Banner 1

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Hospital Regional de Arraias comemora bons resultados em 2016




Com a contratação de novos profissionais médicos, instalação de uma processadora reveladora de raio-X, instalação de equipamentos no centro cirúrgico, construção de uma sala para exames de ultrassom e eletrocardiograma e adaptação de uma sala para consultório médico da ortopedia, o Hospital Regional de Arraias (HRA) tem o que comemorar.

Todos esses benefícios contribuíram para os 4 mil atendimentos realizados na unidade, além de 200 procedimentos cirúrgicos e mais de 250 partos. 


Essas ações aliadas à contratação de um médico cirurgião geral reduziram em 95% as transferências de pacientes para o Hospital Geral de Palmas (HGP), com as realizações de procedimentos de vesícula, cirurgia de hérnia, apendicectomia e cesariana. 

“Em consequência dessa contratação, pudemos emprestar uma de nossas duas ambulâncias para outra unidade, o que fez grande diferença para quem recebeu”, destacou o diretor-geral Pedro de Abreu Júnior.

Pedro ainda informou que, em 2016, juntamente com a equipe médica, foram organizados os atendimentos cirúrgicos de emergências e eletivos nas segundas, terças e quintas-feiras. 


“Fizemos ajustes nas escalas médicas, evitando pagamento de plantões extras, também implantamos o teste da linguinha. São muitos motivos para comemorar”, enfatizou.

Para 2017, a gestão espera implantar o atendimento por classificação de risco, capacitar radiologistas para exames com uso de contraste, instalar raio-x digital com laudo e adquirir equipamentos para fisioterapia adulta e principalmente pediátrica. “Vamos continuar trabalhando para conseguir atingir todos esses objetivos”, disse o diretor.

O HRA


O Hospital Regional de Arraias é unidade de Porte I, possui 50 leitos e é referência para os municípios de Combinado, Aurora, Paranã, Novo Alegre, Conceição do Tocantins, Lavandeira e Arraias. 


O hospital conta com atendimento em pronto-socorro, cirurgias de urgência e eletivas de pequeno e médio porte e especialidades de nutrição, cardiologia, urologia, ortopedia, traumatologia, psicologia, fisioterapia e fonoaudiologia.

A unidade conta ainda com serviço de apoio diagnóstico e terapêutico, eletrocardiograma, radiologia, ultrassonografia, psicologia fisioterapia e fonoaudiologia e com profissionais biomédicos, enfermeiros, cirurgiões-dentista, assistentes sociais, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, médicos, fonoaudiólogos e farmacêuticos.


Fonte: Governo do TO

Nenhum comentário: