Banner 1

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Campos Belos (GO): Colégio Polivalente abraça a causa do novo Ensino Médio


O Colégio Estadual Polivalente Professora Antusa, na cidade de Campos Belos, se antecipa na adesão às novas propostas de reforma do Ensino Médio, com a preocupação de oferecer um ensino de melhor qualidade e com a coragem de enfrentar os desafios, inerentes de todo processo de mudança.

Os dados do índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) apontam que o Ensino Médio nas escolas públicas brasileiras pede atenção e medidas de emergência. Diante disso, a reforma do Ensino Médio passou a ser priorizada pelo governo federal e implementada pela Lei 17.920 de dezembro de 2012 e modificada pela Lei  18.167 de 25 de setembro de 2013 e pela Lei  18.513 de 09 de julho de 2014 – Criação dos CEPIs (Centro de Ensino em Período Integral).

Este é um projeto do governo federal, que o estado de Goiás está aderindo, com parcerias da iniciativa privada. Para sua implantação, o colégio Polivalente contará com recursos federais durante os dez primeiros anos.

O colégio Polivalente passa a ser um CEPI, com funcionamento das 7:30 às 17:00, em atendimento ao Ensino Médio. 

Trata-se de uma proposta inovadora, com foco no projeto de vida dos estudantes, e base no protagonismo juvenil, e não simplesmente em extensão de carga horária.

Sem dúvida, será um marco em educação pública na cidade de Campos Belos. 

A proposta tem todo um diferencial com disciplinas diversificadas que enriquecem o projeto de vida dos estudantes, atribuindo lhes responsabilidades e autonomia na construção de seus sonhos.

As disciplinas do núcleo comum terão suas cargas horárias distribuídas com aulas nos turnos matutino e vespertino. 

A parte diversificada constitui-se das disciplinas: Prática de Laboratório, Preparação pós médio, Estudo orientado, Projeto de vida, Protagonismo juvenil e eletivas, as quais propiciarão aos estudantes o desenvolvimento de habilidades de autonomia, autorregulação, compromisso, iniciativa, capacidade de concluir o que se inicia, resolutividade, entre outros.

Como evidência do protagonismo dos estudantes, os trabalhos serão iniciados no dia 13 de fevereiro com acolhimento feito por jovens de outros CEPIs, vindos de Anápolis, Goiânia, Aparecida de Goiânia e estado do Pernambuco, onde suas escolas funcionam em tempo integral há algum tempo e já vivenciam experiências de sucesso. 

Esse acolhimento será direcionado aos estudantes do Polivalente, seus responsáveis e professores. Este também será o momento de construção, pelos jovens, do projeto a ser desenvolvido durante todo o ano letivo.

Para isso, os alunos contarão com reestruturação do espaço físico, com construção de refeitório, quadra esportiva, salas temáticas, aulas laboratoriais e toda uma dinâmica educacional diferenciada.

Para maiores esclarecimentos, a equipe CEPI Polivalente convida toda a comunidade para uma reunião a se realizar em suas dependências, às 18:00 horas, no dia 18 de janeiro. 

Fonte e texto: Direção do Colégio 

2 comentários:

Anônimo disse...

Só depende da sociedade de Campos Belos e região para que esse projeto seja um sucesso. Não sei se vai dar certo, mas já sinto admiração por aqueles que tiveram essa coragem. Essa pode ser uma fábrica de oportunidades para os jovens.

Anônimo disse...

ACHO Q FALTOU LOGISTICA VAMOS SER SENSATOS: CAMPOS BELOS HJ CONTA CONTA COM ESCOLA EM TEMPO INTEGRAL NO IF GOIANO CERTO? PQ Q NÃO COLOCA ESSA ESCOLA EM DISPOSIÇÃO DOS OUTROS MUNICIPIOS QUE NAO TEM? COMO FAZ ALUNOS DE MONTE ALEGRE DIVINOPOLIS CAVALCANTE SÃO DOMINGOS TERESINA?