Banner 1

Banner 1

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Andressa Almeida faz 15 anos e ganha uma linda e prestigiada festa de debutantes



Debutante é a palavra usada para designar a adolescente que completa seus quinze anos de idade e vem do francês débutante, que significa iniciante ou estreante.

O baile de debutantes, tradicionalmente, é considerado um rito de passagem, ao qual as jovens são submetidas.

Os bailes de debutantes surgiram na Europa antiga, mais precisamente nos territórios que hoje conhecemos como França, Alemanha, Inglaterra e Áustria, quando as famílias nobres destas regiões realizavam um grande baile para a sociedade. 

Naquela época, completando o décimo quinto aniversário de uma mulher, pedia-se uma linda festa de comemoração, onde ela seria apresentada oficialmente à sociedade, começando assim uma nova fase de sua vida.

A partir do seu "début", a jovem moça passava a frequentar reuniões sociais, a usar roupas mais adultas e tinha permissão para namorar. 

Normalmente, na recepção dos convidados, a garota usava um vestido bonito e simples, cheio de detalhes infantis, e depois da meia-noite usava um lindo vestido de gala para dançar a valsa com seu pai; tudo para representar que ela deixava de ser menina para se tornar uma mulher.

E essa tradição foi herdada pela cultura brasileira e, com alguns altos e baixos, continuando brilhando até hoje.  

E foi com este espírito que a família da debutante Andressa Almeida organizou e realizou uma linda festa "début", ocorrida no último sábado (7), em Campos Belos (GO), no Rotary Club da cidade.  

Os pais, Eronias Santos e Elenice Glória Almeida, estavam radiante e super felizes, ao receberam diversos amigos, parentes e convidados para o belíssimo baile, que seguiu todos os ritos da tradição.

Andressa nasceu em Campos Belos, morou sua infância em Dianópolis (TO), onde iniciou seus estudos no Colégio João de Abreu, onde recebeu vários certificados e prêmios como aluna destaque. 

Aos 11 anos de idade voltou a morar em Campos Belos, cidade natal de seu pai e tios. A mãe, Elenice, é natural de Novo Alegre (TO). 

A jovem e dedicada Andressa fez por merecer o carinho de seus pais em organizar “a sua festa”. Primogênita, ao lado da irmã Amanda, ela ocupa parte do tempo com estudo integral, no Instituto Federal Goiano, onde vem se preparando para os desafios que a vida adulta vai lhe impor dentre em pouco. 

Faz aula de inglês desde os sete anos (atualmente estuda na Wizard), uma escola particular de línguas.  

Nas horas vagas, estuda música, quando participa das aulas de canto e violão na Escola Minueto, instituição tantas vezes homenageada aqui neste Blog.

No grande baile début, a aniversariante agradeceu a presença dos convidados e cantou  “A Thousand Years”, da cantora americana Christina Perry. 

O pai, Eronias, todo orgulhoso, apresentou a filha à sociedade cantando a música “Filha”, de Rick e Renner, num momento que emocionou e arrancou lágrimas de muita gente.   

Ao final, dançou a valsa com o pai, que, como reza a tradição, a passou para o padrinho Eduardo, até chegar a vez do príncipe, seu primo Franklin. 

“Os convidados ficaram surpresos com o evento. Ficamos todos muitos felizes. Acho que fizemos uma linda festa para a nossa filha”, disse a mãe da debutante, toda sorridente e lisonjeada. 

A propósito, este blogueiro ficou muito lisonjeado e feliz com o convite. Mas, infelizmente, em virtude dos vários compromissos de trabalhos aqui em Brasília, ficamos impossibilitados de ir à nossa querida Campos Belos e prestigiar este lindo baile.

À família, que também é minha, nossos sinceros votos de felicidades e parabéns.  







3 comentários: