Banner 1

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Ministério termina ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que deve ser ampliado em quase 4x


Assista ao vídeo da Campanha pela ampliação do parque

Quinze anos após o início do processo de ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, finalmente o Ministério do Meio ambiente concluiu os estudos. 

Porém, o decreto que oficializa esse ato não será publicado agora. Em nota, o Ministério afirma que o Governo de Goiás pediu um prazo de 60 dias para estudar a ampliação, mas garante que ela ocorrerá.

Se nada for mudado, o parque de 65,5 mil hectares passará a incorporar 235 mil hectares, tamanho que garante a sobrevivência da unidade de conservação, que sofre com a mudança no uso do solo em seu entorno, o que prejudica a conservação da fauna, confinada num espaço muito pequeno.

As consultas públicas necessárias para a conclusão do processo foram concluídas no ano passado e desde então, ambientalistas fazem campanha pedindo que o governo formalize a medida.

Uma petição iniciada em junho pela Fundação Mais Cerrado recolheu 3 mil assinaturas para pressionar o ministro da casa civil, Eliseu Padilha, a acelerar o processo. A mesma fundação fez um vídeo de 3 minutos para mobilizar a população a pedir pela ampliação da área.

Histórico

Nascido em 1961 como Parque Nacional do Tocantins, a criação da área protegida foi um dos últimos atos do governo Juscelino Kubitschek (1956-1961), que terminou três semanas após o presidente decretar 625 mil hectares da chapada como parque nacional. 

O tamanho corresponde a quase dez vezes a área atual. Ao longo dos anos, o tamanho então Parque Nacional do Tocantins foi sendo diminuído: Em 1972, quando o parque passou a se chamar Chapada dos Veadeiros, seu tamanho caiu para 171 mil hectares, e, em 1981, caiu para 65,5 mil hectares, medida motivada para facilitar a construção da rodovia GO-239.

Em 2001, o parque passa pela primeira tentativa de ampliação. 

Numa canetada, motivada pelo reconhecimento da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) de que a área é Patrimônio Natural da Humanidade, o governo ampliou a unidade para 235 mil hectares, o mesmo tamanho que deverá ser oficializado nos próximos dois meses. 

A medida, entretanto, foi derrubada pelo Supremo Tribunal Federal dois anos depois, por falhas no processo e na consulta pública.

Usando o mesmo desenho definido no passado, com pequenas alterações, finalmente o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros deverá ser ampliado. Isso se o governo de Goiás não conseguir inverter a proposta.

Fonte: O Eco

Nenhum comentário: