Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Motorista de Uber é assassinado em Aparecida de Goiânia


A Polícia Civil começou a ouvir na manhã de hoje (2) testemunhas do homicídio de Lindomar Ferreira Souza, de 38 anos, que foi assassinado a facadas na noite desta quinta-feira (01º) na porta de uma agência bancária no Jardim Monte Cristo, em Aparecida de Goiânia. 

A suspeita é que a vítima, que trabalhava como motorista de Uber, tenha sido levada por um ou dois passageiros até o banco, onde outros criminosos os aguardavam.

Segundo o delegado Divino Batista dos Santos, titular do 3º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, as informações colhidas até agora indicam que Lindomar já entrou no banco rendido por quatro ou cinco criminosos. 

"Estamos iniciando as investigações agora, e não sabemos ainda sequer onde ele pegou o passageiro ou passageiros, mas a suspeita é que ele tenha sido solicitado seguir até a agência sem saber que outros criminosos já os aguardavam. 

O fato é que, depois de sacar o dinheiro exigido, Lindomar foi esfaqueado e teve sua carteira levada pelos bandidos, que fugiram em um carro ainda não identificado", relatou o delegado.

Ainda hoje a polícia vai pedir que o banco Itaú informe a quantia que foi sacada pela vítima. Imagens do circuito interno da agência, segundo Divino Batista dos Santos, também serão solicitadas no sentido de tentar identificar os criminosos.

O registro feito pela Uber, concluiu o delegado, também deve mostrar à polícia onde Lindomar Ferreira foi chamado para fazer a corrida.  

Pelas redes sociais, colegas da vítima estão marcando uma manifestação prevista para acontecer nesta sexta-feira (2) às 12 horas no Cepal do Setor Sul. 

O protesto, segundo eles, têm como propósito cobrar junto à Uber garantia de segurança para os motoristas.

Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário