Crime ambiental: Rio Montes Claros, em Campos Belos, é transformado em canal de esgoto



Por Jefferson Victor, 

Devido ao senso de defesa do meio ambiente, com relação à sua preservação, através do Blog do Dinomar Miranda,  fiz várias  denúncias, inclusive  ao Ministério Público, sobre o desmando que se encontra o Rio Montes Claros.

Mas parece que de nada tem adiantado esta luta que venho travando há cerca de quinze anos, visando salvar o único manancial que abastece a cidade de Campos Belos.

Certa vez o blogueiro Dinomar Miranda publicou uma matéria em que relata o pouco interesse dos seguidores do blog com relação às questões ambientais, citando que os picos das notícias são atingidos quando se trata de acidentes ou fatos políticos com grande repercussão.

Na prática, tenho notado esse desinteresse, nenhuma matéria desta modalidade chega a se classificar como as mais lidas da semana, evidenciando total indiferença sobre o tema.

Este final de semana mais uma vez estive em fazendas que margeiam o Rio Montes Claros, em uma delas, pude ouvir barulho de crianças alegremente tomando banho nas poluídas águas do rio.

Ao aproximar-me do local, pude presenciar que também havia adultos tomando banho naquelas águas, e pelo que conversei com ribeirinhos, eles sabem da poluição do rio, mas não na proporção real, alguns me disseram que só não bebem desta água, mas que utilizam pra todos os outros fins, inclusive banho e lavagem de vasilhas.

Eu já denunciei várias vezes, que o esgoto de Campos Belos tem fins unicamente de arrecadação, nossa conta de água dobrou de valor, a Saneago, responsável pela preservação do rio, é a primeira a polui-lo.

A estação de tratamento de esgoto deveria devolver as águas com um DBO (demanda bioquímica de oxigênio) em cerca de 90%, ou seja: o rio faria o papel de despoluição dos outros 10% de forma natural, mas não, o esgoto cai no efluente numa cor esverdeada, um mal cheiro insuportável, os peixes chegam a colocar a cabeça fora d’água em busca de oxigênio, logo abaixo é possível vê-los agonizando e morrem em seguida.

O Montes Claros e o Bezerra são os dois únicos rios que temos em um raio de 50 kms. 

O Paranã e o Palmas estão distantes e não contribuem para o nosso convívio.

A transposição do Rio Mosquito, tema explorado politicamente por  mais de uma década e meia, continua sendo uma promessa evasiva, é angustiante ver o prometimento se renovando e as ações inexistindo, já marcaram até data para inauguração, mas o que se fez até agora foi enterrar canos, o que  representa um percentual muito pequeno do total da obra.

Mais uma vez, em reunião acontecida ontem (20), o vice governador garantiu a conclusão dos serviços.

Meios incrédulos somos obrigados a sonhar com estas promessas mela milésima vez.

Já sugeri em minhas matérias uma força conjunta com Rotary, CDL, Maçonaria, Igrejas, Sindicatos e comunidade para lutarmos juntos, ninguém se manifesta, é como se o problema não estivesse acontecendo ou não querem absorver parte dele, preferem a omissão.

O Que presenciei este final de semana é revoltante, crianças tomando banho em esgoto, certamente estão ali contraindo diversos tipos de enfermidades, e isto tem um custo alto, se as autoridades não interferirem, nunca teremos uma resposta positiva por parte dos que têm a obrigação de conservar e não degradar ainda mais o meio ambiente.

Sugerimos que as entidades de classe, políticos e comunidade em geral, juntos marquem um dia de visitação à estação de tratamento de esgoto e em seguida alguns pontos do rio para que todos se conscientizem de que estamos perdendo um dos nossos maiores patrimônios.

Vamos debater o tema em redes sociais, vamos marcar uma data para realização deste evento.

Conhecendo de perto, será maior a sensibilidade por parte das pessoas, quem sabe assim possamos salvar o Montes Claros.

“Conhecer para preservar, este será o nosso tema.” Quem apoia deixa um comentário.

Publicamos há três anos 


Gravíssimo: Saneago continua a despejar em rio líquido poluidor de estação de tratamento de esgoto