Banner 1

Banner 1

domingo, 5 de fevereiro de 2017

A agonia do Rio Bezerra






Há oito dias estive visitando o belíssimo Balneário Dourado, à beira do Rio Palmas (fotos abaixo), a 12 km do centro de Aurora do Tocantins. 

As lindas imagens do Rio Palmas trouxeram-me à memória o Rio Bezerra de 30 anos atrás. 

Como eram semelhantes os dois rios! E a riqueza que o Bezerra trazia para as comunidades de Campos Belos (GO) e Arraias (TO)?

Por ironia do destino, nesta semana recebi diversas imagens do Rio Bezerra, especificamente do Balneário de Campos Belos, que em outrora era muito parecido com o balneário Dourado, de Aurora do Tocantins (este, por sinal, muito bem cuidado). 

E que tristeza ver as imagens do Rio Bezerra em agonia (fotos acima), sem água, sem peixes, matagal em suas margens (parecendo córregos urbanos).

Quem roubou a beleza natural do Rio Bezerra? 

As atividades humanas, de todas as espécies, ao longo de seu leito parece que são as principais causas desse desastre. 

Atividades agropecuárias sem responsabilidade, extinção de sua mata ciliar, assoreamento, exploração de areia, construção de barragens, mineração, pesca desenfreada....

As causas são muitas e os responsáveis também.  

A pergunta é: o que podemos fazer para devolver ao Rio Bezerra a sua vida e a sua beleza?

Abaixo, o Rio Palmas, em Aurora do Tocantins





 

8 comentários:

  1. Infelizmente, este cenário ou essa realidade atual. Não à sombra simplesmente o nosso passado... belíssimo do Rio Bezerra, estão em evidência dezenas de rios de nossa região, ameaçados por essa traumática realidade que teremos que emfrentar, arduamente. Por uma situação que os próprios "Animais Humanos", continuam fazendo a desfavor da natureza! É claro é notório que as águas em modo geral estão escassas. Vemos, ouvimos, rios que 1 a 2 anos atras, sem históricos de escassez de agua e hoje já ouvimos que secou. parece inacreditável em tão pouco tempo, mas é lamentável ter que acreditar nessa pura realidade. Não iremos muito longe, está ai o Rio Carvalho, situado no município de Arraias - To, onde morre sua extensão no Rio Bezerra a poucos km da ponte, está com 2 anos consecutivos com falta de agua. Tememos ouvido falar em postos artesianos secarem, pense na gravidade que é isso!. Centenas de lavouras perdidas!. Agora só nos restam mobilizações, ações grandes, em prol da conservação e revitalização de nossa região, para ao menos prolongue mais a nossa sobrevivência, porque garantir ficou complicado...

    ResponderExcluir
  2. É já culpam a Mbac kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Façamos um minuto de silêncio pela morte do Rio Bezerra. Os ribeirinhos fiquem atentos: há uma empresa em pleno funcionamento leito a cima. Um presente inorganico indigesto pode vir para os descendentes.

    ResponderExcluir
  4. Tô falando kkkkk
    Eita ser humano , esse tal de brasileiro tem que ser estudado

    ResponderExcluir
  5. Cadê a fiscalização da prefeitura?
    Só tem essas coisas, com falta de rigor na gestão.
    Sr prefeito Eduardo Terra, faça jus do seu sobrenome e, cuide da terra pertencente do povo Campo-belense.

    ResponderExcluir
  6. As dragas durante anos... O desmatamento das margens.. no Brasil é assim temos órgãos públicos que legalizam crimes ambientais..

    ResponderExcluir
  7. venhamos e convenhamos, mas a partir do momento que foi feito a barragem e instalações da empresa mineradora o rio bezerra sofreu danos terríveis. neste blog mesmo ja foi feita reportagens a respeito disso.

    ResponderExcluir