Banner 1

sábado, 16 de abril de 2016

Proprietários terras têm até o dia 5 de maio para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR)



Na reta final do prazo para o Cadastramento Ambiental Rural (CAR) – que vai até 5 de maio – o País registra um aumento percentual de áreas cadastradas. 

A alta verificada é em março é de 4% em relação ao mês anterior, aponta o Ministério do Meio Ambiente (MMA). 

O percentual é quase o dobro da média mensal dos últimos cinco meses, o que pode ser explicado pelas adesões de última hora.

Até o momento, 2,6 milhões de imóveis rurais já foram cadastrados, ou seja, 70,3% da área prevista já está no sistema. 

A procura pelo CAR cresceu até mesmo na região Sul, que vinha apresentando números menos expressivos. Somente no mês de março, foram cadastrados 2,38 milhões de hectares nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 

Ao todo, a região tem 41,37% da sua área cadastrada, sendo o Rio Grande do Sul o Estado com maior inclusão no último mês (1.264.887 de hectares). 

A região Norte manteve os números expressivos que vinha apresentando, com 85,8%, seguida pelo Sudeste (71,4%) e pelo Centro Oeste (67,9%). O Nordeste tem 43% do imóveis no sistema. Os números são do relatório divulgado, nesta terça-feira (12), pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Os dados mostram, ainda, os Estados de Minas Gerais (1.719.939 hectares cadastrados), Maranhão (com 1.682.610), Mato Grosso do Sul (1.284.441) e o Rio Grande do Sul (1.264.887) como os que apresentam a maior área cadastrada no mês de março. 

Os proprietários que não aderirem ao CAR  podem sofrer restrições no crédito rural.

O CAR, previsto no Código Florestal Brasileiro, é um registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais do País. Foi criado para integrar as informações sobre a situação das Áreas de Preservação Permanente (APP), da Reserva Legal e Áreas de Uso Restrito. 

Registra, também, as florestas e  remanescentes de vegetação nativa e áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do Brasil.

A base de dados do Sistema Integrado de Cadastro Ambiental Rural (Sicar) é estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação nativa do Brasil. Ele vai, ainda, facilitar o planejamento ambiental e econômico dos imóveis rurais.

Veja como se cadastrar no CAR

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente

Nenhum comentário: