança, quando familiares perceberam o incêndio.

Apesar do socorro, Manoel Antônio de Faria perdeu a vida, possivelmente asfixiado pela fumaça do incêndio que se originou no quarto onde dormia separado da residência principal.

Quando a equipe da PM chegou ao local, encontrou o ambiente com uma densa fumaça. 

Os familiares que ali se encontravam afirmaram que tinham apagado o incêndio e socorrido a vítima ao hospital, mas o idoso não resistiu e morreu logo depois. 

Ainda segundo Elias Alves, o médico plantonista disse que a vítima havia inalado muita fumaça e constatou ainda queimaduras de segundo grau nos membros superiores.

O idoso Manoel Antônio tinha limitações na fala e audição e dificuldades para se locomover.

Era hábito dele fumar sempre um cachimbo antes de ir dormir.

O IML de Formosa foi acionado para providencias de praxe.

Mulher procura pelo primo, que pode ser de Campos Belos


"Peço licença ao dono da página, para fazer essa publicação,

Me chamo Meire e estou a procura de um primo que se chama Cláudio Isaías de Oliveira, filho de João Enéias de Oliveira e Isabel Cristina. 

Não sei ao certo o sobrenome da sua mãe, pois,  já é falecida.

Meu tio teve um AVC e não consegue se comunicar.  

Antes de sofrer esse AVC, ele estava decidido a procurá-lo, mas não conseguiu.  
Falei que iria ajudá-lo, mas não peguei os dados necessários para isso; só tenho essa foto para identificação. 

Meus parentes dizem que o sobrenome da mãe é Rodrigues ou Silva, mas também não tem certeza. 

Ele foi criado por uma tia chamada Ana Rita. Seu avô se chamava Basílio. 

A família de sua mãe era natural Campos Belo (GO). 

Uma parte de seus familiares residiam em Planaltina (DF) como suas tias Ana Rita e Maria do Socorro. 

Meu tio teve contato com ele até os 13 anos. Daí pra cá não teve mais nenhum contato,  pois ele morava em Teresina Piauí e a distância contribuiu para isso. 

Meu tio já está idoso, e se encontra postado em uma cama. 

Sei, que ele precisa revê-lo e pedir seu Perdão. 

Por favor, se alguém conhece esse garoto que hoje já é um homem de mais ou menos 39 a 43 anos.

Me ajude a aliviar a angústia de meu tio. 

Peço que der um Up para não sumir ou compartilhem por favor. 

Contato para informações: 61-991278651"

Colégio da Polícia Militar será inaugurado em Arraias nesta sexta, 24



O Governo do Estado inaugura nesta sexta-feira, 24, às 11 horas, o Colégio da Polícia Militar (CPM), no setor Campinho, em Arraias. 

Na solenidade estarão presentes  o comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, a Secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, além de autoridades civis e militares. 

O Colégio da Polícia Militar - Unidade IV funcionará nas dependências da Escola Estadual Jacy Alves de Barros que atualmente conta com 340 alunos matriculados do 6º a 9° ano. 

A unidade escolar passou por reformas e adequações para receber a comunidade escolar do CPM. 

O diretor da unidade de ensino, capitão Marcos Cezar de Almeida Pimentel, comentou sobre a importância da implantação do CPM na região. 

“A implantação do Colégio da Polícia Militar em nosso município faz parte da concretização de uma demanda social. Sendo assim, a realização de um sonho antigo da comunidade local que traz expectativas para nossas crianças tanto no crescimento intelectual e profissional. Além de resgatar  valores éticos e morais”, salientou o diretor. 

O CPM contará ainda com a execução do Programa Mais Educação, oriundo do Governo Federal, no qual por meio de atividades extracurriculares os alunos terão reforço escolar e iniciação musical. 

O efetivo da Banda de Música da 1º Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foi transferido para o CPM e irá compor o quadro de orientadores disciplinar da escola. 

Serviço 

Data: 24/03/2017 

Horário: 11 Horas 
Local: Rua 03, Qd F, Lt 04, Setor Campinho, Arraias-TO 

quinta-feira, 23 de março de 2017

"Recomendo a leitura mais aprofundada de autores que fazem uma leitura crítica do nosso subdesenvolvimento"


"Bom dia, Dinomar, 

Seu trabalho como jornalista é de grande utilidade, informa acontecimentos de uma realidade e região que estava na invisibilidade. 

No entanto gostaria de tecer uma crítica, mesmo considerando sua formação profissional, experiência e títulos observa-se que suas convicções são ancoradas em argumentos rasos, recomendo a leitura mais aprofundada de autores que fazem uma leitura crítica do nosso subdesenvolvimento a partir de uma visão humanista e solidária c o sofrimento do povo que está à margem e que escreveram e tentaram concientizar a respeito do que condicina a nossa América a uma realidade crônica de subdesenvolvimento: Darcy Ribeiro, Anísio Teixeira, Celso Furtado, Caio Prado Junior, Boaventura de Souza Santos, Eugenio Zaffaroni e muitos outros. 

Surpreendente o fato de vc nada ter comentado a respeito da condução coercitiva empreendida contra um blogueiro pelo Sr. Dr. Moro que age como um déspota. 

Aliás também deveria comentar a respeito da política de conteúdo nacional, das implicações econômicas dos desdobramentos da lava jato, da destruição do setor exportador de carne e derivados que vão afetar de maneira consistente a economia já combalida do nordeste goiano. 

Manifesto o meu respeito pelo seu trabalho, mas sinceramente poderia melhorar em conteúdo, pois concordo com a sua visão que a imparcialidade é uma falácia. Abraço." 

Comentário em: 

"Não é suficiente ter um blog" para ser jornalista, diz assessoria de Moro


terça-feira, 21 de março de 2017

Promotora e representantes de Alto Paraíso, Campos Belos, Colinas do Sul, Divinópolis, Monte Alegre e São Domingos tomam posse na Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano




“É com muita emoção que assumo hoje a cadeira de n° 22 da Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano, como representante do município de Cavalcante. 

Espero contribuir de maneira efetiva e real no desenvolvimento de projetos inovadores, que irão enriquecer não só a nossa cultura local, onde atuo, bem como toda a nossa região”.

Estas foram algumas das palavras da promotora Úrsula Catarina Fernandes da Silva Pinto, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Cavalcante, em seu discurso de posse como membro efetivo da Academia de Letras e Artes do Nordeste Goiano (Alaneg).

A sessão solene aconteceu neste sábado (18/3), no Ginásio de Desportes Nikelson Fulgêncio Taveira, em Monte Alegre de Goiás.

Além da promotora Úrsula Catarina, também foram empossados representantes dos municípios de Alto Paraíso de Goiás, Campos Belos, Colinas do Sul, Divinópolis, Monte Alegre de Goiás e São Domingos.

Prestigiaram a cerimônia representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário dos municípios.

A indicação é um reconhecimento do trabalho desempenhado pela promotora em prol da comunidade local. Úrsula Catarina é a titular da 1ª Promotoria de Cavalcante há 20 anos, com atuação destacada na defesa dos direitos dos quilombolas.

O projeto Bem Educar Cavalcante, desenvolvido pela promotoria local, foi um dos vencedores do Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de 2014. 

A iniciativa, que ficou em 4º lugar na categoria Profissionalização da Gestão, promoveu a aproximação da Promotoria de Justiça com a comunidade calunga do Vão das Almas e os poderes públicos, discutindo as principais reivindicações na área da educação.

“E por que a educação? Percebo a educação como um instrumento de transformação da realidade social, através do empoderamento que o conhecimento confere”, destacou a promotora em seu discurso de posse. 

Como sua patronesse, a promotora elegeu a artista plástica Goiandira Ayres do Couto (in memoriam). 

De acordo com ela, “primeiramente, por ser mulher, e também, por sua arte - a pintura em óleo e, mais tarde, com a areia multicolorida, da linda Serra Dourada-, que encantou não só a histórica cidade de Goiás, nas suas ruas e becos, serras, paisagens e casarões, levando a artista a ser reconhecida internacionalmente”.

Compromisso cultural

Úrsula Catarina foi ainda a escolhida entre os empossandos para proferir o juramento de posse. 

Em sua fala ela, reiterou os compromissos de reconhecimento, valorização e preservação da cultura do Nordeste goiano.

A academia também conferiu, durante a cerimônia, o Certificado e Medalha da Ordem do Mérito e Cidadania Cerratense do Planalto Central João Guimarães Rosa e o Troféu Acadêmico Cora Coralina. 

Entre as homenageadas esteve a juíza de direito de Palmas Célia Regina Régis, natural de Monte Alegre de Goiás. Coube à juíza conferir a posse à promotora Úrsula Catarina.

Apresentações culturais

Em sintonia com a proposta da academia, a cerimônia contou com apresentações artísticas de canto lírico, violino, saxofone e recitação de poesia. Uma bênção ecumênica também foi proferida pelo novo membro da academia, o padre e filósofo Joacir D'Abadia. 

Para a promotora, foi ainda um momento de destaque as palavras da matriarca da comunidade quilombola, Procópia dos Santos Rosa.

A mesa diretiva foi composta por diversas autoridades, entre elas os prefeitos Alex Santa Cruz (Divinópolis), Carlos Eduardo Pereira Terra (Campos Belos), Joaquim Miranda (Teresina de Goiás), Josemar Saraiva (Cavalcante) e Juvenal Fernandes de Almeida (Monte Alegre de Goiás).

Estiveram presentes ainda o diretor da Editora Kelps, de Goiânia, Antônio Almeida; o presidente do Conselho de Patrimônio de Planaltina (DF) Nilvan Vasconcelos; o comandante da Polícia Militar de Campos Belos, major Leandro Ferreira Carvalho; o delegado Regional de Campos Belos, Carlos Eduardo Florentino da Cruz, além da presidente de honra da Alaneg, Vera Pereira Couto; do secretário-geral da academia, Xiko Mendes, o diretor-financeiro, Reinaldo Filho Vilas Boas Bueno, e a presidente da Alaneg, Iêda Vilas Boas. 

Participou ainda da cerimônia o juiz de Campos Belos, Fernando Marney de Carvalho, diversos vereadores, entre eles o presidente da Câmara de Cavalcante, Rui Maciel.

Fonte: MPGO

De Campos Belos (GO): Escolinha K10 mede forças com o Goiás e Atlético Goianiense

Por Morgana Tavares, A Escolinha de Futebol K10, presidida pelo ex-jogador de futebol profissional Kássio Fernandes, compareceu pe...