Banner 1

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Teresina de Goiás: uma paraíso na Chapada de enormes potenciais turísticos





Por Evônio Madureira, 

Nos próximos quatro anos Teresina poderá ser a nova opção de Turismo Ecológico da chapada.

Transcrevo artigo abaixo do Saudoso Fernando Lana que escreveu sobre Teresina no Jornal o Popular. 

"Teresina de Goiás, o outro lado da Chapada" 

"A antiga Vila de Santa Tereza se emancipou de Cavalcante em 1988, sendo então denominada Teresina de Goiás. 

Sua pequena sede está situada ao longo da GO – 118, entre as cidades de Alto Paraíso – o coração da Chapada, e a histórica Cavalcante – o sol da Chapada. Teresina é discreta, pouco notada, apenas uma pequena e bucólica cidade.

Não é antiga como Cavalcante nem cosmopolita, como Alto Paraíso de Goiás. Teresina é uma cidade pacata de 2.900 habitantes, onde todos se conhecem e se cumprimentam. 

O movimento começa logo cedo, por volta das 6 da manhã, com as crianças e jovens indo à pé para a escola e as portas do comércio local já se abrindo.

Em suas ruas planas, pessoas andam sem pressa, com a calma peculiar da região e todo o tempo do mundo. Os esparsos pedestres dividem a rua com bicicletas e cavalos e seus condutores. O trajeto demora sempre mais que o previsto, já que os diversos encontros são recheados de uma boa prosa e muito bom humor.

Por esses motivos, tem-se a impressão que, em Teresina de Goiás, todo dia é sábado! Nunca está corrido, nem parado demais.

Considerada a cidade mais segura do estado, não se tem notícias de crimes, roubos nem assaltos. 

Nas suas ruas se caminha despreocupado e distraído com os jardins, quintais repletos de pés de manga, caju, acerola, goiabas e coqueiros, galos a cantar e galinhas com pintinhos. Nesses quintais, ruas e praças arborizadas, pássaros diversos como canários, sabiás, pássaros-pretos, tucanos e araras fazem a algazarra diária.

São poucas as cidades onde um cachorro pode dormir no meio da rua e não ser importunado. Bem próximas, cachoeiras e rios cristalinos ainda desconhecidos dos visitantes da Chapada se escondem entre as serras, em locais de nomes interessantes, como Custa-me-ver, Tapa Ôlho, Ponte de Terra, Engenho, Ema e Diadema, Abobreira, Ourominas, dentre outros. 

A cachoeira mais famosa é o Poço Encantado, mas muitas outras como a Três Degraus, o Cachoeirão e algumas ainda sem nome podem ser visitadas e outras serão ainda descobertas, pois são milhares as quedas d´água da Chapada.

Há também inscrições rupestres de baixo relevo em diversos pontos do município. Situada entre as Serras das Araras, Boqueirão e Boa Vista, seu belo horizonte e suas veredas de Buritis molduram um céu azul e noites estreladas.
Vida tranquila, bancos à sombra das árvores das ruas, pessoas proseando e observando quem passa.

Seu povo pacato herdou muito da cultura Kalunga que ainda permanece forte na zona rural, principalmente dentro do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, que ocupa quase metade do município".

Fernando Lana foi o homem que ajudou a implantar o Turismo Ecológico na Chapada dos Veadeiros e deixou um grande legado para Teresina de Goiás com o inventário dos principais pontos turísticos de Teresina.

Nenhum comentário: