Banner 1

Banner 1

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Padre de Aurora (TO) continua na UTI. Seu estado de saúde ainda é grave, diz a Diocese



O estado de saúde do padre Márcio Alves Pereira, da paróquia de Aurora do Tocantins, ainda é grave e ele continua sob cuidados intensivos numa UTI do Hospital Geral de Palmas (TO). 

No início de julho, ele foi vítima de um acidente de trânsito, quando o motorista do carro, que não teve o nome divulgado, perdeu o controle do veículo na BR-010 e capotou.

O padre teve ferimentos graves, foi socorrido por terceiros e encaminhado ao hospital de Natividade e depois ao Hospital Regional de Porto Nacional. De lá ele foi transferido para UTI do HGP. 


Uma nota publicado pela Diocese de Porto Nacional neste domingo (17) informa que os religiosos têm contato constante com a Marli, irmã do padre, que diariamente passa as informações dadas pela equipe médica. 

No sábado, diz a  nota,  ela disse que a pressão dele estava baixa. 

"Conversando com ele, abriu um pouco os olhos, mas o estado dele é o mesmo. Foram sérios os traumas na cabeça, tórax e coluna. Ele teve lesão na T3 e T4 e precisam manter todas as medicações. 

Precisamos das orações de todos para que Deus o ajude nesse momento difícil.

A Diocese de Porto Nacional tem acompanhado de perto esse processo, auxiliando em tudo o que é necessário. 

Foi notada certa polêmica por causa de um pedido feito por alguém da Casa de Apoio Vera Lúcia, deixando transparecer que a Diocese de Porto Nacional não estaria apoiando a família do Padre, o que não é verdade.

Solicitamos que qualquer ajuda nesse momento fosse repassada diretamente à Marli, na Casa de Apoio ou em seu telefone celular 63-98100-3881. 

Agradecemos a todos pelas orações e pedimos o auxílio de Nossa Senhora das Mercês, nossa Padroeira, que auxilie nosso padre nesse momento difícil", disse o padre Heldeir Gomes Carneiro, chanceler Diocesano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário