Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Escola Niedja, em Campos Belos (GO), um exemplo de qualidade




É sempre prazeroso falar das coisas públicas que dão certo e se tornam exemplo. 

Ainda mais quando o campo é educação, ponto muito sensível e estratégico para o desenvolvimento de qualquer país e sociedade. 

Quem acompanha este blog a um certo tempo sabe o quanto sou defensor da escola integral. 

Acho que o nosso país peca muito em não "mover uma palha" para a implantação da escola integral em todas as escolas pública desse Brasil afora. 

Ela é revolucionária. 

Leva as crianças e os adolescentes para dentro da sala de aula, o tempo todo. Mata o ócio da garotada com atividades lúdicas, artísticas, esportivas, culturais, digitais. 

Mais que isso, propicia cinco refeições diárias, atendimento médico-odontológico e incute na criançada uma cultura diferente daquela vivida no seu bairro, na sua casa, muitas das vezes desestruturada pela violência, pela falta de perspectivas e pela ausência de necessidades básicas de uma família.  

Por esse motivo (falta de escola integral) e outros, a escola pública em nosso país é um desastre. 

Mas há muitos exemplos de Escolas Públicas que dão certo. Um deles é o sistema Colégio Militar, como publiquei recentemente. 

Outro grande exemplo está em Campos Belos, no nordeste de Goiás. 

O nome desse porto feliz é Escola Niedja, de educação fundamental. 

A Escola Municipal Niedja de Souza Machado colabora com a construção de vida de 434 alunos, pequenos brasileirinhos, cidadãos do amanhã, do 1° ao 5° ano.

A imagem e a reputação da escola é conhecida na cidade por sua excelência. 

Dá um banho nas escolas particulares, historicamente, de melhores qualidades. 

E a história de sucesso da Escola Nieja não tem muito segredo. São professores dedicados, quem não esperam acontecer, ao contrário, fazem acontecer; planejamento; projeto pedagógico factível; imensa integração com a família, esteio fundamental de qualquer projeto pedagógico; crença de que a educação é o patrimônio mais precioso de qualquer ser humano. 

Agora em maio, por exemplo, a direção fez uma belíssima festa em homenagens ao Dias das Mães. 

A preparação foi intensa, decoração à altura, bolo, declamação de amor e muito carinho.

Ou seja, transmissão e culto de valores, como o cuidado com a família. Percebem que educação é muita ampla e vai muito além da matemática e do português?

E a Escola Nieja, digo, sua competentíssima diretora Eleny Rocha e seus dedicadíssimo educadores (professores, auxiliares, merendeiras, cuidadoras) fazem isso acontecer.  

E os frutos, o reconhecimento, aparecem. Semana passada, a escola foi contemplada, no evento os "Melhores do Ano", promovido pelo Rotary Clube, como a melhor Escola da Cidade.

Em outro reconhecimento, recebeu um prêmio educacional oferecido pela Universidade de Goiás (UEG).

Por tudo isso, temos que aplaudir e  continuar a incentivar todos que integram Escola Municipal Niedja de Souza Machado. 

Já Publicamos


Ensino Público: Ex-aluna do Colégio Militar de Brasília é aprovada em Harvard


Escola Integral é a solução. Dilma parece que ouviu nosso apelo


Nenhum comentário:

Postar um comentário