Banner 1

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Contribuintes de Pouso Alto penam com a situação da rodovia que liga Goiás e Bahia





É de uma precariedade sem tamanho a situação da "rodovia" que liga dois estados da federação: Bahia e Goiás.

O trecho é de estrada de chão e interliga a GO-118 (Goiás) e a BR-020 (Bahia), na altura do povoado Pouso Alto, no município de Campos Belos (GO).

Um contribuinte fez diversas imagens, indignado e desolado, nos enviou, numa tentativa de encontrar uma solução ou pelo menos chamar a atenção. 

"Tá uma calamidade.  Tá de fazer vergonha. Se puder, faça uma postagem no seu blog a respeito disso pra ver se algum responsável  toma alguma providências", pediu. 

Ainda de acordo com ele, todos moradores de Pouso Alto dependem dessa estrada para trabalhar e que cerca de 90% dos pais de família trabalham na Bahia e há muito tempo todos têm perambulado pelo trecho, cheio de buraco, arreia, pedras e arremedo de pontes. 

"Às vezes os próprios fazendeiros colocam suas máquinas em alguns pedaços, mais logo fica ruim novamente. É daqui do Gerais que tiramos o nosso sustento e está intransitável. Nós temos um vereador filho do lugar, mais até agora não teve interesse nenhum de puxar e trazer nada para o nosso Distrito". 

As fotos, de acordo com o cidadão, são da subida da Serra Geral, na divisa Bahia-Goiás. "É um trecho de mais ou menos 30 km. É de dar pena. Isso poderia gerar riqueza e ser mais uma opção de caminho entre os dois estados. Mas ninguém liga", informa. 

Com essa postagem, espera ele, que ao menos neste período eleitoral, os gestores deem mais atenção a este gravíssimo problema do município de Campos Belos, especialmente dos moradores do distrito de Pouso Alto. 

O problema é que com o gravíssimo escândalo de desvio de milhões de recursos desviados da Saneago e que, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público, foram para irrigar os cofres do PSDB e a campanha do governador Marconi Perillo, a cúpula da política estadual estará agora mais preocupada em tentar se desvencilhar desse imbróglio, do que resolver essa questão viária na divisa com a Bahia. 

Um comentário:

anônimo disse...

Coitados desses pais de família isso é mais um Descaso com o povo de pouso alto