sexta-feira, 12 de agosto de 2016

TRE registra candidatura de Juvenal e Neto à prefeitura de Monte Alegre (GO)



A coligação PR, PDT, SD, PSD, PSDC e PSDB, denominada Unidos Somos Mais, em Monte Alegre de Goiás, conseguiu o registro da chapa Juvenal para candidato a prefeito e Neto para vice-prefeito.

Nesta quinta-feira (11), ambos foram à sede do TRE em Campos Belos e saíram de lá com o registro da candidatura nas mãos. 

"O registro da candidatura de Juvenal e Neto à prefeitura desta cidade vem confirmar àqueles que sempre caminharam Unidos que ainda podemos acreditar que Monte Alegre resgatará o crédito perdido na atual gestão.  

Esse foi apenas o primeiro passo para uma campanha limpa transparente e que vai em busca dos anseios de todos. Com Deus a frente e o povo montealegrenses venceremos. Junte-se a nós. #22", publicou um correligionário nas redes sociais. 

O registro surge dez dias depois de o Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO) ter entregue ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) a lista dos gestores inelegíveis para a disputa eleitoral de 2016. 

Os políticos citados na lista só conseguirão se candidatar neste ano se conseguirem liminares na Justiça.

A decisão obedece à Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar número 64 de 1990), que foi atualizada com novas regras a partir da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar número 135 de 2010).

Em Monte Alegre, o candidato a prefeito Juvenal Fernandes apareceu na lista. 

Com o registro de sua candidatura, é sinal que ele conseguiu uma vitória junto à justiça, que liberou sua participação como candidato. 

4 comentários:

  1. Tribunal de contas não tem competência para Barrar candidaturas, apenas emite parecer, apenas a câmara legislativa pode dar a ultima palavra sobre as contas do gestor, exemplo disso foi o prefeito ninha, que na eleição passada teve o nome na lista do TCM, com isso o prefeito ficou pouco mais de uma semana com a candidatura barrada pelo tre, mas derrubou facilmente no tribunal o indeferimento, foi levado em consideração a regra de que o tribunal de contas apenas emite pareceres para o Legislativo, caso as contas sejam rejeitadas pelo legislativo, ai sim o gestor passar a ser inelegível e ficha suja.

    ResponderExcluir
  2. Justiça falha. Ficha suja agora e poder candidatar e um tapa na cara da sociedade.

    ResponderExcluir
  3. Tem politicos , filhos e parentes dos mesmo que acham que sao donos da prefeitura, ou acham que é um cargo vitalicio ou efetivo. Chega né. Ja mamaram de mais e atrasaram o nosso municipio. Se fosse so o prefeito com sua mulher ate que daria pra aceitar, mas o ruim que é o prefeito e suas mulheres, o seus 3 filhos, cada com 3 mulheres, aiaja peito pra tanta mamada.

    Paulo Dados da Silva.

    ResponderExcluir
  4. Depois dizem que querem concertar o Brasil. Espero que os eleitores de Monte Alegre não queiram passar denovo pelo que já passaram. Vamos cuidar de nosso município. Vamos apoiar quem tem moral de administrar.

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.