Banner 1

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Prefeito de Campos Belos se reúne com dirigentes da Coopercampos. Abatedouros de aves e bovinos é uma das propostas





Por Evônio Madureira,

O prefeito de Campos Belos, Eduardo Terra, esteve reunido com os dirigentes da Cooper Campos – Cooperativa Agrícola de Campos Belos. 

A reunião aconteceu no último dia 31 de janeiro, no Sindicato Rural de Campos Belos a convite de Adolfo Siqueira, atual presidente da cooperativa, juntamente com Fátima Fabiana (Fafá), Tesoureira e Evônio Madureira, Secretário Geral e diversos cooperados.  

Também participaram da reunião, o ex-prefeito Fernando Terra, lideranças políticas, a ex-presidente da APROTOURO - Associação dos Pequenos Agricultores da Fazenda Touro e Região, a Vereadora Ivone, o presidente do Sindicato Rural, Wesley, diversos produtores rurais e pecuaristas do município. 

O secretário da Agricultura Helio Cruz recepcionou a todos e fez a leitura das propostas da Cooperativa, ao tempo em que o presidente Adolfo fazia as justificativas de cada ação que eram comentadas pelos demais membros participantes. 

Entre as principais propostas para promover o Desenvolvimento Rural Sustentável do município, a cooperativa solicitou ao prefeito Eduardo a doação de um terreno para construção da sede da cooperativa. 

O prefeito prometeu estudar a possibilidade.

Conheça as principais propostas da Coopercampos feitas Prefeito Eduardo Terra:

- Indicação dos nomes para composição do Conselho Municipal Rural Sustentáve;

- Elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário;

-Cadastro das propriedades rurais;

Mapeamento das estradas da zona rural;

Identificação e diagnóstico logística e produção; 

Instalação de agroindústrias (fábricas de fécula, rapadura, açúcar mascavo, queijos, toucinho defumado, pupa de fruta, produção de óleos de coco, pequi e buriti, panificação em geral);

-Abatedouros de aves e bovinos;

Instalação de granjas de galinha caipira;

-Implantação dos Programas PANE e PA;

Garantia do cumprimento da Lei Federal que obriga as prefeituras comprarem 30% da produção de Agricultura Familiar para Alimentação Escolar;

Incentivo para implantação do Programa Nacional do Crédito Fundiário;

- Implantação de Lavouras comunitárias no Povoado Barreirão e no Distrito do Pouso Alto;

- Parceria com a prefeitura para deliberação sobre o uso das máquinas do PAC-II;

- Melhoria e manutenção das estradas;

- Construção de barragens;

- Liberação do Caminhão do PAC-II para transporte de insumos, sementes e produtos alimentícios para a Feira do Produtor;

- Criação da Lei do SIM - Serviço de Inspeção Municipal;

- Criação do Fundo Municipal da Agricultura;

- Capacitação de servidor do município junto ao INCRA para atendimento dos produtores rurais;

- Participação no PRONAT TERRITORIAL Programa Nacional do Fortalecimento da Agricultura Familiar Territorial;

O prefeito Eduardo Terra sinalizou positivo para todas as propostas e disse que vai trabalhar para que todas as ações sejam executadas ao longo dos próximos quatro anos. 

Eduardo disse que neste primeiro ano de mandato vai trabalhar com o orçamento que foi aprovado pela Câmara de Vereadores no ano passado e que tem poucos recursos previstos para promover o desenvolvimento rural do município. 

Mesmo assim, buscará parceiras com a iniciativa privada e com os órgãos públicos dos governos estadual e federal para fortalecer a agricultura familiar do município. 

A prefeitura conta com o apoio da coordenação do Território da Cidadania Chapada dos Veadeiros. 

5 comentários:

Anônimo disse...

PAA - Programa Aquisição de Alimentos, conhecido também como Compra Direta. Até 6500 por agricultor familiar por ano. PNAE. -Programa Nacional de Alimentação Escolar -As escolas municipais e estaduais são obrigados por lei a comprar no mínimo 30% da merenda escolar dos agricultores familiar. Cada agricultor pode vender para as escolas até 20.000,00 por ano.

Anônimo disse...

Evônio, Adolfo e Ivone do Touro e outros, não conhecemos nada que estas personalidades começam que termine.
É muita falação, muito, projeto, muita teoria, muita coisa bonita
no papel e resultado prático mesmo, se tiver algum que nos apresente.
Tá na cara que o município não tem condições de cumprir
com todas estas exigências. parem de viajar e trabalhe com projetos reais e palpáveis. Coisas que o prefeito pode resolver. É muito dinheiro gasto com reuniões, fotografias, propaganda etc, para nada. Já conhecemos e sabemos que muitos só estão pensando em si.
É muito blá, blá, blá e pouco efeito real. Nos ajude fiscalizar com o alcance deste blog. Estamos sendo sinceros, pois conhecemos estes programas, deixem de ser "vendedores de ilusão".

Anônimo disse...

Esse prefeito é assim, se dar um prato d comida para um pobre tira foto e posta no facebook, coloca no jornal. O dia em que ele fizer uma obra, como as que o NINHA já fez, ele vai chamar a rede globo, o fantástico de preferencia.QUEREMOS VER TRABALHO SENHOR PREFEITO, CHEGA DE FOTOGRAFIA, O POVO NÃO É BOBO. PROPAGANDA ENGANOSA É CRIME.

Anônimo disse...

Tem condições de realizar, porque esses programas são de verbas federal,a prefeitura não gasta um centavo. Os produtores tem que procurar o órgão de extensão rural do estado, a EMATER

Adolfo Pereira de Siqueira disse...

Caros anônimos ao invés de difamar, procurem se informar. A COOPERCAMPOS - Coop. Agropecuária de C. Belos e Região já opera o PNAE junto às Escolas Estaduais de C. Belos, Divinópolis e Calungas desde setembro de 2016. Deixem de blá blá e façam alguma coisa de útil à Região que possui um dos mais baixos IDHs do Brasil.