Banner 1

Banner 1

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Seis mortos em Palmas (TO) durante confronto com a Polícia. Um deles usava tornozeleira eletrônica




Atenção: as imagens são fortes


Um dos cinco mortos no confronto com a Polícia Militar (PM), que aconteceu na noite de ontem, era Francisco Pereira de Jesus que usava tornozeleira eletrônica. 

O reeducando foi inicialmente preso por porte ilegal de arma e estava em regime aberto desde 17 de dezembro do ano passado. A Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju) informou que ele era monitorado e estava proibido apenas de frequentar bares e casas noturnas.

Os mortos, segundo a PM, seriam integrantes da facção criminosa Comando Vermelho. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Caso

A PM recebeu a informação de que ocupantes de um veículo estariam atirando contra outro carro na Quadra 303 Norte, onde um homem foi morto alvejado pelos suspeitos.  

Após a constatação do crime, os militares encontraram os suspeitos dirigindo em alta velocidade na Avenida NS-01, na altura da Quadra 103 Sul. 

Durante a  perseguição policial, os suspeitos realizaram diversos disparos contra a viatura da polícia. A PM revidou. 

Quando o tiroteio parou os militares verificaram que os cinco homens estavam feridos. 

Eles chegaram a ser levados para o Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiram aos ferimentos.

Fonte e texto: Jornal do Tocantins

Nenhum comentário:

Postar um comentário