Banner 1

terça-feira, 31 de maio de 2016

Vergonha nacional: São Domingos (GO) caminha para eleger o 6º prefeito desde 2012


Com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que confirmou a cassação da prefeita Etélia Vanja Moreira (PTN), afastada desde o início do ano passado, a cidade de São Domingos deve chegar à marca de seis prefeitos e quatro eleições desde 2012. 

Ao analisar o caso que movimenta a cidade nos últimos anos na noite de terça, a Corte confirmou a prática de caixa dois na última disputa eleitoral, em 2013, e decidiu pela realização de eleições indiretas.

O pleito, a ser decidido pelos nove vereadores da Câmara de São Domingos e do qual qualquer cidadão pode participar, será o terceiro desde 2012. A data será definida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que deve ser comunicado oficialmente nos próximos dias.

Além disso, assim como em todos os outros 5.569 municípios brasileiros, São Domingos terá eleições regulares em outubro, encerrando um ciclo de quatro anos marcado por um intenso troca-troca de prefeitos (veja quadro).

Agora cassada pelo TSE, Etélia, que é mulher do ex-prefeito Gervásio Gonçalves da Silva, chegou ao poder em julho 2013, durante eleições suplementares. 

Ela está afastada desde o início de 2015 por conta do mesmo processo, que envolve denúncias de compra de votos e prática de caixa dois. A primeira acusação foi rejeitada pelo TSE, mas a segunda foi mantida.

O caso foi descoberto pelo Ministério Público por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, que envolvem o ex-governador do Distrito Federal (DF) Joaquim Roriz. Na conversa com Gervásio, Roriz trata de supostas doações ilegais à campanha de Etélia.

A prefeita cassada nega irregularidades e diz que o processo é baseado em interceptações telefônicas ilegais de terceiros. “Não sou parte do processo”, diz. Ela afirma que levará o caso ao STF.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário: