Banner 1

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

PCC promete levar guerra entre facções para as ruas de Manaus


Já são mais de 30 horas de terror no Compaj, que contabiliza próximo de 56 mortos e reféns e a expectativa é de que a guerra entre as facções não deva ficar só entre os muros do presídio.

As mortes deve acontecer também nas ruas de Manaus.

Segundo informações extraoficiais de policiais que acompanham o caso, os presidiários que fazem parte da facção criminosa Família do Norte (FDN) assassinaram e esquartejaram mais de 30 integrantes da facção rival Primeiro Comando da Capital (PCC).

Um áudio chegado agora a pouco na redação gravado por um integrante do FDN, diz que eles mataram próximo de 100 presidiários da facção rival.

Entre os mortos do PCC está o seu líder conhecido como “Nego Sabá”. Na lista está também o ex-PM Moacir Jorge Pessoa, o “Moa” do “Caso Wallace”.

Em retaliação pela morte de seus membros, o PCC promete ir à ruas de Manaus se vingar assassinando membros da FDN, familiares, e quem se meter pela frente, incluindo policiais.

O sistema de Segurança está em alerta máximo para tentar evitar que a violência chegue às ruas.

Informação recebida de um membro do Ministério Público:

– 130 foragidos.

– Aproximadamente 60 mortos.

– 17 reféns – Ag.Pen e Visitantes.

– Aproximadamente 20 armas pistolas armas longas, visualizadas pelo sistema de monitoramento.

– Derrubaram o muro que dividia o FECHADO do SEMI ABERTO.

Fonte: Correio da Amazônia

Um site de notícias de Manaus publicou as fortes imagens da carnificina que deixou 56 mortos na guerra de facções criminosas. 

Quem tiver estômago, acesse. As imagens são aterrorizantes e fortíssimas

Nenhum comentário: