Banner 1

Banner 1

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Prefeito de Campos Belos se reúne com dirigentes da Coopercampos. Abatedouros de aves e bovinos é uma das propostas





Por Evônio Madureira,

O prefeito de Campos Belos, Eduardo Terra, esteve reunido com os dirigentes da Cooper Campos – Cooperativa Agrícola de Campos Belos. 

A reunião aconteceu no último dia 31 de janeiro, no Sindicato Rural de Campos Belos a convite de Adolfo Siqueira, atual presidente da cooperativa, juntamente com Fátima Fabiana (Fafá), Tesoureira e Evônio Madureira, Secretário Geral e diversos cooperados.  

Também participaram da reunião, o ex-prefeito Fernando Terra, lideranças políticas, a ex-presidente da APROTOURO - Associação dos Pequenos Agricultores da Fazenda Touro e Região, a Vereadora Ivone, o presidente do Sindicato Rural, Wesley, diversos produtores rurais e pecuaristas do município. 

O secretário da Agricultura Helio Cruz recepcionou a todos e fez a leitura das propostas da Cooperativa, ao tempo em que o presidente Adolfo fazia as justificativas de cada ação que eram comentadas pelos demais membros participantes. 

Entre as principais propostas para promover o Desenvolvimento Rural Sustentável do município, a cooperativa solicitou ao prefeito Eduardo a doação de um terreno para construção da sede da cooperativa. 

O prefeito prometeu estudar a possibilidade.

Conheça as principais propostas da Coopercampos feitas Prefeito Eduardo Terra:

- Indicação dos nomes para composição do Conselho Municipal Rural Sustentáve;

- Elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário;

-Cadastro das propriedades rurais;

Mapeamento das estradas da zona rural;

Identificação e diagnóstico logística e produção; 

Instalação de agroindústrias (fábricas de fécula, rapadura, açúcar mascavo, queijos, toucinho defumado, pupa de fruta, produção de óleos de coco, pequi e buriti, panificação em geral);

-Abatedouros de aves e bovinos;

Instalação de granjas de galinha caipira;

-Implantação dos Programas PANE e PA;

Garantia do cumprimento da Lei Federal que obriga as prefeituras comprarem 30% da produção de Agricultura Familiar para Alimentação Escolar;

Incentivo para implantação do Programa Nacional do Crédito Fundiário;

- Implantação de Lavouras comunitárias no Povoado Barreirão e no Distrito do Pouso Alto;

- Parceria com a prefeitura para deliberação sobre o uso das máquinas do PAC-II;

- Melhoria e manutenção das estradas;

- Construção de barragens;

- Liberação do Caminhão do PAC-II para transporte de insumos, sementes e produtos alimentícios para a Feira do Produtor;

- Criação da Lei do SIM - Serviço de Inspeção Municipal;

- Criação do Fundo Municipal da Agricultura;

- Capacitação de servidor do município junto ao INCRA para atendimento dos produtores rurais;

- Participação no PRONAT TERRITORIAL Programa Nacional do Fortalecimento da Agricultura Familiar Territorial;

O prefeito Eduardo Terra sinalizou positivo para todas as propostas e disse que vai trabalhar para que todas as ações sejam executadas ao longo dos próximos quatro anos. 

Eduardo disse que neste primeiro ano de mandato vai trabalhar com o orçamento que foi aprovado pela Câmara de Vereadores no ano passado e que tem poucos recursos previstos para promover o desenvolvimento rural do município. 

Mesmo assim, buscará parceiras com a iniciativa privada e com os órgãos públicos dos governos estadual e federal para fortalecer a agricultura familiar do município. 

A prefeitura conta com o apoio da coordenação do Território da Cidadania Chapada dos Veadeiros. 

5 comentários:

  1. PAA - Programa Aquisição de Alimentos, conhecido também como Compra Direta. Até 6500 por agricultor familiar por ano. PNAE. -Programa Nacional de Alimentação Escolar -As escolas municipais e estaduais são obrigados por lei a comprar no mínimo 30% da merenda escolar dos agricultores familiar. Cada agricultor pode vender para as escolas até 20.000,00 por ano.

    ResponderExcluir
  2. Evônio, Adolfo e Ivone do Touro e outros, não conhecemos nada que estas personalidades começam que termine.
    É muita falação, muito, projeto, muita teoria, muita coisa bonita
    no papel e resultado prático mesmo, se tiver algum que nos apresente.
    Tá na cara que o município não tem condições de cumprir
    com todas estas exigências. parem de viajar e trabalhe com projetos reais e palpáveis. Coisas que o prefeito pode resolver. É muito dinheiro gasto com reuniões, fotografias, propaganda etc, para nada. Já conhecemos e sabemos que muitos só estão pensando em si.
    É muito blá, blá, blá e pouco efeito real. Nos ajude fiscalizar com o alcance deste blog. Estamos sendo sinceros, pois conhecemos estes programas, deixem de ser "vendedores de ilusão".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem condições de realizar, porque esses programas são de verbas federal,a prefeitura não gasta um centavo. Os produtores tem que procurar o órgão de extensão rural do estado, a EMATER

      Excluir
  3. Esse prefeito é assim, se dar um prato d comida para um pobre tira foto e posta no facebook, coloca no jornal. O dia em que ele fizer uma obra, como as que o NINHA já fez, ele vai chamar a rede globo, o fantástico de preferencia.QUEREMOS VER TRABALHO SENHOR PREFEITO, CHEGA DE FOTOGRAFIA, O POVO NÃO É BOBO. PROPAGANDA ENGANOSA É CRIME.

    ResponderExcluir
  4. Adolfo Pereira de Siqueira6 de fevereiro de 2017 11:57

    Caros anônimos ao invés de difamar, procurem se informar. A COOPERCAMPOS - Coop. Agropecuária de C. Belos e Região já opera o PNAE junto às Escolas Estaduais de C. Belos, Divinópolis e Calungas desde setembro de 2016. Deixem de blá blá e façam alguma coisa de útil à Região que possui um dos mais baixos IDHs do Brasil.

    ResponderExcluir