Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Jovem Cesar Reis é assassinado em Aurora do Tocantins. Crime deixa cidade de Combinado estarrecida




Um crime chocou as cidades de vizinhas de Aurora do Tocantins e Combinado neste fim de semana de carnaval. Ambas estão sediadas no sudeste do estado. 

O jovem Cesar Reis da Silva, de 24 anos, morador de Combinado-TO, curtia as festividades de carnaval em Aurora, com outros amigos, na Praça Matriz da cidade.

Passava das três horas da madrugada deste domingo (26), quando, segundo testemunhas, uma discussão surgiu entre Cesar Reis, que estava com sua namorada, e um outro rapaz, identificado como Marcinone Dias.

Após a discussão na praça, Marciones Dias sumiu do local. Mas voltou cerca de uma hora depois, já com uma faca em punho.

Quando chegou na praça partiu para cima de Cesar Reis, numa brutalidade sem explicação e deu um golpe de faca na vítima. 

O rapaz caiu ali mesmo, na frente dos amigos e de todas as pessoas que acompanhavam a festa, agonizando e sagrando muito.  

Cesar Reis chegou a ser socorrido por policias militares para o hospital da cidade.  

Mas ele não resistiu aos gravíssimos ferimentos e morreu logo em seguida. 

A brutalidade do assassinato, por motivo banal, gerou perplexidade, incredulidade e muita comoção em Aurora do Tocantins e também na cidade de Combinado, onde a vítima morava. 

No perfil de Cesar Reis no Facebook está registrada a sua última postagem, em 7 de fevereiro. 

Na postagem ele escreveu que  "Nada na vida acontece em vão, se não é bênção, é lição".

Solteiro, boa pinta, estudante universitário, ex-estudante do Colégio Estadual Lavandeira, Cesar ainda tinha muita vida pela frente. 

Mas foi barrado por esse crime bobo, bárbaro e que despedaça a vida e a felicidade de muitas famílias.  

Até a publicação desta matéria, o suspeito ainda não tinha sido localizado pela polícia. 

A motivação da discussão entre os dois e que deu origem ao crime ainda é desconhecida. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil.

4 comentários:

  1. Só lembrando Dinomar que foi só uma facada e não diversas como publicada na matéria, mas de qualquer forma foi uma grande perda

    ResponderExcluir
  2. E ele nao era solteiro, ele era casado!
    E antes de publicar qualquer coisa deveria procurar se informar melhor pra nap dar noticias erradas!
    Nao foram varias facadas e nem ouve discussao.

    ResponderExcluir
  3. Bem são tantas as conversas que saem por aí, que não sabemos em quem acreditar, mas a única coisa que posso afirmar e que perdemos mais um cidadão do bem.

    ResponderExcluir