Banner 1

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Flagrante em Taguatinga (TO): PM prende homem que estuprou criança de 6 anos


Um homem foi preso em flagrante por ter abusado sexual de uma criança de apenas 6 anos de idade. 

O crime ocorreu no último sábado (2), na cidade de Taguatinga, sudeste do Tocantins. 

Segundo a PM, no final da manhã do último sábado (2), a corporação conduziu à cidade vizinha de Dianópolis, para ser autuado em flagrante, um homem de 45 anos, morador da Avenida Bahia, no Setor Buritizinho. 

Ele teria sido o autor do horroroso crime sexual. 

O menino relatou para guarnição da Polícia Militar que já era costume o autor L.P.S conduzi-lo até a residência do acusado. 

Chegando lá, era oferecido dinheiro para ter relação sexual com a criança. 

Segundo a mãe do garoto, ela havia saído de casa no sábado e ao chegar foi informada de que o garoto teria ficado grande espaço de tempo na residência do autor.

Ao perguntar à criança o motivo e porque estava em posse de R$ 5, revelou e descreveu todo incidente. E não teria sido a primeira vez. 

O  criminoso abusava do menor no quarto da residência dele, segundo o menor.

Juntamente com a criança, o acusado foi conduzido por uma guarnição da Polícia Militar até a cidade de Dianópolis-TO, acompanhados de uma conselheira tutelar, onde foi indiciado por estupro de vulnerável.

Ainda de acordo com a PM, o acusado é um velho conhecido e autor de outro crime bárbaro. 

Esquartejamento 

Ainda de acordo com as informações publicadas pela AMT, no ano 2000, L.P.S teria sido expulso de uma seita religiosa, por ter sido acusado de ter assassinado a mulher dele, depois, ter esquartejado e enterrada a vítima em lugar ermo no município de Aurora (TO).

Na época, segundo a publicação, o autor estaria cumprindo pena na cadeia do Município de Combinado (TO), mas fugiu da prisão. 

Ao ser recapturado, passou a cumprir a pena na cadeia de Novo Alegre (TO), por ser de maior segurança.

Após o crime deste fim de semana, ele aguarda decisão da justiça na carceragem de Taguatinga-TO.

Fonte: Associação do Militares de Taguatinga

Comentário deste blogueiro

A pergunta que não quer calar é: por que depois de cometer tantas atrocidades, ser uma pessoa extremamente perigosa, este bandido ainda estava em liberdade?

O que a justiça ou a polícia estava aguardando? que ele cometesse outro crime bárbaro, como de fato aconteceu? 

Nenhum comentário: