quinta-feira, 30 de junho de 2016

Vereador de Campos Belos é preso por violação à Maria da Penha


O vereador de Campos Belos e ex-1º secretário Denílson Alves Teixeira foi preso nesta quarta-feira (29). 

Ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha por ter sido flagrado agrendindo uma namorada. 

De acordo com a Delegacia de Polícia da cidade, o vereador foi preso por violência doméstica um dia após ser intimado de medida protetiva para não se aproximar da esposa e por ter sido flagrado agredindo sua nova namorada. 

Segundo o delegado, ele só não foi recolhido ao presídio, porque o Código Processual Penal prevê que ele, por ser parlamentar, tem direito a sala de estado maior e como no presídio não há qualquer sala desse modelo, ele foi recolhido à cela da Delegacia de Campos Belos.

Um familiar do vereador também confirmou a prisão.

Ontem à noite, pacientes do Hospital de Campos Belos fotografaram o vereador sendo acompanhado por dois policiais militares, no momento em que foi realizar o exame de corpo delito. 

O blog tentou falar com o presidente da Câmara, o Vereador Marreta, para saber o posicionamento oficial da instituição sobre a prisão de um parlamentar da Casa. 

Mas o telefone não atende. 

Segundo a secretária da Câmara de Vereadores, o presidente Marreta foi nesta manhã às celebrações fúnebres de "Maria Bocão",  uma empresária do ramo de bares, muito conhecida na cidade, que morreu nesta quarta-feira (29) e só deve falar com a imprensa posteriormente. 

Aprovada a Declaração de Brasília Contra a Corrupção


Nesta quarta-feira, 29 de junho, foi aprovada a “Declaração de Brasília contra a corrupção”. 

O documento, que lista 14 medidas que devem subsidiar a atuação do sistema de justiça no combate à corrupção, foi divulgado no fim do seminário “Grandes casos criminais: experiências italiana e perspectivas do Brasil”.

O evento reuniu, durante três dias, em Brasília, autoridades brasileiras e italianas que discutiram e relataram ações realizadas e dificuldades enfrentadas em grandes casos criminais, como as operações Lava Jato e Mãos Limpas.

Entre as medidas, defendeu-se o fortalecimento do princípio acusatório no processo penal brasileiro para permitir que juízes e membros do Ministério Público garantam os direitos de acusados, vítimas e sociedade.

Além disso, a declaração repudia as tentativas de modificar a legislação que regula os acordos de colaboração premiada, “para impedir que acusados privados de liberdade colaborem com a Justiça como legítima estratégia de defesa e como forma de reduzir suas penas ou de melhorar suas situações carcerárias”.

Outra iniciativa da declaração é a que aponta a necessidade de se ampliar os limites da Justiça Penal pactuada no processo penal e no processo civil brasileiros, “a exemplo do que já ocorre com os acordos de colaboração premiada e os acordos de leniência. 

Acordos penais (plea bargain) entre Ministério Público e defesa, sob estrito controle judicial, devem ser permitidos pela legislação”.

Por sua vez, devem ser incentivadas a constituição de forças-tarefa institucionais e interinstitucionais e a criação de equipes conjuntas de investigação (joint investigative teams), de forma a permitir o intercâmbio de informações processuais e de segurança pública entre órgãos de persecução criminal e agências de inteligência.

A declaração demonstra a preocupação em relação aos movimentos que tentam modificar a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que passou a admitir a execução penal da sentença condenatória após o trânsito em julgado em segunda instância.

Por fim, o documento destaca que a sociedade brasileira espera que o Congresso Nacional discuta, aperfeiçoe, se necessário, e aprove o mais rápido possível, as dez medidas contra a corrupção, propostas pela sociedade, e que originaram projetos de lei “essenciais para consolidar os avanços da política brasileira de prevenção e repressão à corrupção e a outros delitos graves”.

Fonte: Conselho Nacional do Ministério Público 

Arraias (TO): Projeto de Escolinha de futebol Circuito dos Sonhos disputa Prêmio Innovare Nacional, do Poder Judiciário





O professor de educação física, Oscar Alves, por meio do Projeto Escolinha de futebol móvel pelos bairros e quilombo/zona rural do município de Arraias, sudeste do Tocantins, está classificado para a quarta etapa do Prêmio Innovare – maior premiação do Judiciário Brasileiro. 

Em razão de já estar classificado para a quarta etapa nacional, ontem a Escolinha de futebol Circuito dos Sonhos recebeu a visita do do consultor do Instituto Datafolha/Folha de São Paulo, onde o veio atestar o funcionamento, produzir vídeos, fotos e depoimentos sobre o projeto.

“Passamos agora para IV etapa. Para nós quebramos já paradigmas e é um momento muito importante para a construção e realização dos nossos Sonhos”, disse o idealizador do projeto, o professor Oscar Alves.

O Prêmio Innovare tem como objetivo o reconhecimento e a disseminação de práticas transformadoras que se desenvolvem no interior do sistema de Justiça do Brasil, independentemente de alterações legislativas.

O que é o projeto

Na busca de oportunizar os jovens da região Sudeste do Tocantins para a prática de uma modalidade esportiva, o professor Oscar Alves, lançou no dia 12 de maio, a Escolinha de futebol- Circuito dos Sonhos de Arraias. 

Trata-se de uma escolinha de futebol móvel pelos bairros e quilombo/zona rural do município de Arraias, sudeste do Tocantins, com IDH 0,651 região norte do Brasil, sendo o bioma predominante, o cerrado. 

A escolinha busca alimentar os diferentes sonhos das crianças e adolescentes junto com as famílias, resgatar valores e prevenir que vidas em estado de vulnerabilidade social se percam nas mazelas da sociedade: suicídios, drogas, criminalidade. 

A ação, preventiva, pretende a cada circuito diminuir atos infracionais, bem como resgatar o ser humano para a vida, e ai diminuir, a quantidade de ações infracionais na Jurisdição de Arraias. 

O funcionamento da escolinha de futebol vai além da pratica da modalidade que já é educativa, como também, educação ambiental (Arraias é região mais seca do Tocantins) resgate de valores, praticas do ensino de cidadania, ensino da música, artes, do teatro e patriotismo.

Histórico

A prática foi lançada em 2001 no município de Arraias, através da escolinha de futebol Nilton Santos, esteve em funcionamento no ano de 2013 e agora em 2016 foi reformulada. 

“O futebol é o instrumento utilizado para trazer as crianças e jovens rumo a inclusão social e a cada circuito, pretende-se diminuir os atos infracionais da cidade”, afirma o Oscar Alves, professor e idealizador do projeto. 

Metodologia

O funcionamento em circuitos pelos bairros, quilombo/zona rural da cidade nos espaços disponíveis, sendo que a 30(trinta) dias todos os polos em um campo neutro realizarão atividades, pensando que a cada novo encontro a paz e os sonhos voltem a serem construídos em prol de uma sociedade melhor. 

A logística permite que a escolinha vá ao encontro das crianças e jovens dentro da sua comunidade. 

A partir daí inseri-los novamente em um convívio harmônico nos encontros mensais com os demais bairros da cidade. 

É importante ressaltar que motivo da metodologia se dá pelos motivos: os bairros, quilombo/zona rural já estarem em estado avançado de rivalidade, fato que contribui de maneira significativa para os avanços de atos infracionais. 

As atividades serão ministradas de segunda a sexta-feira, no contra turno, com ações teóricas (meio ambiente, produção de textos, vídeos, palestras, entre outras) e a práticas da modalidade esportiva.

Serão atendidos 25 alunos em cada polo de acordo com a faixa etária, totalizando 100 alunos.

Premiação

Os membros do conselho superior do Prêmio Inovarri são: Ministro Carlos Ayres Britto, Roberto Irineu Marinho (Presidente do Grupo Globo) e associações nacionais que representam o poder judiciário.

A comissão julgadora do Prêmio Inovarri são: Ministro Ricardo Lewandowski (Presidente do Supremo Tribunal Federal), Ministra Cármen Lúcia (Vice-presidente do Supremo Tribunal Federal), Ministro José Antônio Dias Toffoli (Presidente do Superior Tribunal Eleitoral), Dr. Rodrigo Janot(Procurador Geral da República), ministros e representantes da classe judiciaria de todo o Brasil. “ Não tenho dúvida a maior premiação do judiciário brasileiro, e Arraias no coração do Brasil com o seu representante.”, afirma o professor Oscar Alves.

Fonte: Alô Esporte

quarta-feira, 29 de junho de 2016

"Seu Polícia": Site oficial da dupla Zé Neto e Cristiano estampa show na Expoagro de Campos Belos (GO)




O site oficial da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano estampou a publicidade do show da dupla em Campos Belos, que ocorre no dia 15 de julho, na XXIII Expoagro da cidade. 

Depois de Campos Belos, a dupla segue para Sertãozinho (SP), para a festa do Rodeio, no dia 16 de julho,  e após para Iturama (MG), no mesmo dia.  

Em Brasília, a dupla canta no dia 9 de julho, no DF Festeja Brasília. 

Discriminação: Patroa demite mãe solteira porque 'não pode aceitar esse tipo de gente'


Uma publicação de uma página do Facebook gerou revolta na rede social por evidenciar um caso de preconceito. 

Publicados pelo "Diário de uma mãe solteira" na última sexta-feira, prints de uma conversa de WhatsApp denunciam uma patroa que dispensou uma faxineira porque a prestadora de serviço tem filhos e não é casada. 

De acordo com a empregadora, não seria possível "aceitar esse tipo de gente" na casa dela.

A justificava se estende para os filhos, que poderiam "aprender algo errado", e o marido, porque não queria "esse tipo de gente" perto dele. 

Apesar do pedido - até desesperado - da faxineira, a decisão de demiti-la não se altera e a empregadora afirma que o dinheiro devido poderá ser retirado com o porteiro do prédio.

Até o momento, o post conta com cerca de 8,9 mil reações (entre curtidas e emoctions de tristeza e raiva), mais de cinco mil compartilhamentos e 1,2 mil comentários, a maioria de indignação.

Fonte: Agência Estado

Faltam médicos no hospital municipal de São Domingos/GO


Mesmo com salários atraentes, municípios do interior sofrem com a falta de médicos.

Em São Domingos, no nordeste Goiás, a situação não é diferente.

Essa semana o hospital municipal da cidade está sem médico plantonista.

O motivo, de acordo com a prefeitura, é que o médico que estava escalado para trabalhar durante essa semana teve que se ausentar, devido a um acidente que vitimou o pai dele.

Como não poderia ser diferente, médico teve que ir acompanhar o pai.

Com a ausência do médico, a secretaria de saúde buscou médicos por toda região, inclusive em outros estados. 

Mas só conseguiu médico para atender a partir de amanhã e à noite.

“Conseguimos um médico plantonista para começar na quarta-feira no início da noite. O médico ficará de plantão até sábado”, informou Jeová Andrade, secretário de saúde.

Os moradores que procuram o hospital municipal estão sendo encaminhados para o hospital municipal de Divinópolis de Goiás. A situação deve ser normalizada nos próximos dias.

O funcionamento do PSF, diferentemente do hospital municipal, segue trabalhando normalmente.

Com informações de Antônio Carlos 

Casamento de Celsinho e Elaine marca a reinauguração da igreja de Campos Belos (GO)



Uma lindíssima cerimônia de casamento marcou a reinauguração da Igreja matriz de Campos Belos. 

O enlace matrimonial entre Celsinho e Elaine Reges, ocorrido no último sábado (25), foi o primeiro casamento pós reforma que transformou a igreja, depois de uma ampla intervenção, custeada principalmente pela comunidade. 

Elaine Reges, advogada, é filha do nosso primo Nilson Reges, também advogado e de Maria Aparecida Reges, servidora pública estadual. 

Reges é uma família tradicional de Campos Belos, proprietária do saudoso e único cinema da cidade, o Cine Reges. 

Já Celsinho, servidor público federal, é filho do Celso Batista (Boca Doce), empresário que aportou na cidade em meados da década de 80 e desde então se tornou um dos principais nomes do empresariado regional e de Denilda Moreira Bastista, também empresária. 

A recepção, que teve um decoração de encher os olhos, ocorreu no clube Bella Acqua Parck. 

A festa mexeu com a comunidade e reuniu centenas de convidados, amigos e parentes dos noivos, que por sinal estavam lindos.

Registre-se também a elegância e o requinte dos pais do casal.

A propósito, pedimos desculpas ao primo Nilson Reges (nossos avós são irmãos) pela ausência. 

Senti-me honrado pelo convite, mas não pude comparecer em virtude do incessante trabalho aqui na capital federal. 

Ao casal e à família de ambos, os nossos sinceros votos de felicidades e que o enlace, produzido pelo amor, dure para sempre, com muito carinho, amizade, brilho e vida. 






Prefeitura de Campos Belos abre licitação para comprar produtos da Merenda Escolar do pequeno produtor


Produtores rurais, grupos informais, fornecedores individuais do nordeste de Goiás e do Sudeste do Tocantins ganharam uma grande oportunidade de comercializar seus produtos. 

A prefeitura do município de Campos Belos (GO) abriu uma Chamada Pública para a aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural.

Os alimentos são parte da cesta do Programa de Alimentação Escolar e vai atender à Merenda Escolar.  

Serão comprados milho, chuchu, polpa de fruta, frango, couve, cheiro verde, laranja, mandioca, leite fresco ovos, queijo, tomate, sobrecoxa, fresco e repolho.

O alface, por exemplo, será comprado pelo Poder Público 1.261 pés, ao preço de R$ 2,76.

A licitação ocorre no dia 26 de julho de 2016, às 9h, na sede da prefeitura da cidade. 

Maiores informações pelo telefone (62) 3451-1403. 

Confira o edital na íntegra 

terça-feira, 28 de junho de 2016

1º Encontro de raizeiros e Pajés da Chapadas dos Veadeiros acontece entre 20 e 23 de julho, na Vila São Jorge


Canto Coral UFT abre inscrições para os câmpus de Palmas e Arraias


A partir desta segunda-feira (27) a 1º julho, está aberto o período de rematrícula para os veteranos do Canto Coral UFT, no Câmpus de Palmas e, simultaneamente, para inscrições de abertura de uma turma no Câmpus de Arraias.

O Projeto Canto Coral, vinculado ao Programa Servidor Multiplicador, além do Câmpus Palmas, também passará a ser desenvolvido no Câmpus de Arraias. Câmpus de Palmas

Para o grupo de coralistas de Palmas, serão disponibilizadas 40 vagas, preferencialmente, 16 vozes masculinas e 24 vozes femininas. 

Após esse prazo, dos dias 04 a 08 de julho, será aberto o período de matrícula para as vagas remanescentes. 

A efetivação da matrícula será por ordem de inscrição, obedecida a quantidade de alunos no projeto.

O resultado e demais informações serão divulgadas nos dias 11 a 15 de julho.

As aulas terão início no dia 08 de agosto, com ensaios às segundas, quartas e sextas-feiras, das 17h às 18h40, distribuídas por vozes femininas, masculinas, e com todo o grupo, respectivamente.

“O nível de amadurecimento do grupo foi muito bom. Um ano de trajetória e expressivo crescimento vocal, disciplina musical. 

A expectativa é que consigamos expandir e alcançar mais pessoas e que todas sejam beneficiadas nesta ação do servidor multiplicador, com maior qualidade de vida no trabalho, interação e integração entre os colegas de trabalho”, manifesta o maestro Bruno Barreto

Barreto, que coordena e orienta os trabalhos do Canto Coral UFT , Câmpus de Palmas, há mais de um ano, ressalta que neste primeiro semestre foi trabalhado um repertório voltado para a música popular brasileira. 

Já para o próximo semestre, o projeto é de elencar canções regionais, incluindo músicos tocantinenses como Dorivan Borges, Quésia Carvalho, Genésio Tocantins e Juraíldes da Cruz, dentre outros.

As atividades do próximo semestre vão até o dia 16 de dezembro e devem ser encerradas com uma cantata de Natal, com conteúdo ainda a ser definido, afirma Barreto.

 Câmpus de Arraias

No Câmpus de Arraias, as inscrições também ficam abertas de 27 a 1º de julho. E serão disponibilizadas 50 vagas, para vozes masculinas e femininas.

Os dias 04 a 08 de julho serão reservados para uma entrevista com o professor que abordará aspectos pertinentes ao projeto. E  dos dias 11 a 15 de julho poderá ocorrer entrevistas/reuniões para os últimos ajustes.

As aulas terão início no dia 01 de agosto, com ensaios às terças, quartas e quintas-feiras, das 17h às 18h40, distribuídas por vozes femininas, masculinas, e com todo o grupo. 

Este grupo será regido pelo professor e maestro Waldir Pereira da Silva.

Para acessar a ficha de rematrícula/Palmas, clique aqui. 

Ficha para inscrição/Arraias, aqui.

Mais informações, pelos telefones: Palmas, (63) 3232-8560 (Thiago); Arraias, (63) 3653-8811 (Professor Valdir).

Pai de menino que publicou foto da mãe agredida: "Não sou um monstro"




Um sargento da Força Aérea Brasileira, denunciado pelo filho de 11 anos por agredir a mulher, Fabiane Boldrini, se pronunciou, nesta segunda-feira (27/6), no Facebook, sobre as acusações. 

"Gostaria que todos olhassem a foto e visse se foi espancamento. Não sou um monstro", escreveu.

No domingo (26/6), o filho do casal divulgou as fotos da mãe ensanguentada, de nariz quebrado. 

Segundo o garoto, o pai fraturou o nariz da mãe com um soco, porque ela disse que não queria mais viver com ele. 

"Antes que pensem que ela fez alguma coisa de errado, ela não fez nada para merecer isso. Eu sou testemunha", relatou. 

O menino escreveu ainda que "por mais que ele tente se explicar, isso que ele fez não tem justificativa". 

O post da criança teve mais de 15 mil curtidas e 12,5 mil compartilhamentos.Para rebater, Joel Jorge postou hoje que foi mordido por Fabiane e por isso bateu nela. 

O sargento alega ainda que foi a mulher quem publicou as fotos dela machucada no perfil do filho. 

"Sempre serei um pai, não adianta querer me fazer parecer esse monstro. Já me atingiu, Fabiane Boldrini."

Fonte: Diário da Manhã

Empresário comanda movimentos sem-terra em Alto Paraíso de Goiás


Com a promessa de distribuir terras a pequenos produtores rurais, o empresário Hugo Daniel Maciel Zaidan, 33 anos, comanda ao menos oito acampamentos instalados em fazendas no Entorno do DF e mobiliza um verdadeiro exército de sem-terra — o Movimento Social de Luta (MSL). 

Dono de um restaurante em Alto Paraíso, ele é ex-seguidor do antigo líder do Movimento dos Sem-Terra (MST) José Rainha, com quem rompeu para criar a própria bandeira. O MSL consegue se manter por meio de doações dos integrantes. 

Dinheiro usado, segundo Zaidan, para resolver os trâmites legais, conseguir autorizações e pagar melhorias nos assentamentos, que estariam, de acordo com ele, em terrenos supostamente irregulares com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

As ocupações do MSL ocorrem, simultaneamente, nas cidades goianas de Formosa, Teresina de Goiás, Alto Paraíso e São João d’Aliança. O movimento reuniu cerca de 1,5 mil pessoas para montar cada acampamento. 

Vai gente também do Gama, do Núcleo Bandeirante, do P Sul e da Candangolândia. Zaidan, porém, nunca conseguiu entregar os lotes que prometeu. “Não entreguei porque o Incra não libera. 

Há um ano e meio, nós controlamos o acampamento Dorselina Folador, que era uma fazenda, e agora é nosso. Eles (os donos) não fazem nada. 

A terra não tem estudo, não tem corte, nada. Mas 40 famílias moram lá. Eu consegui”, conta o líder.

A iniciativa de Zaidan resultou em nove ações criminais contra ele no Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), incluindo uma por descumprir mandado de reintegração de posse. 

O caso ocorre na Fazenda Barreiro, em Formosa, ocupada em dezembro e tirada das mãos dos sem-terra dois meses depois, por ordem judicial; mas, desde o último domingo, novamente cheia de manifestantes. 

De acordo com o juiz Lucas Siqueira, titular da 1ª Vara Cível da cidade, “não há como saber até onde há legitimidade na invasão. 

Foi provado que a terra tem dono, que é produtiva, e foi dada a ordem para eles saírem. Continuar ali configura crime de desobediência”, afirmou.

“Nada disso vai pra frente”, declarou o invasor-chefe, em resposta à declaração do magistrado. 

“Tenho quatro advogados. Nunca paguei fiança. Estou no caminho certo. Tiro (as terras) dos ladrões, de quem lava dinheiro e dos traficantes para dar aos pobres. 

Estou educando a população para correr atrás do que é dela”, acrescentou Zaidan, que, segundo ele, desde os 13 anos milita pela reforma agrária. “Não tenho mais medo de nada. Já sofri o que tinha para sofrer”, acrescentou.

Há duas semanas, ele foi preso em flagrante acusado de receptação. Segundo a Polícia Civil de Goiás, em 4 de fevereiro, ele foi surpreendido em posse de um trator, maquinários e um caminhão dentro do acampamento Nelson Mandela, em São João d’Aliança, na Fazenda Isabel, invadida pelo MSL em dezembro do ano passado. 

O empresário disse que os equipamentos estavam sob a responsabilidade dele, mas não apresentou documentos. 

Chegou à delegacia de Alto Paraíso escoltado, mas, por falta de provas, acabou liberado. Na cidade, ele responde por oito acusações, a maioria sobre ameaça e extorsão.

Fonte: Correio Braziliense

Música do Dia: Sala de Reboco, com o "velho Lua"

Prefeitura de Combinado (TO) rejeita pagar reajuste de Plano de Carreira, diz leitor


"Prezado Dinomar Miranda, 

No município de Combinado foi criado junto ao SISEPE-TO o plano de Cargos e Carreira, e foi estabelecido ser pago no mês de abril a data base dos servidores efetivos de Combinado.

Neste ano o índice foi estipulado de 13,58%, mas quando o sindicato foi procurar a prefeitura, a prefeita municipal dona Maria do Socorro Ferreira de Moraes ofereceu apenas 5% de reajuste, alegando que o município não tem condições de pagar os funcionários concursados.

A prefeita alega que não dar conta de pagar os concursados, mas está contratando mais gente para trabalhar, será que tem alguém trabalhando de graça na prefeitura ?

Por muita briga o sindicato ainda conseguiu fazer um acordo de pagar 10% de reajuste do data base, ficando os servidores prejudicados com 3,58% perdidos para trás que iremos levar pelo resto da vida.

Em pleno ano eleitoral a prefeita humilha os servidores efetivos dessa forma, não é a primeira vez que ela faz isso e ela não faz por onde esconder a sua insatisfação com os servidores concursados."

Posse (GO) faz mutirão para programas de Assistência Social​



A Prefeitura Municipal de Posse, por meio de uma ação conjunta das secretarias municipais de Assistência Social, Saúde e Educação, promovem desde as oito da manhã desta terça-feira, 28 de junho, um grande mutirão para regularização e concessão de benefícios sociais, principalmente o Bolsa Família.

Em Posse, segundo a Secretaria de Assistência Social, são mais de quatro mil pessoas inscritas no Cadastro Único da Assistência Social, que além de ser fundamental para o Bolsa Família, é imprescindível para outros programas, como isenções sociais e passe do idoso.

O prefeito municipal de Posse, José Gouveia, lembrou que as famílias devem sempre manter seus cadastros atualizados, para evitar correr o risco de perder seus benefícios. 

Para o bolsa família, além do Cadastro Único, que exige comprovação de endereço, renda, identidade, CPF e carteira de trabalho do inscrito, é preciso também comprovar a renda per capta da família, a presença das crianças na escola e dados de saúde como altura, peso e cartão de vacinação.

Participaram da cerimônia de abertura do Mutirão, que contou com um lanche feito pela Assistência Social, a primeira dama de Posse, Fabiana Pereira, também Secretária de Ação Social; Marcos Roberto, secretário de Educação; Bete Manieri, secretária de Saúde e o vereador Abílio.

“A renda do Programa Bolsa Família não ajuda somente a vocês beneficiários, mas a toda a economia de posse, gerando renda no comércio e emprego. Vamos trabalhar para manter tudo em dia”, incentivou Gouveia. 

As famílias cadastradas que ainda não foram fazer sua atualização, ou aquelas que querem fazer seu cadastro único no Centro da Juventude hoje até as 17 horas no mutirão e todos os dias na Secretaria de Assistência Social. 










Polícia prende duas mulheres com 10 kg de maconha em ônibus da São José do Tocantins, na GO-118


O tráfico de drogas em Campos Belos, no nordeste de Goiás, e no sudeste do Tocantins não para e cada vez mais tem empurrado mais gente para a cadeia e para a criminalidade, muitas delas em busca do dinheiro fácil. 

E agora até as mulheres têm feito parte do comércio proibido. 

Nesta segunda-feira (27), numa operação conjunta da polícia civil e equipes especiais da Polícia Militar de Campos Belos COD (Comando de Operações de Divisa) e GPT (Grupo Tático) resultou na apreensão de 10 kg de maconha e 226 gramas de crack.

O flagrante foi feito na rodovia GO-118, km 220, próximo a Teresina de Goiás, quando por volta das 5h30 os agentes do Estado abordaram um ônibus da empresa São José do Tocantins, que faz a linha Goiânia/Campos Belos. 

Com os entorpecentes, foram presas duas mulheres: J. P.Santos e uma menor N.L.F. 

Segundo a Polícia Militar, elas teriam recebido a substância em Goiânia e  o produto proibido seria vendido em Campos Belos e região.

Imediatamente a autora e a infratora foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil de Cavalcante (GO), para procedimentos legais. 

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Uma aula em uma imagem


Prefeitura de Posse inaugura USB Sr. Doca, na Vila São José



Por Rose Ane Silveira, 

A Prefeitura Municipal de Posse inaugurou na noite da última sexta-feira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a Unidade Básica de Saúde Senhor Doca, localizada na Vila São José. 

Centenas de pessoas participaram do evento, marcado por muita emoção.  

O prefeito José Gouveia afirmou que esta foi uma das maiores conquistas de sua gestão, já que toda  a região carece de atendimento médico e era obrigada a recorrer aos postos de Saúde do Centro de Posse.

“Esta é uma conquista que é o resultado do trabalho de três anos e meio. Ninguém constrói uma obra como esta de um dia para o outro. 

Assim como as outras obras entregues, entre elas as 330 casas do Residencial Morada Nova, considero que o tempo foi muito rápido entre a apresentação do projeto e a entrega das obras.

 A saúde do Brasil está ruim como um todo, mas Posse não baixou a cabeça e fomos atrás dos recursos e fizemos acontecer”, afirmou Gouveia.

A ex-secretaria de Saúde de Posse, Rosana Tonhá, além de elogiar e homenagear, assim como o prefeito e a atual secretária Bete Manieri, toda a equipe da Secretaria de Saúde e as demais secretarias que ajudaram na construção de mais esta unidade médica em Posse, fez questão de listar em seu discurso todas as obras da área da saúde da gestão Gouveia.

“São muitas obras, como a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Academia de Saúde, reforma e ampliação dos postos de saúde e construção de quatro novos, mas esta obra aqui ficará para a história como uma grande conquista desta comunidade”.

Já Bete Manieri agradeceu ao prefeito a oportunidade de participar de um trabalho tão enriquecedor e importante para a população de Posse. 

Ela afirmou que se não fosse o empenho do prefeito em conseguir o apoio federal e a persistência na manutenção dos projetos, Posse não viveria a revolução na sua saúde, que vivencia hoje.

Entre as autoridades presentes, além do prefeito Gouveia, estavam os vereadores Abílio e Chefe, os secretários Hallison Monteiro, da Administração; a primeira dama e secretária de Assistência Social, Fabiana Pereira; Fonso, da Infraestrutura; Marcos Roberto da Educação, Nilson dos Transportes; os radialistas Antônio Gilberto, Márcio Passos, Adelmo de Paula, o ex-secretário Vando e a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Léo.

Que país é este? Sergio Moro é ovacionado em show do Capital Inicial






O juiz federal Sergio Moro foi ovacionado, sábado à noite, durante show do Capital Inicial em Curitiba. 

Antes de cantar ‘Que país é este?’, Dinho Ouro Preto dedicou a canção à ‘celebridade’. “A gente sempre dedica essa música a alguém que está envolvido em algum escândalo. 

Nesta semana poderia ser o Paulo Bernardo (ex-ministro). Na semana passada, o Eduardo Cunha. Mas eu vou dedicar essa música hoje ao juiz Sergio Moro. 

Ele está aqui assistindo.”

Bastou a deixa para que 2,5 mil pessoas começassem a aplaudir e a gritar por mais de um minuto. 

Moro, num camarote, se curvou, fez sinal de joia e acenou para a plateia.

Imagem do Dia: O desrespeito com a comunidade de Pouso Alto





Em " Imagem do Dia" geralmente uso o espaço para demostrar as belezas físicas do nosso Goiás, do nosso Tocantins, da nossa Bahia, do nosso Brasil.

É uma forma de render homenagens ao belo, à natureza e conscientizar a todos da necessidade de valorizar e proteger a nossa fauna, a nossa flora, os nossos encantos naturais. 

Mas hoje sou obrigado a usar o espaço para denunciar a falta de respeito para com uma das comunidades das mais queridas do município de Campos Belo: o povoado Pouso Alto.  

Por ser distante do centro administrativo, os moradores do povoado são carentes de tudo: de uma boa escola, de rede internet e antenas de celular, de energia elétrica, de saneamento e o mais escandaloso: da falta de urbanização. 

Todo período eleitoral a ladainha de pavimentação de suas poucas ruas se repetem. 

Entra prefeito e sai prefeito e a cantiga não muda o tom. 

Mas todos estão calejados e não acreditam mais nas falsas promessas. 

E o resultado da falta de compromisso dos gestores públicos com esse povo trabalhador e pagadores de impostos é este das fotografias. 

Muita poeira e todas as mazelas trazidas, que se intensificam anualmente nos meses de junho a outubro, período da sequidão. 

A pergunta é até quando este sofrimento da comunidade Pouso Alto vai perpetuar?  

Fotos: Jaoci Felix

Covardia em Alto Paraíso: homem é preso em flagrante por agredir sua mãe, uma idosa de 76 anos



Que a violência na nordeste de Goiás não dá trégua de jeito nenhum, todo mundo já sabe.

Agora o que não se pode mais tolerar são as constantes agressões a idosos. Pior é quando o idoso é pai ou a mãe do algoz. 

Aí a sociedade e  a justiça não podem compactuar, de maneira alguma. 

E neste fim de semana mais um grave caso de violência contra idoso ocorreu na região. 

Policiais Militares de serviço na madrugada de sábado (26), em Alto Paraíso de Goiás, foram acionados por volta de meia noite, início da madrugada, pelo 190.

Na ocorrência, pasmem, uma senhora de 76 anos de idade clamava por socorro no interior de sua residência.

No local, na Avenida Esperanto, a guarnição certificou-se que a idosa J.C.S estava sendo brutalmente agredida por seu filho, J.P. S, de 42 anos de idade.

As cenas das brutal violência podem ser vistas nas fotos. 

As marcas do desrespeito ao idoso e principalmente do desequilibrado e desrespeitoso ataque a pais e mães estão nas janelas da residência. 

Ao agressor, um homem já maduro e que deveria ao menos levar em consideração o lar de sua mãe, foi dada voz de prisão e em seguida encaminhado à Delegacia de Polícia. 

A mãe do agressor foi socorrida pelo SAMU e permanece internada no Hospital Municipal de Alto Paraíso. 

Um crime repugnante e revoltante. 

Campos Belos (GO): Igreja Evangélica Assembléia de Deus Madureira recebe Congresso de Jovens de Goiás, Tocantins, Bahia e DF. Evento ocorre entre 1 e 3 de julho




A Igreja Evangélica Assembléia de Deus Madureira, que tem a direção do pastor presidente Newton Carreira Jackson, recebe nos dias 1, 2 e 3 de julho mais um grande Congresso de Jovens.

Na oportunidade, os preletores serão o renomado pregador internacional pastor Napoleão Falcão (PB) e ainda os pastores Eder Jackson (DF) e Darley Froes (GO).

Já o louvor será ministrado pela cantora Eliane Fernandes de Goiânia, cantores regionais e equipe Jovens de Cristo Regional. 

Estarão presentes todos os jovens que pertencem às congregações da Assembleia de Deus Madureira de São João da Aliança, Alto Paraíso, Teresina de GO, Cavalcante, Monte  Alegre, Divinópolis, São Domingos, Arraias, Novo Alegre, Lavandeira, Aurora, Pouso Alto e Roda Velha - BA.

O evento espiritual, que também contará com a participação de jovens de Brasília (DF), será baseado em Apocalipse 3:11: “Eis que venho sem demora, guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa”. 

"A divulgação da Palavra de Deus e proclamação do Evangelho de Jesus Cristo é imprescindível em nossos dias; objetivando assim alcançar o maior número de pessoas e trazer libertação e salvação a todos", afirma um dos organizadores. 

Todos estão convidados para este grande evento espiritual. A igreja está situada na Rua Pastor Geraldo Gonçalves, na Vila Baiana, em Campos Belos (GO).

sábado, 25 de junho de 2016

Sindicato Rural divulga vídeo oficial da XXIII Expoagro de Campos Belos, que começa no dia 13 de julho



Filho de sargento que salvou menino de ariranhas em Brasília também salva vidas. Já o menino salvo virou ladrão de dinheiro público e nunca disse "um obrigado" à família




Essa história começa em 1977, quando o sargento do Exército Silvio Hollenbach morreu no Jardim Zoológico de Brasília ao salvar um garoto que havia caído no fosso das ariranhas. 

O militar foi mordido mais de 100 vezes e não resistiu a uma infecção generalizada. 

O menino chamava-se Adilson Florêncio e jamais agradeceu a família de seu salvador.

Um novo capítulo nessa história: mais de 30 anos depois, Adilson tornou-se diretor-financeiro do Postalis, o fundo de pensão dos funcionários dos Correios. 

E hoje foi preso na Operação Recomeço, da Polícia Federal, por desvios de recursos.

Um dos casos mais emblemáticos de heroísmo de Brasília ocorreu no Jardim Zoológico. 

Em 27 de agosto de 1977, o 2º sargento do Exército Sílvio Delmar Hollenbach atirou-se no recinto das ariranhas ao presenciar o menino Adilson Florêncio da Costa ser atacado pelos animais. 

O militar conseguiu livrar o garoto de 11 anos da morte, mas não resistiu aos ferimentos causados pelas 11 mordidas dos bichos. 

Sílvio ainda sobreviveu por três dias, internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), mas sucumbiu a uma infecção generalizada, aos 33 anos. 

Em homenagem ao sargento, o parque passou a se chamar oficialmente Jardim Zoológico Sílvio Delmar Hollenbach. 

Além disso, o gesto de coragem ficou eternizado com a construção de um busto com o rosto do militar.
O homem considerado o primeiro grande herói da capital deixou mulher e quatro filhos. Um herdou o nome dele. 

Aos 46 anos, Silvio Delmar Hollenbach Júnior é um homem formado e um profissional de respeito. Sempre teve orgulho do ato do pai, mas nunca escondeu a decepção pela falta de gratidão pública por parte da família do menino salvo. 

Passados 39 anos, o garoto resgatado das mandíbulas das ariranhas, Adilson Florêncio da Costa, jamais procurou a viúva ou os quatro filhos do seu anjo da guarda. 

Nunca bateu à porta deles. Nunca telefonou. Nunca enviou sequer um cartão de Feliz Natal. 

Na última sexta-feira (24), Brasília e o restante do Brasil conheceram o destino de Adilson. 

A Polícia Federal o prendeu na Operação Recomeço. Ele é acusado de integrar um esquema que desviou R$ 90 milhões da Postalis e da Petros, os fundos de pensão dos funcionários dos Correios e da Petrobras, respectivamente. Adilson é ex-diretor financeiro da Postalis.

Por anos, Adilson foi vizinho de Silvio Delmar Hollenbach Júnior, que, ao contrário do outro, tem a vida marcada por atos heróicos. 

Silvio Hollenbach Júnior se dedica a salvar vidas. Formou-se em Porto Alegre, após concluir os ensinos fundamental e médio no colégio militar da região. 

“Nessa época, a gente acaba homenageando a mãe, que também se tornou pai. Mas ele me inspira em muito do que faço. Morreu para salvar uma criança. Hoje, quando consigo resolver o problema de um pequeno e vejo a felicidade no rosto dos pais, me sinto gratificado. 

Eu me lembro dele”, contou o filho mais velho do sargento, em entrevista ao Correio, em 2014. 

Quando concluiu o curso de medicina pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), uma coincidência e uma deferência trouxeram Silvio Hollenbach de volta a Brasília. 

“Meu irmão estava no quartel e encontrou um general. Ao ver o sobrenome dele, o general perguntou: ‘Você é filho do sargento Hollenbach?’ 

Ele respondeu que sim e contou sobre minha formação. Logo, o general informou que viria dirigir o HFA no ano seguinte e que me queria na equipe”, lembou o médico. 

Vinte anos depois da tragédia, Silvio voltava ao HFA, onde há uma homenagem ao pai no auditório da unidade. Tributos a Hollenbach, aliás, não faltam. 

Além do busto de bronze na entrada do Zoológico de Brasília, que leva seu nome, há reverências a ele em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre. “Nunca me vi em uma situação como a que ele passou, de ter que colocar minha vida em risco para salvar outra. Acredito que era o destino dele”, ressaltou. 

Poucos anos antes do episódio no zoológico, o sargento tinha salvado um homem de um afogamento na gaúcha Cerro Largo, sua cidade natal. “Ele passou por outra ocasião de risco e previa que o pior ocorreria na terceira vez em que ele salvasse alguém. 

Talvez fosse a missão dele”, conclui o otorrinolaringologista. 

“Em um mundo com tanto egoísmo, individualismo, é importante lembrar de histórias como as do meu pai para mostrar que o amor ao próximo existe”, destaca Hollenbach Júnior.

Com a repercussão da prisão do menino salvo pelo seu país há 39 anos, o Correio tentou nova entrevista com Silvio Delmar Hollenbach Júnior neste sábado (25). Ele não atendeu nem retornou as ligações. 

Amigos dele contaram que o médico e os familiares sempre carregaram a mágoa de nunca ter sequer recebido um telefone do garoto salvo. 

Diferentemente de Silvio Jr., Adilson da Costa sempre se manteve em silêncio. Trabalhando no Postalis, sempre que procurado por um repórter, mandou dizer, via secretária, que não dava entrevista sobre o assunto. 

Sempre evitou falar. Sempre quis o anonimato. 

Mas a PF levou os holofotes a ele, de forma indigna.

Com texto do Correio Braziliense



Homem é preso em Taguatinga com carro furtado, que seria para desmanche. Ele também é acusado de duplo assassinato em Monte Alegre de Goiás


Após diligências que se estendeu durante toda a noite da última quinta-feira (23), a Polícia Militar de Taguatinga, sudeste do Tocantins, conseguiu recuperar um veículo furtado e prender o acusado de ter praticado o crime.

O carro, um Fiat Uno, foi abordado na BR 242, próximo ao Posto Fiscal levantado na rodovia.

De acordo com a Polícia Militar, Lucas de Torres Maschio, natural de Campos Belos, nordeste de Goiás, havia furtado o carro na noite de quinta-feira, na garagem da residência do proprietário, na rua Jose Luiz Teixeira, na Vila Santa Maria.

Lucas Maschio teria dito à polícia que o veículo seria levado para um desmanche na cidade de Monte Alegre de Goiás e o carro seria vendido para a quadrilha por R$ 1 mil.

A polícia civil investiga se houve participação de mais envolvidos no caso. 

Lucas Maschio está preso na cadeia de Taguatinga (TO) à disposição da justiça do Tocantins. 

Suspeito de um crime bárbaro em Monte Alegre

Lucas Maschio é também suspeito de ter participado de um grave crime em Monte Alegre de Goiás, em novembro do ano passado. 

Ele foi preso pela Policia Militar de Goiás, em flagrante, acusado, de ser o mandante. 

Duas pessoas foram assassinadas numa casa e depois o autor do crime ateou fogo na residência com os corpos dentro. 

O bárbaro crime ocorreu na cidade de Monte Alegre de Goiás, nordeste do estado, a 370 km de Brasília.  

Informadas por testemunhas quem seria o possível autor do homicídio, equipes da PM realizaram várias diligências e rapidamente conseguiram encontrar um dos suspeitos, identificado como D.A.C.

Após a prisão, D.A.C confessou o crime e relatou que o fez a mando de um outro envolvido, identificado como Lucas, que lhe pagaria pelos “serviços” com drogas.

D.A.C é o mesmo bandido que matou um idoso a machadadas em Arraias (TO), em março de 2014.  

Em 2015, este Blog foi criticado por moradores de Monte Alegre, por ter divulgado o crime. "O rapaz não faz mal a uma mosca", disse um leitor à época. 

Com informações do ATM notícias (Leia a publicação original)

Já Publicamos


Polícia Militar prende dois acusados de matar duas pessoas e atear fogo na casa, em Monte Alegre (GO)