Banner 1

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Não precisa desenhar para entender: Ricardo Barros, ministro da saúde, quer enfraquecer SUS e criar plano popular para ajudar empresários


O ministro da Saúde, Ricardo Barros, que recebeu R$ 100 mil de um dos sócios do Grupo Aliança, para sua campanha, em 2014, vem defendendo o relaxamento das regras que regulam os planos de saúde no País, com a criação de uma modalidade "popular".

A ideia é enfraquecer o SUS para beneficiar empresários do setor médico. 

O sucateamento da saúde pública é uma velha tática de políticos e empresários, que tem o único intuito de fazer dinheiro.

Isso é uma "pitada" de conhecimento para você entender e saber como o nosso país está preste a entrar em um colapso estarrecedor por culpa, quase que exclusiva, desses políticos, que não dão a mínima para o bem comum. 

A crise dos presídios é clássica. Agora chamem o Exército ( O Severino) para tentar um remédio. 

Leia a matéria completa

Nenhum comentário: