Banner 1

sábado, 23 de julho de 2016

PM apreende 5 armas de fogo e detém 3 por porte ilegal em Miracema, Tocantínia e Arraias (TO)


A Polícia Militar tem intensificado o trabalho de retirar armas de fogo em situação irregular de circulação e o resultado tem sido positivo em todo o Estado. 

Nesta quinta-feira, 21, em Miracema, policiais militares apreenderam duas armas do tipo espingarda de pressão e uma espingarda carabina calibre 22. Elas estavam na posse de um adolescente de 17 anos, acusado de atirar contra um veículo de passageiros, ferindo o motorista. 

Por meio de denúncia anônima os militares conseguiram localizar as armas e o menor que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, acompanhado da mãe, para as devidas providências legais.

Em Tocantínia, na mesma data, outra arma foi apreendida com um homem acusado de ameaçar uma terceira pessoa. 

Segundo a vítima os episódios de ameaças se repetiram por três vezes, na qual o acusado utilizou uma espingarda tipo "bate-bucha" de fabricação artesanal. 

Após a denúncia, os policiais militares localizaram o autor e a arma, os quais foram apresentados na Delegacia para os trâmites previstos na legislação.

Já em Arraias, na madrugada desta sexta-feira, 22, um homem de 22 anos foi detido com uma espingarda e uma faca após tentar fugir da abordagem policial. 

Durante o patrulhamento, o suspeito avistou a viatura da Polícia Militar e fugiu em uma motocicleta, com a arma presa à garupa do veículo, sendo interceptado pelos policiais militares. 

O acusado ainda tentou utilizar a arma de fogo contra os militares durante a fuga, porém foi impedido por meio de um disparo de aviso. 

O indivíduo teve uma lesão na perna e se entregou, sendo encaminhado para o hospital. A arma de fogo e a arma branca foram apreendidas e apresentadas na Delegacia de Plantão.

Fonte: Governo do TO

27 comentários:

Anônimo disse...

Despreparo,irresponsabilidade ou abuso de poder dos militares.
Policial militar atira em jovem de 24 anos pelas costas por ele não para em uma abordagem.
Ficando a bala alojada na coluna.Sendo assim como ele reagiu se ele foi atacado pelas gosta.

Anônimo disse...

Despreparo, irresponsabilidade ou abuso de poder dos militares?
Policial militar atira em um jovem de 24 anos pelas costas por ele não para em uma abordagem.
Ficando a bala alojada na coluna.Sendo assim como ele reagiu se ele foi atacado pelas costas?

Anônimo disse...

como a arma tava presa na moto e ele tentou atirar nos policiais ???

Anônimo disse...

Nem mentir a Polícia Militar sabe

Anônimo disse...

mentira foi os policiais que o atingiu sem ele mostrar nenhuma forma de reação contra a
ação dos PM.

Anônimo disse...

Caro Dinomar Miranda,em sua nota você colocou que o "acusado" foi impedido por meio de um disparo de aviso.
Você acha que quem atira nas costa de uma pessoa quer apenas itimida-lo.
Polícia Militar atira pelas costa covardemente.
Uma pessoa dessa não pode vistir farda pois não tem preparo nenhum e ainda pode colocar a sociedade em risco como fez com essa pessoa.

Anônimo disse...

Como podem dizer que foi só um disparo de aviso e que o rapaz sofreu uma lesão na perna sendo que a bala ficou alojada nas costas. Diante dos fatos conclui-se duas hipóteses : O policial efetuou o dispara com intenção de matar ou estava com uma exelente quando alvejou as pernas do rapaz e acertou as costas.

Anônimo disse...

Como podem dizer que foi só um disparo de aviso e que o rapaz sofreu uma lesão na perna sendo que a bala ficou alojada nas costas. Diante dos fatos conclui-se duas hipóteses : O policial efetuou o disparo com intenção de matar ou estava com uma exelente mira quando alvejou as pernas do rapaz e acertou as costas.

Anônimo disse...

Desparo de aviso nas costas ???? Acho que não vou pra matar mesmo ,policial irresponsável, dinomar se fosse vc procurava a verdade...

Anônimo disse...

A policia de Arraias só sabe bater em bêbados e nada mais ! É uma Polícia TOTALMENTE despreparada. Vamos aos fatos , como ele tentou atirar nos policiais se a espingarda estava presa na garupa da moto ? E porque foi atingido nas costas ? No mínimo se ele tentou reagir o tiro seria na frente ou algo assim . Já se perguntaram o real motivo dele não ter parado ? Em fim, a Polícia deveria ter atirado no peneu ou nem ter atirado . A falta de preparo poderia ter tirado a vida de um trabalhador inocente . Será que não julgaram por sua cor de pele ? Não sei ! Mas a policia daqui deveria se preparar ao inves de ficar criando bucho .

Rafael Barbosa disse...

aaaaah , entendi , o cara tava empreendendo fuga da policia , portando arma de fogo e os errados foram os policiais ? de repente a lei em Arraias é diferente dos outros lugares né !

Anônimo disse...

Por isso que nosso país estar do jeito que tá, sociedade apoio a vagabundagem, invés de questionar porquê o indivíduo estava armado, questiona a ação policial.

Anônimo disse...

arma de fogo na garupa da moto e o rapaz e contido com um tiro e uma questão pra ser estudada !Pq dificilmente uma pessoa sair em fulga encima de uma moto e conseguir manusear uma espingarda e efetuar disparo !estranho não ?

Anônimo disse...

Até o momento, o que vemos é um pré julgamento da ação Policial Militar sem qualquer conhecimento de causa, por pessoas que são incompetentes para fazê-lo. O que se sabe, é que a Polícia Militar de Arraias no dia do fato, tentou abordar um motoqueiro durante a madrugada, que imediatamente empreendeu fuga, comprovando a suspeita daqueles Agentes de Segurança Pública, de que aquele cidadão estaria no momento, por qualquer natureza, infringindo a lei.Sabe-se, que por um grande espaço físico, trafegou nas ruas da cidade em alta velocidade colocando a própria vida em risco, sem falar na de terceiros, que por ventura poderiam também em algum veículo, estarem utilizando as vias da urbe. Comenta-se que trafegou por vezes na contra mão de direção, desobedecendo, desde o início da abordagem as determinações para que parasse,inclusive circula comentários de uma Sirene acionada todo o tempo, provavelmente de uma Viatura Policial. Quanto ao desfecho do fato, sabe-se que o motoqueiro portava consigo uma Arma de Fogo longa, justificativa da fuga. Crime tipificado pela Lei 10.826 de 22 de dezembro DE 2003, que em seu Artigo 14 prevê pena de 2 a 4 anos de reclusão. Quanto à ação da Polícia Militar, cabe aos órgãos competentes avaliar a legitimidade e a legalidade da ação.Por essas razões entendo ser prematuro o julgamento, tendo em vista a boa conduta da nossa Polícia Militar de Arraias, que tanto tem feito para dirimir o crime na nossa região. Vamos torcer para que o rapaz se recupere o mais breve possível e reflita quanto à sua decisão no dia, evitando assim, para si maiores problemas no futuro.

Anônimo disse...

senhor blogueiro, tou vendo aqui muitos comentário sobre esse fato, na verdade as pessoas tao criticando o rapaz, mais na verdade esse rapaz tava vindo do mato, ele tava caçando e apolicias abordou ele e ele como não tem porte de arma ele correu,e os policiais atiram nele pelas cortas e agora tão falando que reagiu, o rapaz tava errado tava porq ele tava com uma arma na garupa da moto mais ele é um cidadão bem foi uma abordagem errada, agora eles tão falando que apontou arma pra eles tudo é mitira, como que uma pessoa ta correndo da policia com uma espingarda na garupa da sua moto vai da tempo pra amonta ela pra efetuar dispara ta errado, e qui aconteceu q os pm amontou a arma ele pra condenar-lo, se continuar assim vai morre muita gente aqui assim ta todo mundo comedo com esse tipo de abordagem, e as pessoa fica criticando sem saber do fato vamos conhecer ofato primeiro pra jugar o rapaz..

Anônimo disse...

Você deveria se preocupar em aprender a escrever primeiro cidadão.

Anônimo disse...

UMA INDIGNAÇÃO PARA TAL OCORRIDO...vivemos em uma sociedade em que a cada dia perdemos nossos direitos, ta certo meu caro blogueiro que o rapaz estava errado por andar com porte ilegal de armas, mas isso não dá o direito do que fizeram com ele e nem com qualquer outro cidadão. Ele é um homem de bem, vive do suor... vamos realmente apurar tais fatos porque aqui em Arraias só existe justiça para as pessoas mais fracas, vemos nossa juventude se perdendo nas drogas, nos roubos e nem por isso nada ainda não foi feito, será porque??? Moramos numa cidade pequena em que o nosso refugio é policia, não queremos uma policia onde teremos medo quando ouvirmos ou vermos uma viatura como nas grandes cidades, houve um erro sim nessa abordagem, não teve reação nenhuma. será que vai ficar assim? mais um crime sem punição? é preciso para que sirva de exemplo para outros policias, somos todos seremos humanos, apenas em busca de igualdade.

Anônimo disse...

Vamos torcer também para que esse polícia receba uma capacitação adequada para trabalhar com pessoas, pois esta atitude comprova a falta de preparo e inteligência desse cidadão que pagamos para nos proteger e ao contrário sai atirando em um rapaz sem o direito de explicar que vinha de uma caçada prática comum em nossa região.ainda distorce o ocorrido. Pois qualquer um ser que pensa vai saber q não houve uma perseguição, pois a vítima estava em uma moto e o pm de viatura.ou o pm estava a pé? Por quê não fez a ultrapassagem e a abordagem adquada do sujeito??? Esse fato precisa ser apurado. Caso não seja aki vamos levar ao conhecimento do comando geral em palmas. Nos ajude Dinomar!!!

Anônimo disse...

Sovvai ficar sem punição se nós falarmos. Levar ao conhecimento do comando geral da pm em palmas, assim eles respeitam mais a comunidade....

Anônimo disse...

Vai da porrã nenhuma pros pm, gosta de caçar amigo? Compra arco e flexa,feriu a legislação a polícia tem que reprimir mesmo, tinha escrito na testa dele que diabos ele é nao... que isso sirva de lição nao pros outros "puliças " mas sim pros demais comedores de animais silvestres

Anônimo disse...

Esse policial precisar ser denunciando, para que isso não aconteça mais.Pois o que eles fizeram foram muito errado deixado a comunidade assustada.
E coisa pior tem em Arraias e eles não resolve.

Anônimo disse...

Lamentável tal atitude,os pms aki se sentem os donos do mundo.sao despreparados e incompetentes.tambem só os vêem nos butecos.qdo n estão bêbados estão de ressaca.tem que apurar esse fato. A distorção ta grande,pois pode um sujeito em cima da moto manusear uma espingarda? Ou foi cena de filme??? Conta outra história essa não coloooooo

Anônimo disse...

si toda abordagem aqui em arraias for com tiro na costa vai morre gente mais...

Anônimo disse...

Blogueiro, mude a política do blog,criticar anonimamente é muito cômodo, mostrem a cara covardes.

Anônimo disse...

Despreparado é você que deve estar louco pra ser PM no Tocantins e não tem competência pra ser aprovado no Concurso.

Anônimo disse...

E vc por que não se identificou??? Covarde também??? Deve estar desesperado com a repercussão não é mesmo???

Anônimo disse...

As críticas anônimas demonstra como a comunidade arraiana tem medo da polícia.sem criticar, os policias fazem uma barbaridade dessas imagine se sabem quem estão revoltados com eles. Taí a revolta é indignação da sociedade.....