Banner 1

Banner 1

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Monte Alegre de Goiás aumenta em 206% seu nível de transparência. Nova Roma (TO) nem nota zero. Cavalcante está entre os melhores



O Ministério Público Federal (MPF) divulgou a nova classificação nacional dos portais da transparência de estados e municípios brasileiros, conhecida como Ranking da Transparência. 

O projeto, de autoria da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, avaliou portais de 5.567 municípios, 26 estados e do Distrito Federal. 

O balanço das ações civis públicas propostas também foi divulgado.

A avaliação se baseou em questionário desenvolvido pela Ação nº 4/2015 da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla), que selecionou as principais exigências legais e itens considerados “boas práticas”. 

A análise mensura o grau de cumprimento de leis referentes à transparência no Brasil, numa escala que vai de zero a dez.

Na primeira análise dos portais, em 2015, apenas sete municípios e um estado conquistaram nota 10 na avaliação. 

Já nesta segunda análise, o número de municípios com a nota máxima subiu para 120, enquanto o de estados subiu para três.

O município de Monte Alegre de Goiás, no nordeste do estado, foi o que mais cresceu em nível de transparência, pulando 206% em relação ao dado do ano passado. 

A nota do município saltou de 2,90 para 8,90. 

A cidade vizinha de Cavalcante (GO) está também bem na fita, entre os municípios de maiores notas. 

Em compensação, Nova Roma (GO) está entre os piores, com nota zero. 

A transparência de Campos Belos melhorou, saiu de 5,20 para 7,60. 

Confira a relação completa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário