Banner 1

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Eventos em Cavalcante (GO) promovem mobilização em defesa da infância e juventude na região


As políticas públicas de proteção à infância e juventude estiveram no centro das atenções de três eventos com essa temática realizados em Cavalcante na semana passada.

Numa espécie de mutirão em defesa das crianças e adolescentes, o Ministério Público de Goiás e o Ministério Público do Trabalho mobilizaram-se para realizar capacitações voltadas para as entidades integrantes da rede de proteção e também para sensibilizar candidatos a prefeito e a vereador na comarca sobre a importância de priorizar as ações voltadas para esse público.

Idealizados pela promotora Úrsula Catarina Fernandes da Silva Pinto, titular da Promotoria de Cavalcante, os eventos contaram com o apoio da coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude do MP-GO, Karina D’Abruzzo, e do procurador do trabalho Paulo Neto, lotado em Luziânia, que, além de realizarem palestras nos cursos para a rede de proteção, fizeram exposições durante a reunião pública com os candidatos.

As capacitações para integrantes da rede de proteção da infância e juventude foram realizadas em dois momentos diferentes e abrangeram não apenas equipes de Cavalcante, mas de outros cinco municípios da região: Campos Belos, Monte Alegre de Goiás, São João d’Aliança, Alto Paraíso de Goiás e Teresina de Goiás.

No primeiro curso, no dia 31, no período vespertino, conselheiros tutelares, membros dos Conselhos de Direitos, integrantes de Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e de Núcleos de Apoio à Saúde da Família desses municípios receberam orientações do procurador do trabalho sobre a importância do combate ao trabalho infantil. 

Já no dia 1º, esse público foi capacitado sobre as perspectivas de atuação em relação à ampla proteção dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Candidatos

Já a reunião pública com os concorrentes aos cargos de prefeito e vereador em Cavalcante aconteceu no dia 31 à noite. Atenderam ao convite para o evento um total de 69 candidatos, dos quais 4 para o cargo de prefeito, 1 a vice-prefeito e 64 para o cargo de vereador.

No encontro, as promotoras Úrsula Catarina e Karina D’Abruzzo e o procurador Paulo Neto salientaram a importância de os concorrentes assumirem um compromisso pela execução de forma prioritária das políticas públicas para a infância e juventude. 

Ao final, todos assinaram termos de compromisso com os direitos da criança e do adolescente em que se comprometem em fomentar ações neste sentido 

(Confira aqui a íntegra dos dois modelos de termos assinados).

Fonte: MPGO

Nenhum comentário: