Banner 1

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Governo de Goiás prepara chamamento de OSs para gestão de escolas em Alto Paraíso e São João D'Aliança


O governo de Goiás informou nesta quinta-feira (12) que prepara chamamentos públicos de seleção de Organizações Sociais (OSs) para compartilhar a gestão de 25 escolas de cidades do Entorno do Distrito Federal.

Em tramitação interna no Conselho Estadual de Investimento, Parcerias e Desestatização (Cipad), na Procuradoria-Geral do Estado (PGE), e na Controladoria Geral do Estado (CGE), os chamamentos devem ser publicados dentro de um mês, de acordo com a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).

Os chamamentos compreendem as escolas dos municípios de Luziânia, Cidade Ocidental, Novo Gama, Valparaíso, Cristalina, Planaltina, Águas Lindas de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Água Fria de Goiás, São João D'Aliança, Alto Paraíso, Mimoso e Padre Bernardo.

Segundo a Seduce, os chamamentos serão publicados logo após a adequação do que foi elaborado para as 23 escolas da Regional de Anápolis às sugestões apontadas pelo Ministério Público de Goiás.

Em entrevista nesta quinta-feira, a secretária estadual de Educação, Raquel Teixeira, afirmou que o governo estadual se mantém firme no propósito de criar estruturas apropriadas para que o aluno efetivamente aprenda. 

 “A organização social traz esse lado diferente do Estado, porque a operação de uma escola pelo estado gera dificuldades de licitação, de burocracia, a gente esbarra em muitos impedimentos. A gente está trazendo esta condição, mas mantendo uma escola pública e gratuita”, afirmou.

Raquel enfatizou que é preciso criar a consciência de que o que é público não é necessariamente estatal, em referência à resistência que o governo estadual enfrentou com a implantação da gestão compartilhada com OSs na área da Saúde.  “As pessoas confundem e acham que o público tem que ser estatal, operado e executado diretamente pelo Estado. As OSs na Saúde em Goiás mostraram que isso não é necessário”, declarou.

Com informações Seduce e Opção

Nenhum comentário: