Banner 1

Banner 1

domingo, 18 de dezembro de 2016

Covardia: vídeo mostra mulher sendo agredida brutalmente em festa dentro de clube militar de Três Corações (MG)




Um dos diretores do Clube de Sargentos do Exército, em Três Corações (MG), do qual fui sócio por mais de um ano, nos enviou, logo pela manhã de hoje, um vídeo que mostra uma extrema covardia.

O vídeo viralizou na internet neste domingo (18) e mostra uma segurança particular sendo violentamente agredida no estacionamento do Clube Atalaia.

De acordo com funcionários do local, o agressor identificado como o empresário Luiz Felipe Neder Silva, de 34 anos, batia em sua esposa (que é delegada da polícia civil), quando Edvania Nayara, de 23 anos, o abordou para tentar apartar a briga.

Nas imagens, Silva aparece gritando com a segurança antes de lhe dar um tapa na cara e um covarde chute no rosto, quando ela já estava caída no chão. Em seguida, um outro segurança aparece.

O criminoso foi preso e levado para uma penitenciária de Belo Horizonte. 


O casal estava no clube para participar da festa de aniversário de um amigo na tarde de sábado (17), quando começou a brigar por causa de ciúmes. Pessoas que trabalham no local disseram que o homem, bastante embriagado, se incomodou com a atenção que a mulher teria dado a outro convidado.

O agressor faz parte de uma família de fazendeiros conhecida na região e foi preso em 2007 acusado por latrocínio (roubo seguido de morte), formação de quadrilha e tráfico de drogas. 


Ele responde em liberdade e o julgamento está marcado para fevereiro de 2018. Silva também já atuou como agente penitenciário.

As imagens causaram indignação nas redes sociais e a comunidade "Somos Todos Edvania Nayara"  foi criada no Facebook em apoio à segurança agredida. 


Edvania se pronunciou em seu Facebook neste domingo: "Gente, foi excluída minha publicação e o vídeo falando sobre o agressor, mas graças a Deus e a todos vocês que me ajudaram a compartilhar. 

O vídeo chegou em mãos boas que me ajudarão a resolver e solucionar todo esse acontecimento. A única notícia boa que tenho pra dar pra vocês é que o agressor está preso. 

Mas continuem compartilhando para que outras mulheres não passem por isso e as que passem tenham coragem de denunciar os agressores. Obrigada a todos vocês. Um bom domingo."
Com informações da Veja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário